Você está na página 1de 33

  !

"##$#

| 
  
   
  

   
˜  

- Chefe da Central de Relacionamento com Clientes.
- Relações Públicas (CONRERP/3 Nº 1771).

 : 1º/7/2010
% &"&'

ëarluce Santiago, Leandro Nascimento, Silvana


Campos, Alan Abreu, Camila Teixeira e Silva,
Cláudio França Teixeira, Odilardo Farias, Raquel
Chequer, Rafael Freaza e Bruno Agra, ëaurício
Araújo e Cíntia ëaciel.
)  &!)#

- Agência de Fomento do Estado da Bahia;


- Órgão da Administração Indireta, de
economia mista;
- Vinculada à Sefaz/Ba;
- Sociedade Anônima de Capital Fechado
(Governo detém mais de 99,98% das ações).
-  (
&
: R$ 247.273.168,23.
)  &!)#

- Transformação em agência de fomento


(Proes, 1996);

- ëudança estrutural profunda;

- Adequação ao novo cenário econômico de


estabilidade;

3 *+ ,-  


,( (  ,
(. ,( 
01 &

/: Desenvolvimento Econômico e


Social.

 : ³Articular e promover políticas e


ações de fomento, assegurando recursos técnicos e
financeiros capazes de impulsionar o desenvolvi-
mento sustentável da Bahia, visando à melhoria da
qualidade de vida da população´.
")   

  : ³Ser um referencial de Agência de


Fomento indispensável à Bahia, reconhecida
nacionalmente pela excelência de seus serviços e
por sua atuação no processo de desenvolvimento
sustentável do Estado.´
 "&2 $#  '1
&  &&

@  

- Fundese;
- BNDES;
- BNB/FNE;
- Recursos Próprios.
5676

3#"# 4

R$ 187 milhões, sendo:


- Desenbahia (RP e repasses): R$ 72 milhões
- Fundese: R$ 115 milhões
&)#"85669

Œ,%


 


ŒŒ
ŒŒ 
Œ ŒŒ

   Π 


!:# & ##

(  
-(;<
"?##"3 7@86A856764

- (   


  = 
>
- Aderência;
- Risco de crédito;
- Risco do projeto;
- Risco do cliente;
- Técnica;
- Econômica;
- Financeira;
- De mercado;
- Jurídica.
###& ## "  & $"#&

iNão obrigatoriedade de divulgação de balanço


e demonstrativos pelas ëPEs;

i   ,  
   *  
B

iPendências cadastrais, FGTS, INSS, RFB,


Sefaz-Ba (empresa e sócios);

iCapacidade de pagamento: faturamento


declarado x custos reais;

i  ; ,  


3&  4
!:# & ##
i  (
%
Compra de mercadorias, matérias-primas, formação e
reposição de estoques, despesas Administrativas etc.

i # ;, +
Aquisição de máquinas e equipamentos, construção civil,
instalações e montagens, veículos utilitários, móveis e
utensílios e demais itens necessários ao funcionamento da
empresa.

i # ;, 
 #$#" #

Linha de crédito que nasceu fruto de uma


parceria entre a Desenbahia e o segmento
publicitário organizado (ABëP, ABAP,
SINAPRO, ADBA, SEPEX e Central de
Outdoor).

O objetivo é fomentar e profissionalizar o


mercado publicitário.
 #$#" #

6 Demanda foi provocada pela ! em 2009 e


assumida pela   no Fórum de
Propaganda em Sauípe.
6 Contando com o apoio das entidades, a
Desenbahia desenvolveu a linha *

    e o Convênio, formalizando a
parceria.
6 & "% tiveram papel importante
na composição.
"/  ;C 

FINANCIAëENTO DA
DESENBAHIA (apoio de AGECOë
+ e SECULT)

PACOTE DE
DESCONTOS

= ëAIS ANUNCIANTES
+

ORIENTAÇÃO

+
DIVULGAÇÃO

&#  
 !"##$#
"/  ;C 
# #  &2 %% #&>

1. ASSOCIAÇÃO COëERCIAL DA BAHIA ± !,


2. FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DA BAHIA ± #!,
3. CÂëARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE SALVADOR ±  ",
4. ASSOCIAÇÃO DE DIRIGENTES DE EëPRESAS DO ëERCADO IëOBILIÁRIO DA
BAHIA ±  #3!,
5. FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DA BAHIA ± !,
6. ASSOCIAÇÃO DOS COëERCIANTES DE ëATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DA
BAHIA ± 3!,
7. SINDICATO DOS LOJISTAS DO COë RCIO DO ESTADO DA BAHIA ±
&# #":&,
8. SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO DO ESTADO DA BAHIA ±
&# &3!,
9. FEDERAÇÃO DO COë RCIO DO ESTADO DA BAHIA ± D#3!,
10. ASSOCIAÇÃO BAHIANA DE SUPERëERCADOS ± !&,
11. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HOT IS DA BAHIA ± !#),
12. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGÊNCIAS DE VIAGENS DA BAHIA ± ! 3!,
13. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BARES E RESTAURANTES ± !&"3!.
 #$#" #

! *
Empresas e empresários individuais com pelo
menos 5   E.

 
Investimentos na produção e/ou execução de
Planos de Comunicação Publicitária.

 > A agência de publicidade e propaganda


;(
, 7   E na Bahia
e ser associada a uma das seguintes entidades:
ABëP, ABAP-BA, SINAPRO-BA, ADBA, Central
de Outdoor ou SEPEX-BA.
 #$#" #

# * ;


- Plano de ëídia + veiculação;
- Design de marca;
- Produção gráfica;
- Produção audiovisual e eletrônica.
#  * ;
- Campanha política;
- ëarketing político;
- Assessoria de Jornalismo;
- Assessoria de Relações Públicas;
- Pesquisa de ëercado.
 #$#" #

F;
( ( E
Até 80% dos itens financiáveis.

 G
Até 12 meses, incluídos até 3 meses de carência.

",
Até 5% da receita bruta acumulada no ano fiscal
anterior, limitado a R$ 200 mil.
 #$#" #

  
- 8% ao ano / até R$ 100 mil
- 9% ao ano / mais de R$ 100 a R$ 150 mil
- 10% ao ano / mais de R$ 150 a R$ 200 mil
%   
Obrigatória: fiança dos sócios e vênia dos
cônjuges.
Complementares: acima de R$ 100 mil.
 '1  

,,( .    


,(*  ,  
  

,; 3

 '1  

7H ( > procurar uma agência de


publicidade e propaganda com pelo
menos 1 ano de atuação na Bahia,
certificada pelo Conselho Executivo de
Normas-Padrão (CENP) para elaborar
um Plano de Comunicação Publicitária.
 '1  

Apresentar as informações cadastrais e as


informações do financiamento através do
preenchimento dos formulários (papel, digitado ou
via SSF).

 .: atentar para anexar os documentos


solicitados em cada um dos formulários.

+(
 E

   
###& "$#&

- Cadastro Pessoa Física;


- Cadastro Pessoa Jurídica;
# *, EI   
- Representante Legal;
- Renovação Cadastral PF;
- Renovação Cadastral PJ;
- Carta Consulta Simplificada;
- Carta Consulta Completa;
# *, EI
- Carga Consulta Giro;   , 

- Informações Gerenciais;
- Quadro Resumo de Investimentos.
##ë  3&&4
##ë  3&&4
#'1   #  &!)#

 (  ( *  , 
   #'1

6 Gerentes de Negócios;
6 Central de Relacionamento com Clientes;
6 Site;
6 Fale Conosco;
6 Ouvidoria Especializada.
&#!  &!)#
2 
  

 E
% 
/

1. Feira de Santana
2. Vitória da Conquista
3. Teixeira de Freitas
4. Ilhéus/Itabuna
5. Barreiras
)$#  #

 ,  (J


: das 9 às 17h

 , 


(
G 

 &
&%%K#&<

i 
   
 

  
è èè