Você está na página 1de 7

Identidade

racial brasileira

Maria Palmira da Silva


A AUTORA...
Possui graduao em Servio Social
pela Pontifcia Universidade Catlica
de So Paulo (1986), mestrado em
Psicologia (Psicologia Social) pela
Pontifcia Universidade Catlica de
So Paulo (1994) e doutorado em
Psicologia (Psicologia Social) pela
Pontifcia Universidade Catlica de
So Paulo (1999). Atualmente
efetivo da Prefeitura do Municpio de
So Paulo e professor de ensino
superior da Universidade Nove de
Julho. Tem experincia na rea de
Psicologia, com nfase em Psicologia,
atuando principalmente nos seguintes
temas: racismo, preconceito,
identidade, movimentos sociais e
psicologia social.
CONCEITO
Singular, especfico, existncia prpria
formada por uma totalidade integrada;
Igualar = limitar, tirar a particularidade do
sujeito;
Resultado do processo de auto definio ou
de como internaliza as caractersticas que lhes
so atribudas socialmente;
Identidade coletiva: reconhecimento pblico
de determinado grupo social;
Deformada ou formada: relao estabelecida
com outros significantes;
Caractersticas fsicas ou culturais;
Racismo: fentipos de uma pessoa so vistos
como elementos constitutivo de identidade;
No existncia de um elemento que me diz ser
mais negro que o outro;
Identidade sempre interrogada: 1)no mbito dos
estudos e debates das relaes raciais; 2) sujeito
procura afirmar sua singularidade perante o
outro;
construo da identidade um processo
histrico;
Relao indivduo-sociedade;
Identidade no possui mo nica;
Alto grau de dependncia que o ser humano tem
do outro: desenvolvimento da identidade se d
no mundo social, na relao com o outro;
Meu eu social resulta do reconhecimento de
meus semelhantes;
SITUAO SOCIAL DA POPULAO
NEGRA NO BRASIL
O alcance da mobilidade social ascendente por si
s no capaz de limitar o racismo;
No saem do seu grupo de referncia;
Lugar hegemnico nunca questionado!
Buscam nos movimentos sociais o combate
discriminao racial e preservar sua identidade
historicamente depreciada;
354 anos de escravido metade do sculo XVI
final do sculo XIX (10 anos 7 escravido);
Inventariados como objetos;