Você está na página 1de 6

1.

TÉCNICAS DE CONTROLE QUÍMICO DE BARRAGENS


DE MINERAÇÃO
Figura: Barragem de rejeito

FONTE: http://2engenheiros.com
1.1 Métodos de controle Ativo
• Bombeamento e Tratamento
Segundo Morais (2010) alternativa comum usado
para o controle e tratamento da drenagem acida
Figura: Sistema de tratamento de barragem com drenagem acida
utilizada pelas mineradoras em barragens.

Chamado de bombeamento de contenção ativa

Possui custo elevado de instalação


FONTE: Morais (2010).

Grande consumo de energia


1.1 Métodos de controle Ativo
• Sistemas de Alagados Convencionais

Figura 3: Representação de um sistema alagado convencional

Formado por organismos aeróbicos e anaeróbicos

Prevalece condições oxidantes na superfície que se


tornam gradualmente anaeróbicas.

oxidação e hidrolise, redução bacteriana de


sulfetos, adição de alcalinidade, adsorção, troca
iônica, biorremediação e complexação com FONTE: Morais (2010)
material orgânico.
1.1 Métodos de controle Ativo
• Reator de Fluxo Vertical (RFV)

Grande poder de alcalinidade Figura 4: Reator de fluxo vertical

A ação desse sistema se dar através da dissolução do


calcário e redução bacteriana de sulfato.

É dito como um conjunto de células onde o fundo é


dotado por uma camada altamente impermeável.

E acima dessa camada de calcário e colocado dejetos


FONTE: Morais (2010)
orgânicos de animais, serragem, folhas, madeira podre,
palha e etc.
1.1 Métodos de controle Ativo
• Pasta mineral: Controle de risco de ruptura Figura 5: Sistema de pasta mineral

O empilhamento superficial de pastas é conhecido


como “stacking” é a disposição de rejeitos como
uma pasta mineral na superfície do terreno.

Método considerado caro atualmente.


FONTE: Barreda (2012)
Figura: Pasta Mineral
ocorre sedimentação e segregação do mineral com
um mínimo de liberação de água

Sistema que garante maior estabilidade a barragem

FONTE: Barreda (2012)


1.1 Métodos de controle Ativo
• Bactericidas
Segundo Morais (2016) a prevenção biológica se dar por meio da
inibição bacteriológica, com uso de soluções bactericidas.

O procedimento ocorre quando é eliminado as bactérias,


minimizando então a catalisação da reação.

Os bactericidas em sua maioria são aplicados diretamente sobre a


superfície do resíduo ou misturado a ele. Surfactantes aniônicos,
ácidos orgânicos e conservantes de alimentos podem ser usados para
controlar o crescimento das populações bacterianas.

O seu uso é limitado por várias situações tais como: são muito
solúveis e se movimentam com agua, é necessário um controle que
evite o controle das bactérias.