Você está na página 1de 15

Ferrografia

Analise de leo
Ferrografia
Componentes:
Elton santos de melo
Paulo Henrique oliveira
Paulo Conceio
Rodrigo Gonzaga
Sumario
Introduo 5/6
Desenvolvimento 7/12
Concluso 13
Referencias 14
Introduo
A Ferrografia uma tcnica que permite uma
avaliao das condies de desgaste dos
componentes de uma mquina.
A ferrografia classificada como uma tcnica de
manuteno preditiva, embora possua inmeras
outras aplicaes, tais como desenvolvimento de
materiais e lubrificantes.
A Origem
O uso da anlise de leo como tcnica de
manuteno comeou a ser aplicada na Dcada 50.
A anlise de leo aplicada como tcnica de
manuteno.
As principais tcnicas: Espectrometria e Ferrografia
Princpios bsicos
O desenvolvimento da tcnica foi baseada nas
.
seguintes premissas:
Todas as mquinas se desgastam.
O desgaste gera partculas.
O tamanho e a quantidade das partculas geradas
indicam o grau de severidade.
O formato, o estado das superfcies e a cor das
partculas geradas, indicam o tipo de desgaste e
apontam possveis causas.
Procedimentos
H dois tipos de procedimentos:

A Ferrografia Quantitativa - DR - (Direct Reading


Ferrography)

A Ferrografia Analtica - AN - (Analytical Ferrography).


chamada de forma incorreta de "ferrografia
qualitativa".
Tipos de exames ferrogrficos
Quantitativo (DR) Determina as concentraes e
permite anlise de tendncias
Partculas grandes ( L > 5 m )
Partculas pequenas ( S < 5 m )
Concentrao total = L+S
Modo de desgaste =
PLP = [(L-S)/(L+S)]*100
Tipos de exames ferrogrficos
Analtico (AN) Identifica os tipos e causas do
Contaminantes
Arrastamento
Falha do lubrificante
desgaste
Esfoliao
Pitting
Abraso
Corroso
etc
Problemas e Aplicaes
Sobrecargas
Lubrificao incorreta ou contaminada
Pitting em engrenagens ou rolamentos
Desalinhamentos
Corroso por ataque qumico
Oxidao (ferrugem)
Arrastamento de material
Erros de projeto, montagem ou operao
MTODOS DE COLETA
Bomba de coleta
Coleta com lubrificante em constante agitao
Procedimento em uma maquina com vlvulas de coleta
Concluso
O uso da ferrografia analtica permite qualificar o
acmulo das partculas decorrentes do desgaste pelo
uso do motor, permitindo assim um uso do
equipamento apenas em condies satisfatrias de
funcionamento. Aps
a realizao da ferrografia analtica no primeiro ensaio,
o desgaste verifica foi possivelmente devido
degradao dos aditivos do lubrificante pelo tempo de
uso.
Referncias Bibliogrficas
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAxQEAH/te
cnicas-preditivas-manutencao
http://tecem.com.br/site/downloads/artigos/baroni.
pdf
https://uspdigital.usp.br/siicusp/cdOnlineTrabalhoVi
sualizarResumo?numeroInscricaoTrabalho=1318&nu
meroEdicao=17

Você também pode gostar