Você está na página 1de 28

DESENVOLVIMENTO DE UM

REGULADOR DE TENSÃO COM


COMUTADOR ELETRÔNICO DE TAP’s
Lucas Frizera Encarnação
João Amim Moor Neto
Mauro do Sandro Reis
Maurício Aredes
Marcio Gavazzi
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO
Qualidade do Fornecimento de Energia
Reguladores de Tensão Convencionais

OBJETIVOS
DESCRIÇÃO DO RECET
Circuito de Potência
Lógica de Controle

RESULTADOS DE SIMULAÇÃO
Rede Simplificada
Rede Completa – Caso Base

CONCLUSÕES
INTRODUÇÃO
O fornecimento de uma energia elétrica satisfatória
pode ser garantida por um sistema de distribuição
eficiente
Crescimento dos Sistemas de Distribuição
Dispositivos para regulação de distúrbios de tensão
Reguladores de Tensão – ANEEL 505/2001

Operação próxima dos limites máximos de carga


Aumento do consumo/cargas (motores, cargas não lineares)
Restrições econômica/ambientais
Afetam a qualidade da tensão fornecida pelas concessionárias
INTRODUÇÃO
Variações de tensão de Curta Duração (VTCD)
Irritação aos consumidores residenciais

Danos financeiros de largas proporções as industrias

Processos industriais complexos/cargas críticas

Reguladores de Tensão Convencionais


Comutadores eletromecânicos

Tempo de resposta elevado (5 a 8 segundos)

Boa dinâmica em regime permanente

Não conseguem regular VTCD


OBJETIVO

Regulador de Tensão com Comutador Eletrônico


Sistema de Comutação em Carga (On-Load Tap Changer)

Comutação direta entre quaisquer níveis de TAPs

Tempo de resposta mais rápida (milisegundos - VTCD’s)

Otimização em relação aos reguladores convencionais

Aumento da qualidade da energia nos sistemas de distribuição


DESCRIÇÃO DO RECET
Circuito de Potência
Eletromecânico - Eletrônico

Auto-trafo Comutação Chave Auto-trafo


de potência Mecânica semicondutora de potência
Alimentador

Alimentador
Carga

Convencional RECET
DESCRIÇÃO DO RECET

Adaptação do RECET
Níveis de Potência Similar (13.8 kV / 200 A)

Steps de 0.625%

41 Níveis de Compensação {+20, 0, -20}

Regulação Bidirecional em relação a corrente de carga

UFRJ
RECET com Chaves de Média Tensão

1s
2s

Chave Estática
5s

Vi 12s

iS Vo
vS
RECET com Chaves de Média Tensão

1
2
1s
iS 3

4
2s vS

5
6

7
Vi Vo
8

5s
9

10
12s
11
12
Tiristores
Princípio de 1
Funcionamento 1s Gk
2
2s 12
3

4
Lógica
5s
de
5 Controle
vs is
6
12s
Vi = (Vo+1s) 7

10
Vo
11

12
Tiristores
Princípio de 1
Funcionamento 1s Gk
2
2s 12
3

4
Lógica
5s
de
5 Controle
vs is
6
12s
Vi = (Vo+10s) 7

10
Vo
11

12
Tiristores
Princípio de 1
Funcionamento 1s Gk
2
2s 12
3

4
Lógica
5s
de
5 Controle
vs is
6
12s
Vi = (Vo–17s) 7

10
Vo
11

12
RECET com Chaves de Baixa Tensão
VC
40s

20s

1s

Chave Estática
2s

Vi 5s Vo

12s

40s = 20 x 0,625% x VNOMINAL Saturação do trafo auxiliar:


1s = 43,13 V 40 s > vC = 2 1725sin(2π 60t )
RECET com Chaves de Baixa Tensão
40s

1
2
1s
20s
iS 3

4
2s vS
Vi

5
6
7
8 Vo
5s
9

10
12s
11
12
40s

20s

1
1s 2
2s
3

4
5s

5
6
12s
Vo
7

8
9
10

11
iS
Vi vS

12
DESCRIÇÃO DO RECET
Lógica de Controle
PLL

Vs Detector A1
de LUT
Amplitude

12
IK

Detector ω1t Circuito Gk


Is
de de Tiristores
Disparo 12
Fase
PLL Chave
Seletora
vs Detector A
1 A
de
Amplitude LUT
M
12
IK
Manual

Detector Circuito Gk
is ω1t
de de Tiristores
Disparo 12
Fase
DESCRIÇÃO DO RECET
Conexão do Banco Trifásico

13.8 kV

A C
B C
B

A
SIMULAÇÃO
Simulação do Caso Base
Sistema Simplificado
• Fluxo Bidirecional de Energia
Sistema Completo
• Modelo da Rede de Distribuição
– Comprimento dos Alimentadores
– Geometria da Torre
– Impedâncias de Curto-Circuito da SE
– Cargas
SIMULAÇÃO
a b
SE-1 RECET SE-2
VSE1 Vk Vj VSE2
D1 D2

Ls Ls
b a
VC2 VC1

D4 D3

Carga Linear Carga


Desequilibrada Não-Linear
Carga Linear
Equilibrada
SIMULAÇÃO
Fluxo a Fluxo b
Amplitude Fase A (pu) 1.2
S10% S8%
1.1
1.0
0.9
A5%
0.8
A10% Vak
0.7
Vaj
0.6
20

10
TAP Fase A

TAPA(Vak )
0
TAPA(Vaj )
-10
TAP A
-20
0 0.5 1 1.5 2
SIMULAÇÃO
Caso Base
• Sistema Físico

• Potência de Curto SE

• Potência das Cargas


SIMULAÇÃO
Caso Base
• Geometria da Torre
• Altura dos Cabos
• Distância dos Cabos
• Modelo Acoplado Magneticamente
SIMULAÇÃO
k4B
336,4 mcm 0.14 MVA
1/0 Alumínio Nú k3B LT34B 1.5 MVA

LT35B RECET
LT23B
k5 k6 k8 RV k9
k1 k2
Ls k3A LT68
LT12 LT35A

LT23A 1.2 MVA


SE LT67
LT34A
k4A k7
0.6 MVA
A-Terra C-Terra

0.14 MVA 0.24 MVA 1.2 MVA


SIMULAÇÃO
1.1
Amplitude da Tensões Fase A B C (pu)
1.0
0.9
0.8 Vak5
0.7 Falta (A-Terra) Vak6

1.1
1.0
0.9
0.8 Vbk5
0.7 Vbk6

1.1
1.0
0.9
0.8 Vck5
0.7 Falta (C-Terra) Vck6
0 0.5 1 1.5 2
Tempo(s)
SIMULAÇÃO
1.0 VTCD
0.5
Tensões Vk5 Vk6 (pu)

0
-0.5 Vak5
Vbk5
-1.0 Vck5
3 Ciclos
1.0
0.5
0
-0.5
Vak6
Vbk6
-1.0 Vck6
Correntes (pu)

1.0
0.5
0
-0.5
Ia
Ib
-1.0 Ic
0.45 0.5 0.55 0.6 0.65
CONCLUSÕES
Regulador de Tensão baseado em eletrônica de potência
Aspectos gerais da topologia
Lógica de controle
Resultados computacionais satisfatórios
Redução no tempo de resposta
Melhoria na qualidade de energia
Capacidade de compensação de VTDC
Obrigado!!!