Você está na página 1de 3

Princpios dos recursos

a) Princpio da correspondncia (para cada tipo de


deciso h um tipo de recurso. Mas, observar que
nem todas decises so recorrveis);
b) Princpio da taxatividade (os recursos so
taxativamente previstos em lei. Ver art. 994);
c) Unicidade (singularidade ou unirrecorribilidade):
as decises so impugnveis apenas por um
recurso. Ver art. 1009, 3. e 1013, 5.. Mas, art.
1029 (RE e RESP). Tb EmbDecl e outro recurso;
d) Fungibilidade (abrandamento da correspondncia.
A inexistncia de erro grosseiro. Dvida objetiva.
Ver arts. 1024, 3., 1032 e 1033;
Princpios dos recursos
a) Proibio da reformatio in pejus (decorrncia do
princpio dispositivo. Obs: 2. do art. 1013 no
exceo ao princpio. Mas, ver art. 1013, 3., I) ;
b) Duplo grau (Dir. a reexame por rgo superior.
princpio constitucional implcito. Mas, 1013, 3.);
c) Dialeticidade (recurso deve ser fundamentado);
d) Voluntariedade (reflexo do princpio dispositivo);
e) Irrecorribilidade (em separado) das interlocutrias
(o sistema misto do CPC/2015 ver art. 1015);
f) Consumao (decorrente da precluso);
g) Complementaridade (ver art. 1024, 4.).
- Bibliografia

- JORGE, Flvio Cheim. Teoria Geral dos Recursos


Cveis, So Paulo: RT, 7. ed., 2015
- MOREIRA, Jos Carlos Barbosa. Comentrios ao
CPC, vol. V (escrito luz do CPC/73)
- NERY JR., Nelson. Teoria Geral dos Recursos. (escrito
luz do CPC/73)