Você está na página 1de 10

TÍTULOS DE CRÉDITO EXTRAJUDICIAL

Kathia Cristina Doschetschkin da Silva


Marlane
Paula

Gestão Empresarial – Direito Empresarial


Profª Me.: Luciana Nogueirol Lobo
INTRODUÇÃO

 O título de crédito foi criado com o objetivo de


facilitar as operações comerciais necessárias
para um mundo mais globalizado.

 A certeza do pagamento do crédito, traz a


facilidade de diversas negociações, além da
possibilidade de alavancar resultados de
investimentos e novos empreendimentos pelo
empréstimo de recursos para posterior
pagamento do devedor ao credor.
HISTÓRIA

 Antes de 429 – Patrimônio e pessoa são


inseparáveis

 Ano de 429 - Lei Paetelia Papira – distinção de


patrimônio e pessoa

 Idade Média (século V a XV)– Surgimento dos


títulos de crédito
TÍTULO DE CRÉDITO EXTRAJUDICIAL

É um documento com finalidade de


pagamento posterior para o credor
São eles:
 Letra de Câmbio

 Cheque, Debênture

 Duplicata

 Nota Promissória.
CONCEITO DE TÍTULO DE CRÉDITO EXTRAJUDICIAL

 CRÉDITO é a confiança que uma pessoa inspira a outra de cumprir, no


futuro, obrigação atualmente assumida. (Fran Martins)

 TÍTULO é o documento que o credor deve apresentar para obter o


cumprimento da obrigação.

 De acordo com o art. 583 do CPC: “Toda execução tem por base título
executivo judicial ou extrajudicial”.

 Por ser extrajudicial, no caso do não cumprimento da obrigação, é


possível, com esse documento em mãos, embasar uma execução e
acionar o devedor através de uma execução forçada para o
recebimento do representado no título.
CARACTERÍSTICAS DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

 Negociabilidade

 Executividade

 Cartularidade (cártula)

 Literalidade

 Autonomia

 Abstração
INOPONIBILIDADE DAS EXCEÇÕES (ART. 17 LEI UNIFORME)

O obrigado em uma letra não pode recusar o pagamento ao


portador alegando suas relações pessoais com o sacador ou
outros obrigados anteriores do título. Tais exceções ou defesas
são inoponíveis ao portador, que fica, sempre, assegurado
quanto ao cumprimento da obrigação pelo obrigado. Se houver
relações pessoais entre o portador e o devedor, este poderá
opor-se ao pagamento.

Exceção: quando há má-fé por parte do portador ao adquirir o


título, com a finalidade de prejudicar o devedor.
PRESCRIÇÃO DO TÍTULO DE CRÉDITO E A
RESPONSABILIDADE DO AVALISTA
 Todos os títulos de crédito tem prazo fixado em lei,
após isso ocorre a prescrição.

 Após esse prazo deve-se entrar com Ação de


Cobrança ou Monitória, pois o título perde sua
autonomia e o avalista e o endossante não são mais
atingidos.
CLASSIFICAÇÃO DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

Quanto à forma
 Livres: Ex.: Notas Promissórias.

 Vinculados: Ex.: Cheque e Duplicata Mercantil

Quanto ao prazo
 À vista: Ex.: Cheque

 À prazo: Ex.: Nota Promissória


REFERÊNCIA

 ABREU, Fátima Pereira Moreira de. Títulos de Crédito. WebArtigos, Disponível em:
<http://www.webartigos.com/artigos/titulos-de-credito/54088/>. Acesso em 25 out. 2015
 ANJOS, Saulo Nobrega dos. Os títulos executivos extrajudiciais são somente aqueles previstos no artigo 585
do código de processo civil. Revista Jus Navegandi, Disponível em:
<http://lfg.jusbrasil.com.br/noticias/2662996/os-titulos-executivos-extrajudiciais-sao-somente-aqueles-
previstos-no-artigo-585-do-codigo-de-processo-civil-saulo-nobrega-dos-anjos>. Acesso em 25 out. 2015
 MARTINS, Fran. Título de Crédito. Rio de Janeiro, Editora Forense, 11′ edição, 1995
 MOURA, Sérgio Amado. Títulos de Crédito – Parte Geral. Blog Professora Priscila. Disponível em:
<https://blogprofessorapriscila.wordpress.com/author/sergioamadomoura/>. Acesso em 25 out. 2015
 ROESLER, Átila Da Rold. Considerações sobre os títulos executivos. Revista Jus Navigandi, Teresina, ano
10, n. 692, 28 maio 2005. Disponível em: <http://jus.com.br/artigos/6788>. Acesso em: 24 out. 2015.