Você está na página 1de 21

Os vestígios da cultura material escolar

do Ginásio Municipal Oeirense


Amada de Cássia Campos Reis
CULTURA
ESCOLAR
CULTURA ESCOLAR

“Conjunto de normas que definem


conhecimentos a ensinar e condutas a inculcar, e
um conjunto de práticas que permitem a
transmissão desses conhecimentos e a
incorporação desses comportamentos; normas e
práticas coordenadas a finalidades que podem
variar segundo as épocas”
(JULIA, 2001, p. 10)
C E
U S
L C
T O
U L
R A
A R
CULTURA
ESCOLAR

CULTURA
MATERIAL
ESCOLAR
CULTURA MATERIAL ESCOLAR
“Conjunto de “Os suportes e
artefatos, cuja utensílios que, em
existência, uso e diferentes tempos e
significado se espaços, foram
ligam historicamente inventados,
ao processo de mobilizados, transpostos,
difundidos para e pela
escolarização e à
escola, passam a
consequente
integrar parte do [seu]
disseminação da acervo”
forma escolar”
(ALVES, 2010, p. 103) (ALVES, 2010, p. 103)
CULTURA MATERIAL ESCOLAR

O uso da expressão “cultura material escolar” é recente o


campo da História da Educação.
É “terreno movediço em que os historiadores tateiam” (SOUZA. 2007b, p. 169)

O estudo sobre cultura material escolar possibilita ao


historiador educacional compreender o funcionamento
interno de uma instituição escolar
É um terreno fértil para a coleta das possíveis manifestações
paradas
a coletapráticas e concepções
das possíveis manifestações educativas
das práticas e concepções educativasvivenciadas
vivenciadas em épocas em
passadas

épocas passadas
CULTURA MATERIAL ESCOLAR

“É preciso ter em vista que os artefatos são produtos do


trabalho humano e apresentam duas facetas: eles têm uma (SOUZA. 2007b, p. 169)

função primaria (uma utilidade prática) e exercem funções


secundarias, isto é, simbólicas. Significa considerar que os
para a coleta das possíveis manifestações das práticas e concepções educativas vivenciadas em épocas passadas
artefatos são indicadores de relações sociais e como parte
da cultura material atuam como direcionadores e
mediadores das atividades humanas, o que confere aos
objetos um significado humano”.
(SOUZA, 2007b, p. 170)
Os vestígios da
cultura material
escolar do
Ginásio Municipal
Oeirense
O GINÁSIO MUNICIPAL OEIRENSE
Os vestígios da cultura material escolar
do Ginásio Municipal Oeirense
O livro “Programa de Admissão”: preparando os
alunos para o ingresso ao Ginásio Municipal Oeirense

 Livro preparatório para exames de admissão


 Proprietária – Amália do Espírito Santo
Campos
 Primeira publicação em 1956
 Quatro disciplinas exigidas para o exame de
admissão: Português – José Cretella Jr,
Matemática – Oswaldo Sangiorgi, História do
Brasil – Joaquim Silva12 e José A. Penteado,
Geografia – Aroldo de Azevedo.
 Análise: aspectos físicos, iconográficos e
conteúdo.
O livro “Programa de Admissão”: preparando os
alunos para o ingresso ao Ginásio Municipal Oeirense
O livro “Programa de Admissão”: preparando os
alunos para o ingresso ao Ginásio Municipal Oeirense
Português ocupava 130 páginas e abarcava os aspectos relacionados
entendimento e composição de texto e gramática aplicada.
Matemática apresenta 210 páginas envolvendo os assuntos: noções
de conjuntos; números naturais (quatro operações fundamentais)
divisibilidade; números fracionários; sistema métrico decimal; medida
de figuras geométricas.
História do Brasil com 18% do conteúdo total obedecendo a uma
linearidade e cronologia dos fatos com realce para as datas e para os
vultos históricos.
Geografia, ocupa 66 páginas apresentando um caráter descritivo e
informativo, procurando apresentar aos alunos o mundo que o rodeia e
de forma particular o Brasil.
Apostila – Questões para o exame de admissão

 Encadernação do tipo lombada quadrada, colada


 142 páginas impressas
 A capa e a contracapa são as únicas partes coloridas em uma
só tonalidade com padronagem monótona e pouco atrativa
 Abrange os conteúdos de Português e História .
 Autores: Português – Prof. Luiz A. P. Victoria ; História – Edgard
Barros de Siqueira Campos
 Português - 201 questões, apresenta os conteúdos gramaticais
de forma separada, sucinta e pontual seguida de questões
objetivas, análises morfológicas concluindo com uma proposta
de composição.
 História - 142 páginas, expõem o resumo dos conteúdos,
propõe exercícios, destaca os vultos históricos e um calendário
com as principais datas históricas.
Apostila – Questões para o exame de admissão

Questões de Português

Questões de História
Livro – Economia Doméstica

 Economia Doméstica – disciplina obrigatória pelo Decreto-lei


4.244/1942 - Lei Orgânica do Ensino Secundário.
 Exemplar obtido no Rio de Janeiro.
 Foi publicado pela Editora do Brasil no ano de 1952.
 Apresenta encadernação em brochura, com dimensões 16cm X
22,5cm, possui 152 páginas impressas.
 Objetivo - ensinar as mulheres a dirigir técnica e racionalmente
o seu futuro lar, uma vez que para a sociedade da época, as
mesmas já continham em si os sentimentos e singelezas que
lhes eram peculiares e que favoreciam a sua missão de donas
de casa, esposas e mães.
 Preocupação com a formação de um determinado tipo de
seguimento feminino, os das mulheres de classes mais
privilegiadas.
Apostila – Questões para o exame de admissão
A caderneta Escolar

 O uso da caderneta escolar era determinada pela Lei


Orgânica do Ensino Secundário.
 era tida como um documento oficial de identidade do
aluno constando as informações básicas de
identificação dos mesmos, de controle de sua
frequência e notas, além de ser uma forma de
possibilitar a comunicação entre a escola e a família.
 Capa vermelha, apresentando uma logomarca com o
símbolo composto pelas imagens de um tinteiro com
uma pena nele introduzida e um livro aberto com a
data da fundação da instituição.
 Mede 10cm X 7,5cm e tem 29 páginas.
A caderneta Escolar
PRESERVAÇÃO CULTURA MATERIAL ESCOLAR:
UM DIREITO À MEMÓRIA HISTÓRICA

 1 Sensibilização
 2 Levantamento, identificação e seleção
dos documentos
 3 Higienização dos documentos
 4 Guarda apropriada dos documentos
 5 Digitalização do acervo documental existente
 6 Criação de lugares de memória