Você está na página 1de 8

PSICOLOGIA SOCIAL: OS

OUTROS, IDENTIDADE
SOCIAL E CONSCIÊNCIA DE
SI

O que é Psicologia Social –


Silvia Lane
O QUE A PSICOLOGIA SOCIAL
ESTUDA?
- Quando o comportamento se torna social?

- São possíveis comportamentos não sociais nos


seres humanos?
A PSICOLOGIA SOCIAL ESTUDA A INFLUÊNCIA
SOCIAL NO COMPORTAMENTO DO INDIVÍDUO

Qual aquisição permitirá o


humano se apropriar de
determinada visão de mundo
(conceitos, valores, crenças
etc.)?
Nossa emoções decorrem da visão de mundo que adquirimos
através do significado das palavras

Não somente eu estava enternecido por esta família de olhos,


como me sentia envergonhado por nossos copos e nossas
garrafas, maiores que nossa sede. Virei meus olhos para os
seus, querido amor, para ler neles o “meu pensamento”;
mergulhei em seus olhos tão belos e tão bizarramente doces,
nos seus olhos verdes, habitados pelo Capricho e inspirados
pela Lua, quando você me disse:
“Não suporto essa gente com seus olhos arregalados como as
portas das cocheiras! Será que você poderia pedir ao maîttre
do café para afastá-los daqui?”
O QUE NOS DIRÁ O QUE DETERMINADO
FENÔMENO SIGNIFICA?
Os olhos do pai diziam: “Que beleza! Que beleza! Dir-
se-ia que todo o ouro do pobre mundo fora posto nessas
paredes.”
Os olhos do menino: “Que beleza! Que beleza! Mas é
uma casa onde só podem entrar pessoas que não são como
nós!”
Quanto aos olhos do menor, eles estavam fascinados
demais para exprimirem outra coisa senão uma alegria
estúpida e profunda.
quanto mais uma relação/papel social for fundamental para
a manutenção do grupo e da sociedade, mais precisas e
rígidas são as normas que a definem.
A Identidade social
- O que nos caracteriza enquanto pessoa é o que
respondemos quando alguém pergunta ‘quem
você é?’
A CONSCIÊNCIA DE SI
Se assumirmos que somos essencialmente a nossa identidade social, que
ela é consequência de opções que fazemos devido a nossa constituição
biogenética, ou temperamento, ou mesmo atrações de personalidade,
como aspectos herdados geneticamente, sem examinarmos as condições
sociais que, através da nossa história pessoal, foram determinando a
aquisição dessas características que nos definem, só poderemos estar
reproduzindo o esperado pelos grupos que nos cercam e julgados 'bem
ajustados'.

Questionar o que parece


natural e social

Tornar-se agente
histórico!