Você está na página 1de 10

CINTICA DE MORTE CELULAR

MEIOS lQUIDOS
A RESISTNCIA AO CALOR VARIA DE ACORDO COM O
MICRO-ORGANISMO

- Ponto de Morte Trmica (PMT): menor


temperatura em que todos os micro-
organismos em uma suspenso lquida sero
mortos por calor em 10 min.
- Tempo de Morte Trmica (TMT): perodo
mnimo de tempo em que todos os
microrganismos sero mortos.
- Tempo de Reduo Decimal (TRD ou D):
tempo em minutos em que 90 % de uma
populao microbiana a uma determinada
temperatura ser morta.
Cintica de morte celular
N

dN
K .N ln K .t N N0 . exp( K .t )
dt N0
N o nmero de micro-organismos viveis por
mL,
K a constante especfica de morte (min-1)
t o tempo em minutos

Tempo de Reduo
ln N

Decimal (TRD ou D):


tempo em minutos em
T1 que 90 % de uma
populao microbiana a
T3 T2 T2 T1 uma determinada
temperatura ser morta.
t
Cintica de destruio de Esporos
PARMETROS DE DESTRUIO TRMICA

Tempo de reduo decimal: D=N/10


N- Nmero de micro-organismos vivos
N=0,1N0 t=D
Ln(0,1N0 )=LnN0 K.D
D= 2,303/K
PARMETROS DE DESTRUIO TRMICA

Tempo de reduo decimal: D=N/10


N- Nmero de micro-organismos vivos
N=0,1N0 t=D
Ln(0,10N0 )=LnN0 K.D
D= 2,303/K
PROBABILIDADE DE FALHA

(P=Ef/Et)
Definio :
A cada 100 esterilizaes, algumas so ineficientes,
isto se chama probabilidade de falha (P=Ef/Et) da
esterilizao.

P= Ef/Et
Onde Ef Nmero de clulas finais
Et- Nmero de clulas iniciais
Exemplo P=0,01
significa que 1 clula viva em 100 tratadas pelo calor.
Exerccio:
Leve-se em conta:
t=(1/k).lnN0/N e P=0,05 =5 clulas vivas /em 100 sujeitas e mortas pelo calor

Tem-se: t=(1/k).lnN0/(5/100);
t=(1/k).lnN0/P

Assim
Supondo k=5min-1 e N0=5x1010 qual o tempo de esterilizao? P=0,05

P=0,005 , k=5min-1 N0=5x1010 qual o tempo de esterilizao?

P= 0,05 , K=8min-1 , N0=5x1010 qual o tempo de esterilizao?


P= 0,005 , K=8min-1 , N0=5x1010 qual o tempo de esterilizao?

Calcule D para todas as situaes pertinentes


Analise os resultados obtidos