Você está na página 1de 28

Sistema Digestório

Constituído por:

Trato Digestivo:
* BOCA
* FARINGE
* ESÔFAGO
* ESTÔMAGO
* INTESTINO DELGADO
* INTESTINO GROSSO
* ÂNUS

Órgãos Anexos:
* GLÂNDULAS PARÓTIDAS
* GLÂNDULAS SUBMANDIBULARES
* GLÂNDULAS SUBLINGUAIS
* FÍGADO
* PÂNCREAS

Possui cerca de 10 a 12 metros:


- extremidade cefálica (cavidade oral) até a caudal (ânus).
FUNÇÕES:

1- aproveitamento pelo organismo, de substâncias estranhas ditas


alimentares, que asseguram a manutenção de seus processos vitais.

2- Transformação mecânica e química das macromóléculas alimentares


ingeridas (proteínas, carboidratos, etc.) em moléculas de tamanhos e
formas adequadas para serem absorvidas pelo intestino.

3- Transporte de alimentos digeridos, água e sais minerais da luz


intestinal para os capilares sangüíneos da mucosa do intestino.

4- Eliminação de resíduos alimentares não digeridos e não absorvidos


juntamente com restos de células descamadas da parte do trato gastro
intestinal e substâncias secretadas na luz do intestino.
Eventos do digestório:

Mastigação: Desintegração parcial dos alimentos,


processo mecânico e químico.

Deglutição: Condução dos alimentos através da faringe para o esôfago.

Ingestão: Introdução do alimento no estômago.

Digestão: Desdobramento do alimento em moléculas mais simples.

Absorção: Processo realizado pelos intestinos.

Defecação: Eliminação de substâncias não digeridas do trato gastro intestinal.


BOCA:

-Cavidade oral ou bucal


- FUNÇÃO: mastigação
-Formada por:
bochechas (constituídas externamente por pele e internamente por
mucosa)
palato duro (parede superior)
palato mole (parede posterior)
língua (transporte de alimentos, sentido do gosto e fala).

- Dentes - pequenos cones de base ampliada, constituído por tecido muito


resistente.
- função: desintegração mecânica dos alimentos, dicção das palavras e
estética da face.
- 2 conjuntos de dentes:
- Dentes Decíduos ou Dentes de Leite:
- Dentes Permanentes: 6 aos 18 anos - 32 dentes
FARINGE
- tubo que se estende da boca até o esôfago.
-características:
- paredes muito espessas (grande volume de músculos que a revestem
externamente)
- mucosa faríngea (epitélio liso - facilita a rápida passagem do alimento)

Divisão:
-três partes:
Parte Nasal
Parte Oral
Parte Laríngea
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
ESÔFAGO
- tubo fibro-músculo-mucoso
- estende-se entre a faringe e o estômago
- localizado posteriormente à traquéia (7ª vértebra cervical)
- mede cerca de 25 centímetros.

Função:
- transporta o alimento ao estômago e secreta muco, que auxilia no transporte.

Divisão:
- três porções:
* Porção Cervical: contato íntimo com a traquéia.

* Porção Torácica: é a porção mais importante, passa por trás do brônquio


esquerdo (mediastino superior, entre a traquéia e a coluna vertebral).

* Porção Abdominal: repousa sobre o diafragma e pressiona o fígado,


formando nele a impressão esofágica.
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
PERITÔNIO Lobo esquerdo
Ligamento falciforme
do fígado
-extensa membrana serosa que Lobo direito Estômago
envolve os órgãos abdominais Do fígado
- Possui duas lâminas:
- peritônio parietal
reveste a parede abdominal
- peritônio visceral Vesícula biliar
Omento maior
face interna sobre as vísceras

Divisão:
- três partes :

* MESENTÉRIO - responsável pela fixação do intestino delgado na parede posterior do


abdômen.
* OMENTO MAIOR - fixa-se no cólon transverso do intestino grosso e projeta-se para
baixo formando uma proteção e fixando órgãos abdominais. Contém grande quantidade de tecido
adiposo.
* OMENTO MENOR - apresenta-se como projeções do peritônio e estende-se entre os
órgãos abdominais.
ESTÔMAGO
- situado no abdome, logo abaixo do diafragma, anteriormente ao pâncreas,
superiormente ao duodeno e a esquerda do fígado

- parcialmente coberto pelas costelas.

- segmento mais dilatado do tubo digestório (os alimentos permanecem nele por
algum tempo)

- reservatório entre o esôfago e o intestino delgado.

-sua forma e posição são muito variadas de pessoa para pessoa e por isso não
pode ser descrita como típica.

Divisão:
-4 áreas (regiões) principais:
Cárdia (impede o refluxo do alimento para o esôfago)
Fundo (situa-se no alto, acima do ponto onde se faz a junção do esôfago com o estômago)
Corpo (cerca de 2/3 do volume total)
Piloro (impede que o bolo alimentar passe ao intestino delgado prematuramente)
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
INTESTINO DELGADO
- órgão mais importante da digestão – ABSORÇÃO DOS NUTRIENTES
- tubo de 7 metros que dobra-se muitas vezes – alças intestinais
- alça duodenal é a única fixa – as outras alteram-se de acordo com o processo
digestivo
- dividido em 3 partes:
Duodeno:
- primeira porção do intestino delgado
- possui cerca de 25 cm
- única porção fixa – não possui mesentério
- local de inserção de:
* Ducto colédoco - provêm do fígado (traz a bile)
* Ducto pancreático - provêm do pâncreas (traz o suco ou secreção pancreática)
Jejuno:
- continuação do duodeno
- mais largo, sua parede é mais espessa, mais vascular e de cor mais forte que o íleo.
Íleo:
- último segmento do intestino delgado
- continuação do jejuno (próx. osso ilíaco)
- mais estreito e suas túnicas são mais finas e menos vascularizadas que o jejuno.
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
INTESTINO GROSSO
-ferradura, aberta para baixo
- mede cerca de 6,5 centímetros de diâmetro e 1,5 metros de comprimento
- estende-se do íleo até o ânus e está fixo à parede posterior do abdômen pelo
mesocolo.
- absorve a água com tanta rapidez que, em cerca de 14 horas, o material
alimentar toma a consistência típica do bolo fecal.
-Diferenças do intestino delgado:
- mais calibroso (vai afinando com a aproximação do canal anal)
- tênias do cólon (fitas longitudinais) – (três faixas de aproximadamente 1 centímetro de
largura e que percorrem o intestino grosso em toda sua extensão)
- haustros do cólon (são abaulamentos ampulares separados por sulcos transversais)
- apêndices epiplóicos (são pequenos pingentes amarelados constituídos por tecido
conjuntivo rico em gordura)

Divisão:
- 4 partes principais:
- ceco (segm. de maior calibre – comunica com o íleo –válvula íleo cecal)
- cólon (cólon ascendente, transverso, descendente, sigmóide)
- reto (quase retilíneo - músculos levantadores do ânus)
- ânus (curto - 3 cm - esfíncteres anais interno (m. liso) e externo (m. esquelético))
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
ÓRGÃOS ANEXOS
- glândulas que secretam ”líquidos” na cavidade de alguns órgãos

- FUNÇÃO:
- auxiliar no “processamento” dos alimentos

- LOCALIZAÇÃO:
- nas proximidades do aparelho digestório

-Quais são elas?


- glândulas salivares menores
maiores
- fígado
- pâncreas
Glândulas Salivares

- Glândulas salivares menores:


-pequenos corpúsculos ou nódulos disseminados nas paredes da boca,
como as glândulas labiais, palatinas linguais e molares.

- Glândulas salivares maiores:


- 3 pares:
*Glândula Parótida
- a maior das três
- situa-se na parte lateral da face, abaixo e adiante do pavilhão da
orelha.

*Glândula Submandibular
- situa-se no triângulo submandibular.

*Glândula Sublingual
- é a menor das três
- localiza-se abaixo da mucosa do assoalho da boca.

O líquido secretado pelas glândulas salivares recebe a denominação


genérica de SALIVA
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
FÍGADO

-maior glândula do organismo, e a mais volumosa víscera abdominal

-localiza-se na região superior do abdômen,


logo abaixo do diafragma

-apresenta duas faces:


- diafragmática - é convexa e lisa relacionando-se ao diafragma.

- visceral - é irregularmente côncava contato com as vísceras

- Divisão:
- lobos:
- face diafragmática (onde passa o ligamento falciforme/ ligamento redondo do
fígado)
- direito (2x maior que o esquerdo)
- esquerdo

- face visceral (de acordo com as depressões existentes nessa face)


- direito (2x maior que o esquerdo)
- esquerdo
- quadrado
- caudado
FÍGADO (continuação)

- Vesícula Biliar
- músculo membranoso
cônico em formato de pêra
- se aloja na fossa da vesícula
biliar
- dividida em três partes:
fundo, corpo e colo.

FUNÇÃO:
- órgão vital
- pelo menos 1/3 dele deve estar funcionante
- armazenador de glicose (gde qtidades), ferro, cobre e vitaminas
- bile - indispensável na digestão das gorduras
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
PÂNCREAS

-glândula de secreção mista


- suco pancreático
- insulina (hormônio).

- é achatado no sentido ântero-posterior


- localizado posteriormente ao estômago.
-20 cm de comprimento e 5 cm de altura.

- Divisão:
- cabeça (aloja-se na curva do duodeno)
- corpo (dividido em três partes: anterior, posterior e inferior)
- colo
- cauda

- Ducto Pancreático - estende-se transversalmente da esquerda para a


direita através do pâncreas
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
esôfago
Importância da Digestão
- garantir a transformação do
alimento ingerido em moléculas
que servem para nutrição das células duodeno estômago
vesícula

Como ocorre?
pâncreas
-Mistura dos alimentos
- movimento através do tubo digestivo
- decomposição de grandes
moléculas em pequenas moléculas
- ocorre de modo diferente para Intestino
delgado
cada tipo de alimento
Intestino
grosso

amido proteínas gordura glicerol


sacarose aminoácidos Ác. graxos água
ESTÔMAGO
FARINGE e (reservatório)
BOCA
(trituração) ESOFAGO - Mistura com o suco
(passagem) digestivo
- Liberação do alimento

INTESTINO DELGADO INTESTINO DELGADO


(absorção) (absorção)
-Alimento impulsionado para dar -Ação do suco digestivo produzido
espaço ao alimento vindo do pâncreas, fígado e intestino
estômago

INTESTINO GROSSO ANUS


(absorção de água) (eliminação)
-Material não digerido permanece -Eliminação dos resíduos
por até 3 dias não digeridos
Glândulas do Sistema Digestivo
- essenciais no processo digestivo
- produzem os sucos digestivos
- produzem os hormônios que controlam o processo digestivo

Sucos Digestivos
- Saliva: produzida pelas glândulas salivares
inicia o processo digestivo
age sobre o amido

- Suco gástrico: produzido no estômago


digere proteínas e outros alimentos

- Suco Pancreático: produzido no pâncreas


secretado no intestino delgado
contém enzimas que auxiliam na digestão de carboidratos,
gorduras e proteínas

- Suco intestinal: produzido pelas glândulas do intestino


auxilia na digestão de proteínas, carboidratos e gorduras

-Bile: produzida pelo fígado e armazenada na vesícula biliar


liberada no intestino para “desmanchar” gorduras
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

AMABIS, G.R; MARTHO, José M. Conceitos de Biologia. v. 2. São Paulo:


Moderna, 2001.

LOPES, Sonia. Bio 2. São Paulo: Saraiva, 2002.

MORA, Ticiana C. Anatomia e Fisiologia Humanas. Indaial: Ed. Asselvi,


2007.

NETTER, Frank H. Atlas de Anatomia Humana. 2.ed. Porto Alegre: Artmed,


2000.

TORTORA, G.J; GRABOWSKI, S. R. Corpo Humano, Fundamentos de


Anatomia e Fisiologia. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.