Você está na página 1de 27

ORAÇÃO: UMA DISCIPLINA VITAL

PARA O CRISTÃO
Sermão IP Redenção
Rev. Fúlvio Leite
Texto: Rm. 8. 26-27
05/11/17
INTRODUÇÃO
• Análise contextual
• Romanos capítulo 8
• Primeira Parte: 1-17 – Da vida que
temos no Espírito Santo.
• Destaques. V. 4; 9; 14-15.
INTRODUÇÃO
• Segunda Parte: A glória por vir (8:18 -
30).
• A habitação do Espírito em nós não é
somente evidência de que a graça de
Deus age ininterruptamente conosco
no presente; é garantia da glória
vindoura.
• Destaques: V. 23;
INTRODUÇÃO
• Em todas as provações do presente, o
Espírito ajuda também por Sua
intercessão.
• V.26
INTRODUÇÃO
• A Bíblia ensina que devemos orar por
intermédio do Filho, ao Pai, através
do Espírito.
• Mas nem todos têm o Filho (1 João
5.12), e nem todos têm o Espírito
(Romanos 8.9); logo, nem todos
podem orar ao Pai.
INTRODUÇÃO
• Podemos dar a seguinte definição:
Oração é comunicação pessoal com
Deus.
• Não oramos para que Deus descubra
as nossas necessidades, pois diz-nos
Jesus: “... Deus, o vosso Pai, sabe o
de que tendes necessidade, antes que
lho peçais” (Mt 6.8).
• Deus quer que oremos porque a oração
exprime nossa confiança Nele.
• A principal ênfase da doutrina bíblica da
oração é que devemos orar com fé.
• Que significa confiar em Deus ou dele
depender.
• Deus, como nosso criador, se deleita ao
ver que nós, seus filhos, nele confiamos,
pois esse atitude de dependência ou
confiança é a mais apropriada numa
relação Pai/filho.
• Em palavras simples, a oração tem
um lugar vital na vida do cristão.
• Ninguém não pode ser um cristão e
não orar.
• Romanos 8.14-15 nos diz que a
adoção espiritual que nos torna filhos
de Deus nos leva a clamar em
expressões verbais: "Aba! Pai!"
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• I - A oração particular é difícil de ser
feita a partir de um motivo falso.
• Alguém pode pregar com um motivo
falso, como o fazem os falsos profetas.
• Alguém pode se envolver em
atividades cristãs com base em motivos
falsos.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Muitas das realizações externas do
cristianismo podem ser feitas com
base em motivos falsos.
• Contudo, é altamente improvável
que alguém tenha comunhão com
Deus a partir de motivos
impróprios.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• II - A oração é tanto um privilégio
como um dever.
• A oração, como todos os meios de
crescimento para o cristão, exige
esforço.
• Em um sentido, a oração não é
natural para nós.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Embora tenhamos sido criados para a
comunhão e interação com Deus, os
efeitos da Queda têm-nos deixado
preguiçosos e indiferentes para
com algo tão importante como a
oração.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• O novo nascimento desperta um novo
desejo de comunhão com Deus, mas
o pecado nos faz resistir ao
Espírito.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Quando estamos totalmente incertos sobre
o que deveríamos orar, o Espirito Santo
intercede por nós.
• Romanos 8.26-27 diz: "O Espírito,
semelhantemente, nos assiste em nossa
fraqueza; porque não sabemos orar como
convém, mas o mesmo Espírito intercede
por nós sobremaneira, com gemidos
inexprimíveis. E aquele que sonda os
corações sabe qual é a mente do Espírito,
porque segundo a vontade de Deus é que
ele intercede pelos santos".
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• É função [do Espírito] interceder por nós,
orar por nós, isto é, fazer nossas orações.
Ele, por assim dizer, escreve nossas
petições no coração, e nós as fazemos;
ele dita um bom assunto, e nós o
apresentamos. Aquela oração que
(cremos) será aceita, é obra do Espírito
Santo; é sua voz, sua atividade, sua
operação e, desse modo, sua oração.
(Rm 8.26,27)
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Essa é a razão para crermos, com
base neste texto, que, se oramos
incorretamente, o Espírito Santo
corrige os erros em nossas orações,
antes que as apresentemos ao Pai,
pois o versículo 27 nos diz que
"segundo a vontade de Deus é que
ele intercede pelos santos".
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• III - A oração nos auxilia na nossa
santidade.
• A Oração é um meio de graça.
• Como todo meio de graça.
• É um benefício pelo qual o Senhor
Jesus Cristo comunica suas mais
ricas bênçãos para o seu povo.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• III - A oração nos auxilia na nossa
santidade.
•É instrumento do Redentor Para
desenvolver no coração de cada
crente a santidade de vida e o
desenvolvimento da salvação.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• III - A oração nos auxilia na nossa
santidade.
• Pelo uso correto do meio de graça -
Cristo fortalece a fé de seu povo
pactual!
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Através dos meios da graça, Deus concede:
1 força,
2 paz,
3 conforto,
4 instrução,
5 disciplina,
6 orientação,
7 alegria
8 e tudo que é necessárias à vida cristã.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• III - A oração nos auxilia na nossa
santidade.
• Quando examinamos a vida dos
grandes santos da igreja, vemos que
eles eram grandes pessoas de
oração.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Lutero disse que orava regularmente
uma hora por dia.
• Exceto quando experimentava um dia
muito atarefado - nesses dias, ele
orava por duas horas e depois, ele
orava por mais duas horas.
• Calvino – A oração é o antídoto para
todas as nossas aflições.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Aplicação:

• Há um tempo certo e um tempo


errado para a oração?
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Jesus orou de manhã, durante o dia e,
às vezes, durante toda a noite.
• Há evidência de que ele tinha um
tempo separado para a oração; mas,
considerando o relacionamento que
Jesus teve com o Pai, sabemos que a
comunhão entre eles nunca parou.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• Em Tessalonicenses 5.17 Deus nos
manda orar sem cessar.
• Isto significa que devemos viver em
um contínuo estado de comunhão
com nosso Pai.
ORAÇÃO: uma disciplina vital para o
cristão
• A negligência da oração é uma das
principais causas de estagnação na
vida espiritual.
CONCLUIMOS
• Orar não significa apenas dedicar de
manhã e à noite alguns minutos à
oração, mas traduz que se encontrou
uma nova existência.

Você também pode gostar