Você está na página 1de 28

EXERCÍCIOS DE ORTOGRAFIA

ÃO ou AM M ou N EZA ou ESA X ou Ch Acentos

OUVE ou
HOUVE? c; ç; ss; s –SINHO ou -ZINHO?

–ISAR ou -IZAR? –SÃO ou -SSÃO ou -ÇÃO? O ou U?

HÁ ou À?
1. Ontem chegar_____ tarde, amanhã chegar_____ a horas.
2. No sót_____ lá de casa as crianças encontr_____ de tudo um pouco.
3. Quando descer_____ a escada agarrar_____-se bem ao corrim_____.
4. Esta manhã falar_____ muito, agora fal_____ menos.
5. O Cristóv_____ e o irm _____ sair_____ agora mesmo.
6. Elas n_____ quiser_____ aceitar a sugest_____ dos pais.
7. A vossa participaç___ e motivaç___ durante a última liç__entusiasmar__ o professor
8.Eles er_____ irmãos gémeos, mas nunca for_____ nada parecidos.
9.Eles cantar____ ontem em Lisboa, hoje cant_____ na Nazaré e amanhã cantar_____ no Porto.
10.Eles for_____ sujeitos a uma intervenç_____ cirúrgica delicada.
11.Brevemente, construir_____ um museu perto do sítio onde edificar_____ a biblioteca pública.
12.No próximo ano letivo, as aulas começar_____ no dia 16 de Setembro.
13.Eles fal_____ demasiado nas aulas e os professores não gost_____ disso.
14.Os atletas não est_____ preparados para a competiç_____ de sábado.
15.Antigamente, os dias dav_____ para tudo, agora parece que pass_____ muito mais depressa.
16.Eles procurar_____ por toda a parte, mas, até hoje, não encontrar_____ nada.
17.Eles não vir_____ nada do que desejav_____ encontrar e, por isso, afirmar_____
que nunca mais v_____ passar férias aqui.
1. Reescreve os verbos no futuro:

•Vocês andaram de mais.


•Vocês de mais.

•Elas correram na pista.


•Elas na pista.

•Elas bateram à porta.


•Elas à porta.

•Vocês venceram ao jogo.


•Vocês ao jogo.

•Eles puseram a mesa. •Elas estudaram.


•Eles a mesa •Elas .
•Eles voltaram ontem. •Os alunos perderam o jogo.
•Eles amanhã. •Os alunos o jogo.
Escrever -ão, ou -am?

Este ditongo pode escrever-se de duas maneiras:


 nos verbos emprega-se:
-ão em sílaba tónica: estarão
-am em sílaba átona: estavam
 nas restantes classes de palavras (nomes, adjetivos,
etc.) emprega-se sempre ão: irmão, canção, lição,
pão…
Em resumo: a grafia - am só se emprega nas sílabas
átonas de formas verbais.
am am am am am am am am

ão ão ão ão ão ão ão ão
CONJUGA OS VERBOS NOS TEMPOS
INDICADOS NA 3ªp. do plural
MODO INDICATIVO
PRESENTE PRET. PERFEITO PRET. FUTURO
IMPERFEITO

dormir
falar
correr
pensar
compreender
dar
ir
ser
estar
MODO INDICATIVO
PRESENTE PRET. PERFEITO PRET. IMPERFEITO FUTURO
falar Eles falam Eles falaram Eles falavam Eles falarão
lavar Eles lavam Eles lavaram Eles lavavam Eles lavarão
cantar Eles cantam Eles cantaram Eles cantavam Eles cantarão
pensar Eles pensam Eles pensaram Eles pensavam Eles pensarão
comprar Eles compram Eles compraram Eles compravam Eles comprarão
dar Eles dão Eles deram Eles davam Eles darão
ir Eles vão Eles foram Eles iam Eles irão
ser Eles são Eles foram Eles eram Eles serão
estar Eles estão Eles estiveram Eles estavam Eles estarão

Todos os verbos em “ar”


têm a terminação “am”, no
No futuro, todos os
pretérito perfeito e
verbos em “ar” têm a
imperfeito
terminação “ão”.
O ou U?

• Regra 1 - No inicio da palavra o som |u|


escreve-se sempre com a letra U.

• Regra 2 - Quando o som |u| aparece no meio


das palavras, se o som estiver na sílaba tónica
(a mais forte), escrevemos com a letra U, se
não for assim, escreve com a letra O.
• Estas duas regras servem para a maioria dos
casos, mas há algumas exceções.
Regra 2 - Quando o som |u| aparece no meio

O ou U? ou fim das palavras, se o som estiver na sílaba


tónica (a mais forte), escrevemos com a letra
U, se não for assim, escreve com a letra O.

Ab_lir m_ela Ch viscar


b_ate m_squito ch visco
b_lacha név_a cúpu la
nód_a ent pir
b_letim
ób_lo Reb liço
búss_la oc_rrência táb a
cap_eira p_leiro Tab ada
ch_ver p_lir trég a
c_biça r_meno ág a
conc_rrência trib_
c_stume port_
eng_lir
êmb_lo
f_cinho
g_ela
mág_a
• Há vários parónimos cuja única diferença na
•Custear = pagar as custas, financiar
forma escrita é a presença do "O" ou do •O patrão vai custear todas as despesas
"U", o que também gera muitas dúvidas. do funcionário.

Costear = navegar junto à costa


• Parónimo é um termo utilizado para •Durante o passeio, o navio vai costear
designar palavras que são semelhantes na as praias do Nordeste.
escrita e na pronúncia, mas que possuem Custear = pagar as custas, financiar
significados diferentes.
Suar = transpirar Soar = dar ou produzir som
É preciso suar muito para vencer. •Os sinos vão soar em poucos minutos.

Insolação = exposição ao sol


A menina teve insolação depois de ir ao clube. •Insulação = isolamento
•É preciso fazer a insulação do doente contagioso.

Cutícula = película Cutícola = que vive na pele


A manicure tirou muitas cutículas Este é um exemplo de uma bactéria cutícola.
das minhas unhas hoje.

Cotícula = pedra usada para testar o valor do ouro e da prata (pedra de toque)
Assim como a cotícula prova o ouro e a prata, assim o ouro e a prata são a
cotícula dos homens.
Assoar = limpar (o nariz) Assuar = vaiar
É indelicado assoar o nariz na toalha da mesa. Os trabalhadores vão assuar o patrão
quando ele anunciar as mudanças.

Bocal = embocadura Bucal = relativo à boca


Com o aquecimento, o bocal da lâmpada pode trincar, As crianças devem ter muito
aumentando o risco de choque elétrico no momento da troca. cuidado com a saúde bucal.

Comprido = longo Cumprido = executado


A jovem possuía cabelos compridos. O mandado judicial foi cumprido no prazo estipulado.

Comprimento = extensão Cumprimento = saudação


O comprimento da mesa era maior que o No Brasil, é comum o cumprimento com beijos no
da sala. rosto.

Pontuar = empregar sinais de pontuação ou fazer


Pontoar = marcar ou costurar com pontos pontos em uma partida ou competição
•Se usar linha verde para pontoar essas
calças, o acabamento não ficará bom. •Os alunos precisam pontuar melhor as redações.
Se desistir agora, não vai pontuar no campeonato.

Roborizar = fortalecer •Ruborizar = corar; envergonhar-se


•Sua presença vai roborizar nossa •A situação é capaz de ruborizar até a
atuação. mulher mais experiente.
EZA

EZA
Completa as palavras seguintes com <s> ou <z>:
esperte__a france__a
pre__a alte__a
fregue__a bele__a
indefe__a reale__a
limpe__a marque__a
franque__a noruegue__a
campone__a limpe__a
leve__a ace__a
certe__a magre__a
firme__a irlande__a
duque__a rique__a
ile__a subtile__a
pobre__a dure__a
finlande__a destre__a
japone__a barone__a
grande__a me__a
obe__a empre__a
estreite__a mole__a
fraque__a surpre__a
fortale__a proe__a
largue__a despe__a
Emprego de X e Ch

Emprega-se o X:
1) Após um ditongo. Emprega-se Ch:
Exemplos: caixa, frouxo, peixe 1) Nos seguintes
Exceção: recauchutar e seus derivados vocábulos:
2) Após a sílaba inicial "en". bochecha, bucha,
Exemplos: enxame, enxada, enxaqueca cachimbo, chalé,
Exceção: palavras iniciadas por "ch" que recebem o prefixo charque, chimarrão,
"en-" chuchu, chute, cochilo,
Exemplos: encharcar (de charco), enchiqueirar (de debochar, fachada,
chiqueiro), encher e seus derivados (enchente, enchimento, fantoche, ficha, flecha,
preencher...) mochila, pechincha,
3) Após a sílaba inicial "me-". salsicha, tchau, etc.
Exemplos: mexer, mexerica, mexicano, mexilhão
Exceção: mecha
4) Em vocábulos de origem indígena ou africana e nas
palavras inglesas aportuguesadas.
Exemplos: abacaxi, xavante, orixá, xará, xerife, xampu
5) Nas seguintes palavras:
bexiga, bruxa, coaxar, faxina, graxa, lagartixa, lixa, lixo, puxar,
rixa, oxalá, praxe, roxo, vexame, xadrez, xarope, xaxim,
xícara, xale, xingar, etc.
Completa com “x” ou “ch”.
Emprega-se o X:
...adrez 1) Após um ditongo.
Exceção: recauchutar e seus derivados
en...ugar 2) Após a sílaba inicial "en".
Exceção: palavras iniciadas por "ch" que recebem o prefixo
...over "en-"
3) Após a sílaba inicial "me-".
...inelo Exceção: mecha
4) Em vocábulos de origem indígena ou africana e nas
en...er palavras inglesas aportuguesadas.
en...ada 5) Nas seguintes palavras:
bexiga, bruxa, coaxar, faxina, graxa, lagartixa, lixa, lixo, puxar,
...ão rixa, oxalá, praxe, roxo, vexame, xadrez, xarope, xaxim,
xícara, xale, xingar, etc.
en...oval
...á (bebida)
“m” ou “n”
Antes de p ou b, escreve-se sempre m.
Antes das outras consoantes, escreve-se n.

Completa com “m” ou “n”.


a...tigo a...tena a...dar a...tipatia
a...biente si...patia a...parar a...ca
a...bição a...plo a...dorinha a...pliar
Acento agudo (´), CIRCUNFLEXO

grave (`)
ou circunflexo (^) ^
AGUDO GRAVE

Apenas levam acento grave as palavras: à; àquele; àquilo;


àqueloutro (tanto no masculino como no feminino e plural):
usa-se ainda nos ditongos contituídos por iu.

O acento grave abre a vogal. O circunflexo fecha a vogal.


Coloca o acento agudo, grave ou circunflexo nas palavras
em que for necessário...
Comi tres pães a hora do jantar. Emprestamos o livro
aquele rapaz. As crianças veem muita televisão e, as vezes,
isso e prejudicial. Na escola, ha miudos que leem muitas
enciclopedias.
HÁ ou À ?

Há é o presente do indicativo do verbo Haver. È equivalente a “existe”

À é a contração da preposição a com o determinante a e pode ser substituído


por às

Em Penacova, ... uma praia fluvial muito linda.


As crianças gostam de ir ... praia.
O professor riu …. gargalhada.
O João vai … feira.
Ele disse que … um acento na palavra
Ele foi para casa… quatro horas.
Até … pouco tempo eu não percebia isto.
… aulas hoje … tarde.
Joana, ouve o que
eu vou dizer-te

Espera, João… Eu quero


contar-te que houve um
acidente à porta da escola…
OUVE ou
HOUVE?
c; ç; ss; s

a) O esse simples (s) representa o som [s] apenas em início de palavra (ex.: seguro, só),
a seguir a vogal nasal (ex.: cônsul, pensão), ou a seguir a consoante (ex.: absorção,
bolso, psicologia, urso); há algumas excepções, como obséquio ou trânsito, em que o s
se lê [z]. Entre vogais, o s nunca tem valor de [s], mas sempre de [z] (ex.: casa).

b) O esse dobrado (ss) representa o som [s] apenas em contextos intervocálicos (ex.:
assar, isso, promessa, russo), e nunca em início de palavra ou depois de consoante.

c) O cê (c) representa o som [s] apenas antes das vogais e (ex.: aceder, alce, comecei,
torcer) ou i (ex.: ácido, cálcio, macio, narciso).

d) O cê com cedilha ou cê cedilhado é um sinal gráfico (ç) que representa o som [s]
antes das vogais a (ex.: alça, cabeça, junção), o (ex.: calço, moço, monções) ou u (ex.:
açúcar, calçudo). Este sinal nunca surge em início de palavra, nem se usa antes das
vogais e (ex.: cabecear) ou i (ex.: mocinho), pois nesses casos o cê sem cedilha (c) já
tem o valor de [s].
–SÃO ou -SSÃO ou -ÇÃO? 1) –SÃO quando o verbo que corresponde ao
nome termina em
NDER/NDIR,
VERTER/ VERTIR,
PELIR,
Escreve-se com: ERGIR,
PULSAR E SIONAR

2)-SSÃO quando o verbo que corresponde ao nome termina em


CEDER, METER, GREDIR, PRIMIR e ANDIR

3) –ÇÃO quando o verbo que corresponde ao nome tem qualquer outra


terminação.
Completa com “(S)SÃO” ou “ÇÃO”.

preten conce permi transmi


agre expedi diver preven
perdi progre reparti expul
suspen fundi omi inver
medi competi degluti deten
obten ver reten conver
perver conten rever subver
aten intromi absten submi
manuten adi competi intromi
opre transgre supre atribui
–ISAR ou -IZAR?

Escrevem-se com “s” (=ISAR) os verbos derivados de palavras que já têm “s”:
análise > analisar
aviso > avisar
paralisia > paralisar
pesquisa > pesquisar

Escrevem-se com “z” (=IZAR) os verbos derivados de palavras que não têm a letra “s”:
ameno > amenizar
civil > civilizar
fértil > fertilizar
legal > legalizar
normal > normalizar
real > realizar
suave > suavizar
–SINHO ou -ZINHO?

Escrevem-se com “s” (=SINHO) os diminutivos derivados de palavras que já têm a


letra “s”:
casa > casinha
lápis > lapisinho
mesa > mesinha
país > paisinho
pires > piresinho
tênis > tenisinho
Escrevem-se com “z” (=ZINHO) os diminutivos derivados de palavras que não têm a
letra “s”:
animal > animalzinho
balão > balãozinho
café > cafezinho
chapéu > chapeuzinho
flor > florzinha
pai > paizinho
papel > papelzinho
1. Utiliza-se porque em geral nas frases interrogativas e, portanto,
na expressão «porque é que».

2. Utiliza-se também porque nas orações causais («Fomos embora,


porque se fazia tarde»).

3. Utiliza-se por que (preposição por e interrogativo ou relativo que)


quando pode ser substituído por «por qual», «por quais», «pelo
qual», «pela qual», «pelos quais», «pelas quais», ou seja,
normalmente quando está presente na frase o substantivo a que o
que se refere.

Exemplos de 3 (preposição por + que interrogativo ou relativo):


3.1. Por que motivo terá ela feito aquilo? (= por qual motivo)
3.2. Não sei por que motivo ele não veio.
3.3. Por que cargas de água tomou ele aquela decisão?
3.4. Por que mulher foste capaz de fazer tal loucura? (= por qual)
3.5. Ele sabe por que caminho deverá enviar os seus homens.
3.6. Tarda a decisão por que anseio. (= pela qual)
3.7. São muitas as provações por que temos de passar. (= pelas quais)
3.8. Ele desconhece a causa por que lutamos. (= pelos quais)