Você está na página 1de 12

Conformismo

Vs.
Inconformismo
Conformismo
O Conformismo é um processo de influência social que ocorre em contextos
em que existe uma norma claramente definida. Acontece quando um indivíduo
modifica as suas crenças ou comportamentos na sequência da procura de
maior ajustamento às normas do grupo.
Crença na impossibilidade de Crença de que a posição
mudança de uma posição para que ocupa na sociedade é
a outra justa

Conformismo

Comportamento Passivo
Conformismo:
Solomon Asch
Conformismo é uma mudança de comportamentos que visa torná – lo
consistentes com as normas de um grupo ou as expectativas dos outros atores
sociais.

• Podemos caracterizá – la como “seguir a opinião dos outros” (crenças,


convicções) em virtude da pressão por estes exercida (real ou imaginada).

• Frequentemente, o conformismo traduz – se em aceitação pública do ponto


de vista dos outros.
Fatores que influenciam o Conformismo:

1. Baixa auto – estima ou falta de autoconfiança: pessoas com baixa auto –


estima tendem a atribuir demasiada importância ao que os outros pensam
delas.

2. Sensação de isolamento (só contra


todos): quanto maior a coesão do grupo,
maior será tenndência para a unamidade
e difícil será fugir à influência.

3. O impacto da presença dos outros (contacto visual): o conformismo é


significamente menor se não tivermos de enfrentar o olhar dos outros.
Estudo de Asch
Como resultados, Asch obteve que apenas 30% dos sujeitos experimentais não
se conformaram à pressão implícita pelo grupo, ou seja, um terço dos sujeitos
mantiverem – se independentes o que leva a colocar a questão de quais são os
fatores que explicam o conformismo.
Conformismo do sujeito será aumentado se reforçarmos a
dependência do indíviduo em relação ao grupo: por exemplo, se o
grupo é apresentado como particularmente atraente, o indivíduo
deseja integrar – se nele. No entanto, é preciso notar que, quando o
sujeito está de novo sozinho, ele volta às estimativas corretas.

Impacto da presença dos outros


(contacto visual)
Por outro lado, se as respostas do sujeito forem confirmadas pelo
experimentador, a sua confiança será reforçada, e numa nova situação
experimental ele vai questionar as aptidões do grupo.

Baixa auto – estima ou falta de


autoconfiança