Você está na página 1de 11

Espiritismo: Ciência, Filosofia

e Religião?

Podemos dizer. que elas não são completas. Hipóteses são comprovadas e refutadas o tempo todo.Ciência  Hipótese  Uma hipótese é uma suposição razoável baseada em um conhecimento anterior ou na observação. As teorias estão em um dos graus mais altos da ciência e são amplamente aceitas na comunidade científica como sendo verdadeiras. ela não pode ser demonstrada falsa. Para continuar a ser uma teoria. . Teorias também podem evoluir. também.  Teoria  Uma teoria científica consiste em uma ou mais hipóteses que foram suportadas em testes repetitivos. mas isso não significa que a sua ideia central esteja errada. As hipóteses desempenham um papel importante no método científico. Isso significa que a velha teoria pode ser melhorada .

Muitas vezes. as leis são coisas que ocorrem na natureza com um certo padrão repetitível e que podem ser descritas através de equações matemáticas concisas. Se alguma fosse demonstrada falsa. . então. doces e sempre verdadeiras. as leis são expressas em uma única expressão e tem o objetivo analítico. De outra forma. qualquer ciência construída a partir dessa lei também estaria errada. As leis jamais podem ser mostradas erradas e são aceitas como sendo universais e são os pilares da ciência moderna. Lei  As leis científicas são curtas.

.

Filosofia .

como filosofia. compreende todas as consequências morais que decorrem de tais relações. O Espiritismo é.  Em linhas gerais. . ao mesmo tempo. refletindo sobre as causas da felicidade e infelicidade humanas. Como ciência prática consiste nas relações que se podem estabelecer entre nós e os Espíritos. o aspecto filosófico analisa a Criação Divina. uma ciência de observação e uma doutrina filosófica. explicando porque Deus criou o homem. qual é a sua origem e sua destinação.

Religião .

.

A reencarnação é um dogma espírita porque é um dos seus pontos base. não é um dogma que seja palavra acabada. . fechada.Se penetrarmos um pouco na filosofia. não é um dogma que não se possa discutir. é um dos seus fundamentos. concluida. mas não um dogma teológico. A reencarnação é um dogma. entendemos que a palavra dogma aparece no sentido técnico do termo. seja ela filosófica. científica ou religiosa. A reencarnação e a pluralidade dos mundos habitados são dogmas?  RT . Dogma é um ponto de fé ou de referência de alguma doutrina. é um ponto base. de apoio de uma doutrina.

mas sobre bases mais sólidas: as próprias leis da Natureza. na acepção usual da palavra. então o Espiritismo é uma religião? Ora. e nós nos vangloriamos por isto. porque é a Doutrina que funda os vínculos da fraternidade e da comunhão de pensamentos. não podia nem devia enfeitar-se com um título sobre cujo valor inevitavelmente se teria equivocado. perguntarão. o Espiritismo é uma religião. não sobre uma simples convenção. “Se é assim.” .”  “Não tendo o Espiritismo nenhum dos caracteres de uma religião. sim. sem dúvida. Eis por que simplesmente se diz: doutrina filosófica e moral. senhores! No sentido filosófico.

nem precipitada. não se rejubila com a injustiça. é branda e benfazeja. não suspeita mal. tudo espera. até o ponto de transportar montanhas. e tivesse perfeita ciência de todas as coisas. se eu não tiver caridade. quando houvesse distribuído os meus bens para alimentar os pobres e houvesse entregado meu corpo para ser queimado. Agora. tudo crê. se não tivesse caridade. mas. nem se azeda com coisa alguma. E. nada sou. não se enche de orgulho. serei como o bronze que soa e um címbalo que retine. não cuida de seus interesses. tudo isso de nada me serviria. ainda quando tivesse toda a fé possível.Necessidade da caridade. estas três virtudes: a fé. (Paulo. tudo suporta. Ainda quando eu falasse todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos. segundo Paulo 6. não é temerária. não se agasta. se não tiver caridade. dentre elas. que penetrasse todos os mistérios. ainda quando tivesse o dom de profecia. tudo sofre. não é desdenhosa. mas se rejubila com a verdade. a esperança e a caridade permanecem.) . a mais excelente é a caridade. 1a Epístola aos Coríntios. 13:1 a 7 e 13. A caridade é paciente. a caridade não é injubilosa.