Você está na página 1de 42

Banco de Dados e Usuários de

Banco de Dados

Professor Mauricio Prado

c
Banco de Dados
ñ epresentação do mundo real. Mini mundo ou
universo de discurso (UD). Mudanças feitas no UD
são refletidas no banco de dados
ñ Coleção coerente de dados com algum significado
ñ Projetado, construído e populado para um propósito
específico. Visa um grupo de usuários ou alguma
aplicação na qual esses usuários estão interessados
ñ Pode possuir diferentes tamanhos e diferentes
complexidades
ñ Pode ser gerado e mantido manualmente ou pode
ser computadorizado
O
Sistema Gerenciador de Banco de Dados

ñ Coleção de programas que permitem aos usuários


criar e manter um banco de dados
ñ Software de propósito geral que facilita o processo de
definição,, construção e manipulação de BD para várias
definição
aplicações.
ñ Definição:Tipos de dados, estruturas e restrições para os
dados que serão armazenados no BD.
ñ Construção:Processo de armazenamento dos dados
propriamente ditos em algum meio controlado pelo SGBD.
ñ Manipulação:Consulta, alteração , inserção e eliminação de
dados

›  


 


   

   

    

       

       

-
Características dos Banco de Dados:descrição
dos dados
ñ Banco de Dados
ñ Possuem Catálogos, contendo :Estrutura de cada
arquivo, tipo e forma de armazenamento de cada
item de dados e restrições impostas aos dados
ñ Catálogo é usado pelo SGBD e pelos usuários

ñ Arquivos
ñ A definição dos dados é parte do programa de
aplicação:programas trabalham com um BD
específico, cujas estruturas são declaradas nos
programas

‰
Características dos Banco de
Dados:Isolamento entre dados e programas

ñ Banco de Dados
ñ A estrutura dos dados estão armazenadas nos
catálogos
ñ Arquivos
ñ As estruturas de dados estão embutidas no
programas de acesso.
ñ A essa característica da-
da-se o nome de
independência entre programas e dados

Î
Características dos Banco de Dados:
Isolamento entre dados e programas
ñ Aos bancos de dados orientados a objeto e banco
de dados objeto-
objeto-relacionais os usuários podem
definir Y  sobre os dados como parte das
definição do banco de dados
ñ Uma operação é especificada em duas partes:
ñ Interface ou assinatura
ñ Implementação ou método
ñ Os programas podem invocar esses métodos sem
conhecer os detalhes de implementação
ñ A essa característica dá-
dá-se o nome de
independência entre programas e operações
*
Características dos Banco de Dados:Abstração
  !  

      


  

      


   

›
    
   !
  "    #  
    !

$     
     !



†
Características dos Banco de Dados :Suporte
a Múltiplas visões dos dados

˛    
 
    
˛
% !%
  &     
           
'

%( ' 


)
        ' 
   **+, -*-,
.  (    /0-, -*-,


Características dos Banco de Dados
ñ Compartilhando de dados e processamento de
múltiplas transações
ñ Um banco de dados multi-
multi-usuário deve permitir aos
usuários o acesso concomitante aos dados
ñ Deve incluir o controle da concorrência, assegurando
a integridade dos dados no caso de vários usuários
tentarem atualizar o mesmo dado ao mesmo tempo.
ñ Exemplo: reserva de assentos em aeronave.
ñ Esse tipo de aplicação são denominadas OLTP-
OLTP-On
Line transaction Processing

c
Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Inconsistência e edundância de Dados.
ñ Arquivos podem possuir formatos diferentes.
ñ Dados armazenados em diversos Locais.
ñ Várias cópias de dados, ocorrendo dúvida
para a localização da informação atualizada.

cc
Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Dificuldade de acesso aos Dados:
ñ É necessário escrever códigos de
programação para acessar uma determinado
dado gerando um informação que foi
previamente solicitada.

cO
Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Isolamento de Dados.
ñ Como os dados estão dispersos em vários
arquivos, e estes arquivos podem apresentar
diferentes formatos, torna-
torna-se difícil escrever
novas aplicações para recuperação apropriada
dos dados.

c
Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Problemas de Integridade:
ñ Os dados armazenados no Banco de Dados
devem manter certas restrições para a
manutenção da consistência.
consistência.

c-
Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Problemas de Atomicidade:
ñ Um sistema de Banco de Dados está sujeito a
falhas.
ñ Uma vez detectada a falha deve-
deve-se garantir o
seu último estado consistente.


Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Anomalias no acesso concorrente:
ñ Atualizações simultâneas nos dados para o
aumento do desempenho do Sistema de
Banco de Dados.


Desvantagens no Uso de Sistemas
de BD Baseados em Arquivos
ñ Problemas de Segurança.
ñ Torna-se difícil garantir a efetividade das
Torna-
regras de segurança.

c*
Atores em cena na construção de
banco de dados

ñ Para pequenos bancos de dados, uma


única pessoa define, constrói e manipula o
banco de dados.
ñ Grandes bancos de dados requerem
pessoas diferentes para as etapas de
projeto, uso e manutenção


Administradores de Banco de Dados: DBA

ñ Em um ambiente de banco de dados os principais


recursos a serem administrados são :
ñ Base de dados , SGBD e os softwares associados
ñ Os DBAƞs são responsáveis por:
ñ Autorizar o acesso ao banco de dados
ñ Coordenar e monitorar o seu uso
ñ Adquirir recursos de software e hardware, quando
necessário
ñ Problemas de quebra de segurança
ñ Tempo de resposta do sistema


Projetistas de Banco de Dados
ñ Os projetistas são responsáveis por:
ñ Identificar os dados a serem armazenados no
banco de dados, escolhendo as estruturas
apropriadas para representar e armazenar
esses dados.
ñ Interagir com os usuários de banco de dados
visando o entendimento de seus
requerimentos
ñ Desenvolver visões das estruturas do banco de
dados
ñ Fazer parte do grupo de trabalho do DBA
podendo estar encarregado de outras tarefas
O
Usuários finais
ñ São pessoas cujo dia-
dia-a-dia requer o
acesso ao banco de dados com o objetivo
de pesquisar, atualizar e gerar relatórios
ñ São a razão de ser dos banco de dados
ñ Existem várias categorias de usuários:
ñ Usuários casuais
ñ Acessam o banco de dados ocasionalmente
necessitando diferentes informações cada
vez que acessam

Oc
Usuários finais:categorias
ñ Usuários casuais (cont)
ñ Usam uma linguagem de alto nível para fazer
as consultas
ñ Em geral são gerentes, coordenadores, chefes
de departamento (Aível tático)

OO
Usuários finais:categorias
ñ Usuários ingênuos ou paramétricos
ñ Constituem a maior parte dos usuários
ñ Estão constantemente consultando e
atualizando o banco de dados usando
consultas padronizadas e transações
Ɲenlatadasơ as quais foram sistematicamente
programadas e testadas.
ñ São exemplos:
ñ Atendentes (Banco, empresas aéreas, escritórios,empresas
de cartão de crédito...)
ñ Balconistas (Lojas, hoteis, empresas de aluguel de
carro,...)
ñ Operadores (Caixa de supermercado, biblioteca,...)
ñ Agentes administrativos em geral.

O
Usuários finais:categorias
ñ Usuários sofisticados
ñ Engenheiros

ñ Cientistas

ñ Analistasde negócios
ñ Outros profissionais que têm nos
banco de dados um apoio para
implementação de suas aplicações
envolvendo complexos requerimentos

O-
Usuários finais:categorias

ñ Usuários isolados
ñ Mantém bancos de dados pessoais usando
pacotes de programas prontos, usando
menus e interfaces gráficas
ñ Exemplo: Contador que faz a declaração de
imposto de renda de várias pessoas


Analistas de Sistemas

ñ Analistas
ñ Levantam as necessidades de informação
dos usuários finais, especialmente dos
usuários ingênuos e paramétricos.
ñ Especificam as aplicações necessárias para
dar suporte às necessidades de informações.


Programadores
ñ Programadores
ñ Implementam as aplicações como programas
ñ Testam , depuram documentam e mantém as
aplicações
ñ Analistas e programadores (engenheiros
de sw) devem estar familiarizados com os
recursos oferecidos pelo SGBD

O*
Atores por trás da cena
ñ Projetistas de SGBD
ñ Projetam e implementam os módulos do
SGBD e suas interfaces criando um pacote de
software:
ñ Catálogo do sistema
ñ Linguagem de consulta

ñ Interfaces

ñ Acesso aos dados

ñ Controle da concorrência

ñ ecuperação

ñ Segurança


Atores por trás da cena
ñ Desenvolvedores de ferramentas
ñ Ferramentas são pacotes opcionais,
geralmente compradas separadamente que
visam melhorar o produto original:
ñ Projeto do banco de dados
ñ Monitor de performance

ñ Interfaces gráficas

ñ Ambientes para prototipação, simulação e geração


de massa de testes


SGBD:Vantagens

ñ Controle da redundância
ñ edundância é o armazenamento da
mesma informação em diversos lugares.
Problemas:
ñ Atualizações em múltiplos locais (esforço)
ñ Desperdício de espaço de armazenamento

ñ Inconsistência nos dados


SGBD:Vantagens

ñ Em alguns casos a redundância


controlada pode ser benéfica
ñ Aumento de desempenho
ñ Bases distribuídas

ñ A redundância deve ser prevista pelo


SGBD

c
SGBD:Vantagens

ñ Integridade de dados
ñ Entidade = Chave Primária (PK)

ñ Domínio = egras

ñ eferencial = Chave Estrangeira (FK)

O
SGBD:Vantagens

ñ estrição de acesso não autorizado


ñ Confidencialidade

ñ Aíveis de permissão (leitura, escrita)


ñ É feita através de papeis e perfis
concedidos aos usuários


SGBD:Vantagens

ñ Meio de criar persistência para objetos e


estruturas de dados
ñ Um objeto é dito persistente quando ele
sobrevive após o término da execução de um
programa e pode depois ser diretamente
acessado por um outro programa
ñ Banco de dados Orientados a Objetos são os
mais indicados

-
SGBD:Vantagens
ñ Inferência e tomada de decisão usando regras
ñ Alguns bancos de dados possuem a capacidade de se
usar regras de dedução para inferência. Esses
sistemas são denominados sistemas de banco de
dados dedutivos.
ñ Ex. Pode ser complexo o método para determinar se
um aluno foi aprovado ou não.
ñ Isso pode ser feito declarativamente usando regras
que quando compiladas e mantidas podem determinar
se o aluno foi ou não aprovado
ñ Em banco de dados tradicionais deve-
deve-se usar um
programa para essa tomada de decisão
ñ Se o UD muda é mais fácil alterar as regras do que
rescrever programas ‰
SGBD:Vantagens
ñ Proporciona múltiplas interfaces de usuário
ñ Perfis dos usuários são diferentes
ñ Linguagens de consultas para usuários ocasionais

ñ Linguagem de programação para programadores

ñ Formulários para usuários paramétricos

ñ Menus, interfaces e lingunagem naturais para usuários


isolados
ñ Acesso ao banco de dados via WEB

ñ Disponibilização do banco para acesso em uma página


WEB


SGBD:Vantagens
ñ epresentam as relações complexas
entre os dados
ñ Um banco de dados inclui uma numerosa
variedade de dados que estão inter-
inter-
relacionados entre sí
ñ O SGBD deve representar e reconhecer as
relações existenstes entre os dados
ñ Forçam as restrições de integridade
ñ Possibilitam o backup e o recovery

*
BD: Implicações do uso
ñ Padronização
ñ Aomes,
ñ Formatos dos dados

ñ Formatos de apresentação (máscaras)

ñ Estruturas dos relatórios

ñ Terminologia

ñ O DBA tem mais facilidade de adotar


padrões nos bancos de dados
centralizados do que naqueles onde
cada usuário usa seus próprios arquivos

BD: Implicações do uso
ñ edução do tempo de desenvolvimento
da aplicação
ñ Criar
pequenos programas pode ser mais
rápido que projetar grandes bancos de
dados, mas a médio e longo prazo - quando
o banco estiver pronto - a vantagem do
banco fica evidente
ñ Flexibilidade
ñ Possibilidade
de se alterar as estruturas dos
dados sem afetar os dados armazenados


BD: Implicações do uso
ñ Disponibilização de informações atualizadas
ñ Sistema de reservas de passagens
ñ Instituições bancárias

ñ Economia de escala
ñ Um banco de dados centralizado permite que
as empresas economizem adiquirindo hardware
e softwares mais robustos para um único local
ao invés de tê
tê--los pulverizados por toda a
empresa..
empresa

-
SGBD:Quando não usar
ñ Investimento muito elevado em hardware, software e
treinamento
ñ Overhead de tempo para definir e processar os dados

ñ Overhead de tempo para prover segurança , controle de


concorrência, recuperação e integridade
ñ Banco de dados mal projetados podem
acarretar:problemas
ñ É preferível usar um sistema de arquivos quando:

ñ O banco é muito simples, bem definido e estável.

ñ Muita agilidade no desenvolvimento das aplicações

ñ Sistema mono-
mono-usuário

-c
Bibliografia

ñ Elmasri & Aavathe: Sistemas de banco de


Dados ƛ Fundamentos e Aplicações.

ñ Silberschatz & Korth & Sudarshan:


Sistemas de Banco de Dados.

-O