Você está na página 1de 1

• FOSF ÁC: prostata, figado, medula ossea, • LIPOPROTEINAS: transportam lipídios,

eritrocitos, plaquetas. Crçs aumentado devido componentes estruturais da LP, sitio de


ao crescimento. Tem utilidade no diagnostico reconhecimento p/ receptores, ativadores de
da resposta do tratamento e no apareciemento enzimas.
de metástase no câncer de próstata. • CLASSES: HDL leva colesterol ate o fígado ou
• FOSF AL: tecidos, membrana das cel dos transferindo ésteres de colesterol p/ outras
túbulos renais, osso, fígado. Função transporte lipoproteínas , principalmente LDL
de lipídios no intestino e nos processos de • LDL: produzida a partir do VLDLproteina que
calcificação. Utilidade diag. Doenças ósseas mais carrega colesterol, transporta para locais
que cursam com aumento da atividade onde ele exerce função fisiológica síntese de
osteoblastica e doenças hepatobiliares. colesterol
Obstrução intra-hepatica Aumento devido a: •
aumento na síntese da enzima, retenção de ac VLDL: transporte de triglicerídeos endógenos e
biliares, regurgitação da enzima p/ a do colesterol para tecidos periféricos para
circulação. Enfermidades ósseas, doença de serem armazenados ou utilizados como fonte
paget, osteomalacia, raquitismo, estrogênio, de energia, turva o soro.
progesterona. Valor elevado: cirrose, obstrução • QUILOMICRONS: grandes partículas
biliar e extra hepática, tumor primário produzidas por cel intestinais, aspecto leitoso
metástase do fígado, hiperparatireoidismo. no soro, transporta gordura alimentar colesterol
Valor diminuído: hipotireoidismo, p/ musc e tec
hipofosfatemia, desnutrição, doença celíaca. • APOLIPOPROTEINAS:ativar enzimas
• TGO-AST: coração, fígado, músculo esq, envolvidas no metabolismo lipídico, m anter a
eritrócitos. O teste AST ajuda diagnosticar integridade estrutural do complexo
doenças hepáticas, IAM, monitorar pac com lipídeo/proteína, transporte de lipídios p/ cel do
doenças hepáticas. Utilidade Diag hepatites reconheciemento de recptores de superfície
virais, agudas, hepatites alcoólicas, necroses, • ARTERIOSCLEROSE: deposito de LDL nas
IAM paredes das artérias, seus componentes se
• TGO-ALT: fígado, rim, pouco no coração, oxidam causando uma inflamação q altera os
origem citoplasmática. O teste da alt ajuda vasos
detectar e avaliar o tratam ento de doenças • DISLIPIDEMIAS: alterações dos níveis
hepáticas agudas e distinguir danos no saguineos dos lipídios circulantes,
miocárdio hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia. Trat.
• GGT: túbulo proximal renal, fígado pâncreas, LDL elevado, terapias de mudanças de estilo
intestino. Envolvida no transporte Aa avalia de vida, drogas, terapia de escolha-estatina.
doenças hepatobiliares, avalia função hepática, Prevenção dieta aterogênica (reduzir LDL)
detecta ingestão de álcool, distingue doenças sedentarismo, obesidade
ósseas e hepáticas, elevado em alcoólatras, • DOSAGEM: jejum de 12-14hs, não fazer at
uso de analgésicos, anticonvulsivantes, física, não ingerir álcool 72hs antes, cirurgia,
quimioterápicos manter estado metabólico. Avaliação teste de
• AMILASE: presente no sangue e urina, origem repouso do plasma p quilomicrons Dosagem
pancreática e glândulas salivares, tem função ajuda avaliar as hiperlipidemias, identifica
de catalisar a hidrolise da amilopectina da síndromes nefroticas, indicam diabetes mal
amilase e do glicogênio. Utilidade diag doença controlado, avaliar risco de doença coronária
do pancreas investigação. Inflamação das • HIPERTRIG: causa diabetes melito não
glândulas salivares eleva os valores. controlada, obesidade, hipotiroidismo, síndrome
• LIPASE: pâncreas, função hidorlisar as longas nefotica, pancreatite aguda, alcoolismo usa-se
cadeias de triglicerídeos no intest delg utilidade diuréticos, agentes bloqueadores
diag patologias pancreáticas. Marcador glicocorticóides,
especifico de doença pancreática aguda • DOSAGEM COLESTEROL: avaliar risco de
• CK: concentração na musculatura estriada, tec arteriosclerose, metabolismo lipídico, eficácia
cardíaco e cérebro. Relacionada com a de dorgas. HIPERCOLESTEROLEMIA:
geração de ATP nos sistemas contrateis ou de hepatite eminente, distúrbios lipídicos,
transporte, função nas cel musc armazenando pancreatite, icterícia obstrutiva, hipotiroidismo
creatina fosfato Utilidade diag lesão da HIPOCOLESTEROLEMIA: desnutrição,
musculatura, IAM, CK1 neurologica, CK2 necrose celular, hipertiroidismo
miocardio, CK3 musc esquelético. Varia com a DISLIPOPROTEINAS: causas primarias
idade, estatura, atividade física, vol de massa aumento da produção, deficiência de processo,
• LDH: miocárdio, rim, fígado, músculo. LDH2 remoção inadequada, secundaria
neurologico, LDH3/4 alt sist imunológico, LDH5 sedentarismo, doença hepática, diabetes,
desordens muscular e hepática. Utilidade diag dorgas. HIPERQUILOMICRONEMIA
valores elevados em situações de destuição deficiência de lpl, xantomas, dor abdominal,
celular lipemia, esplenomegalia.
HIPERBETALIPOPROTEINEMIA.
• TROPONINA: especificas p/ danos cardíacos. DISLIPOPROTEINEMIAS aumenta
MIOGLOBINA: encontrada nos musc esq e VLDL,LDL,TG.
cardíaco fixa o2, encontrada na intoxicação •
alcoólica, dermatomiosite, queimaduras, COLESTEROL aumentado tg normal: dieta
traumas estilod e vida, hipotiroidismo, síndrome
nefrotica, insuficiência renal, TRIGLI
aumentado colesterol normal: dieta estilo de
vida, diuréticos, diabetes, diuréticos. TG e
colesterol auto obesidade, esteróides
hipotiroidismo