Você está na página 1de 8

|  



     
@  



     
 @
@     ! "#
*+ | *+|-   
/*+ |
 



$%%&'$(()
$,$)'$,() $,()'$,,. $,,.'0)$)
Especialização do trabalho Linha de Montagem
Just-In-Time Globalization
(Smith e Babbage) (Ford)

Padronização de Peças   1




Computer Aided Design Internet
(Whitney) 2 3

4 +
15
 Encomenda Econômica
Electronic Data Enterprise Resource Planning
$(()'$,$) (Harris)

Gráficos de Gantt Programação Linear PERT/CPM


Interchange Learning Organization
(Gantt) (DuPont)

Estudo de tempos e movimentos


MRP Total Quality Management International Quality Standards
(Gilbreth)

Análise de Processo
Baldrige Award Finite Schedulling
(Taylor)

Teoria de Filas de Espera


Empowerment Supply Chain Management
(Erlang)

Kanbans Agile Manufacturing

E-Commerce

Virtual Enterprises
@  



A inspeção foi o primeiro passo na integração da qualidade
como uma atividade rotineira dentro das organizações. Surgiu na
década de 20, junto aos departamentos de produção, e resultou do
início da produção em série.
Tinha como finalidade, impedir que produtos defeituosos
chegassem às mãos dos consumidores.
No entanto a inspeção apresentava diversos inconvenientes:
U Não garantia que todas as peças defeituosas fossem
identificadas;
U Requeria um exército de inspetores, o que implicava custos
elevados (no limite para a inspeção completa da produção seria
necessário, no mínimo, um inspetor de qualidade para cada
operador);
U Os inspetores, pelo seu trabalho eminentemente corretivo, não
agiam de forma preventiva sobre o processo e por isso nunca
resolviam de forma definitiva os problemas;
-
  |  6

U      nasceu em 18 de março de 1891 em


New Canton, Illinois, EUA.
U Formado pela universidade de Illinois e seu Ph.D., em Física,
foi obtido na universidade da Califórnia em 1917. Também
lecionou nas universidades de Harvard, Rutgers e Princeton.
U Trabalhou como engenheiro na empresa Ô    , após
se transferiu, em 1925, para os laboratórios da Bell Telefones.
Também foi consultor de várias organizações entre elas o
departamento de guerra americano, as nações unidas e o
governo indiano.
U Falecido em 11 de março de 1967 aos 75 anos em Troy Hills,
New Jersey.
 
7
*+


U Desenvolveu o Controle Estatístico de Qualidade com os seguintes


parâmetros:
- Determinava o uso de ferramentas estatísticas para examinar e
determinar quando uma ação corretiva deveria ser aplicada a um
processo;
- Acreditava que quando na apresentação de resultados de
pesquisas, os dados apresentados deveriam apresentar toda a
evidência;
- Reconheceu que a variabilidade era um fato da vida industrial de
um processo, e que podia ser explicada através dos princípios de
probabilidade e estatística;
U Desenvolveu o método PDCA (³Plan / Do / Act / Check´) na década
de 1930 que também se baseava no controle de processos, mas
foi Deming o seu maior divulgador.
 8
  

Observou que era improvável que duas peças fossem fabricadas precisamente de acordo com
as mesmas especificações. Na sua opinião haveria um certo grau de variação das matérias-
primas, da habilidade dos operadores e dos equipamentos. Até a mesma peça produzida por
um único operador, numa única máquina, provavelmente revelaria alguma variação com o
tempo. Admitindo que essa variabilidade existia e que era inevitável, Shewhart questionou como
poderiam distinguir-se as variações aceitáveis daquelas que indicassem problemas.

Shewhart formulou técnicas estatísticas simples para a determinação dos limites destas
variações, além de métodos gráficos de representação de valores de produção para avaliar se
eles ficavam dentro da faixa aceitável.

Surgiram assim, as cartas de controle estatístico do processo, que hoje são largamente
adaptadas em todo o tipo de indústria em todo o mundo por permitirem a distinção entre :

U causas anormais de variação ± que resultam de problemas reais;


U daquelas inerentes a um próprio processo de produção;

Além do mais, implantava que a retirada de amostras de produtos, continuamente durante todo
o processo produtivo, em vez de esperar pelo final da fabricação de um lote, com custos de
defeituosos muito mais elevados.
ß7 9 8
  

U Um problema que o procedimento de Shewhart não


considerou é que ele não determinava a magnitude
(grandeza, importância) da alteração no processo,
sendo incapaz de rapidamente encontrar grandes
mudanças dentro de pequenas amostras. Sabendo
a magnitude da alteração é possível ajustar o
procedimento pela magnitude encontrada. Estes
problemas foram trabalhados por estatísticos tais
como Dudding, Jennett e Grant em 1940 e 1950.
  *+5


Shewart faz parte de um grupo de investigadores


que vieram a ser conhecidos como os primeiros
modernistas. Eles foram os pioneiros da moderna
engenharia industrial empregando a análise
matemática como forma de complementar as
filosofias precedentes.
As contribuições de Shewhart tanto para a indústria
quanto a Estatística foram significativas e sua
influência sobre estatísticos como W. E. Deming
resultaram na melhoria dos processos e na alta
qualidade na indústria que ocasionaram o grande
desenvolvimento Japonês do século vinte.