Você está na página 1de 13

ENSINAR a APRENDER a LER,

UMA BREVE DISCUSSÃO SOBRE O ASSUNTO


O
QUE É
LER?
COMO SE
APRENDE
A LER?
COMO
SE ENSINA
A
LER?
COMPETÊNCIA
LEITORA:
O QUE É
E COMO SE
CONSTITUI?
A COMPETÊNCIA LEITORA SE
CONSTITUI PELA APROPRIAÇÃO DE
DIFERENTES CAPACIDADES DE
LEITURA. ELAS PODEM SER
DIVIDIDAS EM TRÊS CONJUNTOS:
A – CAPACIDADES DE DECODIFICAÇÃO
(LÍNGUA EM SUA DIMENSÃO DE
CÓDIGO);
B – CAPACIDADES DE COMPREENSÃO
(LÍNGUA EM SUA DIMENSÃO DE
DISCURSO:
C – CAPACIDADE DE RESPONSIVIDADE,
ISTO É, A DE DIALOGAR COM O TEXTO
LIDO E RESPONDER AO QUE O TEXTO DIZ.
DECODIFICAR E
COMPREENDER SÃO
CAPACIDADES ADQUIRIDAS
SIMULTANEAMENTE.

A INTEGRAÇÃO DOS DOIS


CONJUNTOS DE
CAPACIDADES É QUE
PERMITE QUE A LEITURA
SEJA UM ATO DE
CONSTITUIÇÃO DE SENTIDOS.
LEITURA, UM
PROCESSO DE
CONSTITUIÇÃ
O DE
SENTIDOS.
A CONSTITUIÇÃO DE SENTIDOS
SE DÁ NO DIÁLOGO ENTRE
LEITOR E TEXTO, DIÁLOGO
SUSTENTADO PELA VIVÊNCIA
CULTURAL DO LEITOR. SE VIVE
NUMA SOCIEDADE LETRADA,
SUA CULTURA SERÁ
IMPREGNADA PELA ESCRITA.
QUANTO MAIS VIVÊNCIAS DE
LETRAMENTO O LEITOR TIVER,
MAIS LETRADO SERÁ E PODERÁ
ESTABELECER RELAÇÕES
SIGNIFICATIVAS ENTRE
DIFERENTES MUNDOS
DISCURSIVOS.
TUDO QUE SE DIZ É
DISCURSO, ISTO É, UM
“QUERER DIZER PARA O
MUNDO”.
OS GÊNEROS DO
DISCURSO SÃO A
REALIZAÇÃO DA LÍNGUA,
A LÍNGUA SÓ EXISTE NOS
GÊNEROS, SÓ NOS
COMUNICAMOS POR
MEIO DELES.
HÁ GÊNEROS
FAMILIARES (OU DO
COTIDIANO),
JURÍDICOS, POLÍTICOS,
JORNALÍSTICOS,
MÉDICOS, DA
ECONOMIA, DAS
DIFERENTES ESFERAS
CIENTÍFICAS ETC.
OS MUNDOS DISCURSIVOS OU
ESFERAS DE PRODUÇÃO DE
CONHECIMENTO E LINGUAGEM
SE RELACIONAM POR MEIO DA
DINÂMICA SOCIAL E HISTÓRICA
DA HUMANIDADE.

QUANTO MAIS AMPLOS SE


TORNAM OS CONTATOS
SOCIAIS, MAIS MUNDOS
DISCURSIVOS SÃO
INTEGRADOS.
CAPACIDADES GERAIS DE LEITURA, SEGUNDO ROXANE ROJO
GRUPO A – NA PERSPECTIVA DA DECODIFICAÇÃO (LÍNGUA EM SUA DIMENSÃO DE CÓDIGO):
1. CAPACIDADE DE DECODIFICAR
2. CAPACIDADE DE LER COM FLUÊNCIA (LEITURA GLOBAL DE SEGMENTOS DO TEXTO, RITMO DE LEITURA ETC.)
3. CAPACIDADE DE LOCALIZAR E REPRODUZIR INFORMAÇÕES.

GRUPO B – NA PERSPECTIVA DA COMPREENSÃO (LÍNGUA EM SUA DIMENSÃO DE DISCURSO) B – I – ANTES DE


LER:
1. ATIVAÇÃO DE CONHECIMENTOS DE MUNDO: ABRIR ESPAÇO PARA DISCUSSÕES SOBRE O TEMA DA DISCIPLINA
ABORDADO NO TEXTO QUE SERÁ LIDO.
2. ANTECIPAÇÃO OU PREDIÇÃO DE CONTEÚDOS OU PROPRIEDADES DOS TEXTOS.
3. LEVANTAMENTO DE HIPÓTESES.

B – II –AO LONGO DA LEITURA:


1. E CHECAGEM DE HIPÓTESES
2. COMPARAÇÃO DE INFORMAÇÕES.
3. COMPREENSÃO GLOBAL DO TEXTO.
4. EXPLORAÇÃO CONTEXTUALIZADA DO VOCABULÁRIO (COMPREENSÃO LOCAL).
5. EXPLORAÇÃO DE IMPLÍCITOS.

B – III–APÓS A LEITURA:
1. EXPLORAÇÃO DE INTERTEXTUALIDADE TEMÁTICA.
2. IDENTIFICAÇÃO DE TIPOS DE DISCURSOS USADOS: ARGUMENTAÇÃO, NARRAÇÃO, EXPOSIÇÃO, INSTRUÇÃO,
RELATOS.
3. GENERALIZAÇÃO: TIRAR CONCLUSÕES SOBRE FATOS, FENÔMENOS, SITUAÇÕES, PROBLEMAS ETC
4. APRECIAÇÃO E RÉPLICA
•LEIA MAIS EM : Letramento e capacidades de leitura para a cidadania, de Roxane Rojo,, Data de publicação : 2004, Publicações
São Paulo: SEE: CENP