Você está na página 1de 24

INFORMÁTICA BÁSICA

CONCEITOS INICIAIS
Profº Max Leno
mleno@hotmail.com
CONCEITOS INICIAIS
 Divisão do Computador
 Periféricos

 Processamento de Dados

 Placa Mãe

 CPU

 Memórias
 Principais
 Secundárias

 Unidade de Medida do Computador


 Números Binários
DIVISÃO DO COMPUTADOR
 Hardware - é toda parte física do computador
 Ex.: Memória, Fonte de Energia, HD
 Software - é a parte lógica do computador
 Ex.: Microsoft Word, Microsoft Excel, Calculadora
PERIFÉRICOS
 Periféricos - São todos os dispositivos que encontram-
se próximos ao Gabinete;
 Periféricos de Entrada – São todos os dispositivos que
permitem apenas a entrada de dados;
 Periféricos de Saída – São todos os dispositivos que
permitem apenas a saída de dados;
 Periféricos de Entrada e Saída – São todos os dispositivos
que permitem tanto a entrada quando a saída de dados.
Periféricos
PROCESSAMENTO DE DADOS
 Dados – Algum tipo desorganizado de informação que
não tem sentido isoladamente;
 Informação: É o resultado da transformação dos dados
em algo útil e organizado para o usuário.
 O computador realiza quatro operações básicas com
dados;

Entrada Processamento Saída

Armazenament
o
MOTHERBOARD- PLACA MÃE
 É a placa de circuitos impressos onde reside toda a
principal parte eletrônica do computador.
 Os componentes ligados a placa mãe são:
 O Microprocessador;
 A memória RAM;
 OS Slots de expansão;
 A Fonte de alimentação e etc.
Motherboard- Placa Mãe
UCP OU CPU – UNIDADE CENTRAL DE
PROCESSAMENTO
 É o chio principal de interpretação de comando de um
computador, é essa unidade que processa as
instruções. Possui duas unidades:
 UC – Unidade de Controle – Controla a entrada e saída de
informações.
 ULA – Unidade Lógica e Aritmética – Executa operações
lógicas e aritméticas requeridas pelos programas. Como se
fosse a calculadora do microprocessador.
UCP OU CPU – UNIDADE CENTRAL DE
PROCESSAMENTO
UCP OU CPU – UNIDADE CENTRAL DE
PROCESSAMENTO
MEMÓRIAS PRINCIPAIS
 ROM – (Read Only Memory) – Principais características;
 Somente de Leitura;
 Não volátil;
 Conteúdo gravado de fábrica
 ROM BIOS (Sistema básico de entrada e Saída) – É o
primeiro programa da ROM, mais voltado para o Hardware,
este programa é encarregado de fazer toa a inicialização
(boot) do computador reconhecendo os dispositivos
instalados.
 SETUP – É outro programa da ROM é utilizado para
configurar o programa da ROM BIOS. Ele permite por
exemplo mudar a sequencia de leitura dos discos; verificar a
temperatura do processar; desabilitar e habilitar um
componente da placa mãe.
MEMÓRIAS PRINCIPAIS
 RAM – (Random Access Memory) – Principais
características;
 Memoria de Acesso aleatório;
 Volátil;
 Memória de escrita e leitura;
 Perde todo seu conteúdo quando micro é desligado;
MEMÓRIAS PRINCIPAIS
MEMÓRIAS PRINCIPAIS
MEMÓRIAS SECUNDÁRIA
 Disco Rígido – HD – Esta unidade de entrada e saída é
o que tem maior capacidade de armazenamento,
contém os programas e arquivos que serão executados
pela memória RAM e executados pelo processador.
 Um disco para ser utilizado precisa ser formatado
fisicamente, este processo divide o disco em trilhas e
setores.
MEMÓRIAS SECUNDÁRIA
UNIDADE DE MEDIDA DO COMPUTADOR
 Bit – Binary Digit é a unidade básica de informação no
sistema binário de numeração. É a menor unidade de
informação que se pode armazenar em um
computador.
 Byte – É um conjunto de 8 bits. Cada byte representa
um caractere que pode ser uma letra, um número ou
um símbolo.
UNIDADE DE MEDIDA DO COMPUTADOR
Kilobyte – 1.024 Bytes
Megabytes – 1.024 kilobytes
Gigabyte – 1.024 megabyte
Terabyte – 1.024 gigabyte
MEDIDA EQUIVALÊNCIA
Bit – b 8 bits =1 Byte = 1 Caracter
Byte – B 1 Caracter (8 bits) - 20
Kilobyte – KB 210 = 1.024 Bytes – Mil Bytes
Megabyte = MB 220 = 1.048.576 Bytes – 1 Milhão
Gigabyte = GB 230 = 1.073.741.824 Bytes – 1 Bilhão
Terabyte = TB 240 = 1.099.511.627.776 Bytes – 1 Trilhão
NÚMEROS BINÁRIOS
 São número que o computador utiliza para executar as
instruções.
 São formados por 0 e 1
 Utiliza a base 2.
128 64 32 16 8 4 2 1
27 26 25 24 23 22 21 20
CONVERSÃO DE DECIMAL PARA BINÁRIO
 Vamos converter 234.
 Pergunto: 128 cabe em 234? Sim, então o primeiro dígito é
1. Somando 64 a 128 passa de 234? Não, dá 192, então o
segundo dígito também é 1. Somando 32 a 192 passa de
234? Não, dá 224, então o terceiro dígito também é 1.
Somando 16 a 224 passa de 234? Passa, então o quarto
dígito é zero. Somando 8 a 224 passa de 234? Não, da 232,
então o quinto dígito é 1. Somando 4 a 232 passa de 234?
Passa, então o sexto dígito é zero. Somando 2 a 232 passa
de 234? Não, dá exatamente 234, então o sétimo dígito é 1.
Já cheguei ao valor desejado, então todos os demais dígitos
são zero. Com isso, o valor 234 em binário é igual a:
 11101010
PORTAS (CONEXÕES)
 Porta PS/2 – Utilizada para conectar mouse e teclado.
 SERIAL – Utilizada para conectar joystick ou modem.

 PARALELA – Utilizada para conectar periféricos como


impressora.
 USB – É o tipo de barramento que se destaca pela sua
velocidade e é Plug and Play. informação que se pode
armazenar em um computador.
 Byte – É um conjunto de 8 bits. Cada byte representa
um caractere que pode ser uma letra, um número ou
um símbolo.
PORTAS (CONEXÕES)
FIM