Você está na página 1de 1

SIMULAÇÃO DE CHUVA ÁCIDA – DETERMINAÇÃO DE pH

Prof. Hamilton Gomes Furtado – E.E. Cleóbulo de Amazonas Duarte


Prof. Edemilson Prado Dimas – E.E. Bráz Cubas
Prof. Edison Borowski – E.E. Roberto Amaury Galliera
1) Introdução: Ácidos e bases possuem propriedades diferentes. Ácido tem sabor azedo e 4) Atividade 1 : Identificação de pH em diversas soluções.
base sabor adstringente. Logicamente não podemos experimentar. Para isso, utilizamos Preparar a solução do extrato de repolho roxo, o qual será o indicador de
então indicadores que podem determinar quem é quem. pH. O líquido que dá cor ao repolho roxo pode ser extraído mantendo
algumas folhas (cortadas em pedaços) em água fervente por cerca de 10
2) Objetivos: Extrair o princípio colorido do repollho roxo e testar a sua minutos.Reservar em um recipiente. Colocar em cada tubo de ensaio
capacidade como indicador. Você vai poder fazer essa experiência no laboratório. previamente identificado, 3 gotas da solução de repolho roxo.

3) Experimentos Tubo no 1 : Vinagre - incolor


Tubo no 2 : Suco de limão - incolor
3.1) Preparando um indicador e verificando acidez e basicidade. Tubo no 3 : Líquido de bateria - incolor
É possível, como veremos a seguir, obter um indicador bem adequado, utilizando um Tubo no 4 : Ácido muriático - incolor
alimento bem comum, o repolho roxo.O repolho roxo contém pigmentos chamados Tubo no 5 : Limpador com amoníaco - rósea
antocianinas, que Tubo no 6 : Leite de magnésia rósea
lhe fornecem a cor roxa característica e pertencem ao grupo de compostos orgânicos Tubo no 7 : Sabonete - rósea
chamados flavanóides. Além disto produzem substâncias que impedem a fixação de fungos Tubo no 8 : Limpa forno - rósea
parasitas, que freqüentemente atacam o repolho branco.
A antocianina presente no repolho roxo tem cor rósea em solução ácida e cor verde em 3.5) Atividade 2: Chuva ácida
solução básica. Uma das chuvas ácidas mais perigosas é a ocasionada pelo dióxido de
enxofre (SO2), que é produzido na queima de combustíveis fósseis, como
3.2) Material necessário o petróleo. Você poderá obter esse gás queimando enxofre, vendido em
farmácias. Siga os procedimentos.
-Meia cabeça de um repolho roxo Atenção: Oriente-se com seu professor sobre os equipamentos de
· Água destilada segurança necessários à realização dos experimentos.
· Suco de limão Montagem do equipamento:
· Bicarbonato de sódio Pegue uma colher metálica de chá que já não esteja mais sendo usada,
· Picador de legumes dobre o cabo e amarre nele um arame ou um fio metálico longo.
· Bico de Bunsen ou chapa elétrica aquecedora Pegue a tampa metálica de um vidro de maionese e faça um furo que
· 1 béquer permita a passagem do arame. Na extremidade superior do fio metálico,
· Agitador de vidro coloque uma rolha de cortiça, para evitar queimaduras na etapa seguinte.
· Funil No fundo do vidro de maionese, coloque uma solução de repolho roxo.
· Papel de filtro Agora, para obter SO2, coloque um pouco de enxofre em pó na colher e
· Conta-gotas aqueça até que se inicie a combustão, que é visível pelo aparecimento de
· Amostras de substâncias básicas: amoníaco, sabonete, sabão em pedra, detergente uma chama azul. Coloque esse aparato imediatamente no vidro preparado
incolor anteriormente, até que apareça uma névoa densa dentro do frasco.
· Amostras de substâncias ácidas: vinagre incolor, suco de laranja, suco de limão. Agite o frasco até que a névoa desapareça. Observe e explique o que
aconteceu.
3.3) Procedimento Repetindo o experimento e substituindo o suco de repolho por uma flor ou
folhas, você terá uma idéia dos efeitos da chuva ácida sobre a vegetação.
1) Corte 6 folhas de repolho roxo em pedaços pequenos. Escolha folhas frescas e bem
escuras, desprezando os talos.
2) Coloque os pedaços de repolho no béquer.
3) Cubra completamente os pedaços de repolho com água.
4) Aqueça o béquer com o repolho até à fervura agitando esporadicamente durante 20 a 30
minutos ou até o líquido adquirir uma cor roxa escura.
5) Desligue o bico de Bunsen e deixe o béquer e seu conteúdo resfriar por 30 minutos.
6) Retire os pedaços de repolho, usando funil e papel de filtro.
7) Você já tem seu indicador! Recolha o líquido filtrado em um frasco limpo com tampa.
8) Prepare em bequeres ou copinhos pequenos, separadamente (um copinho para cada
amostra), algumas amostras ácidas e outras básicas.
Ácidas: pode usar diretamente ou diluindo 50:50, isto é, metade do material, metade de
água: vinagre incolor, suco de laranja, suco de limão.
Básicas: dissolva separadamente, em um copo com água destilada, um pedacinho de
sabonete, um pedacinho de sabão, algumas gotas de amoníaco, algumas gotas de ajax.
9) Separe também uma solução neutra: água destilada.
10) Adicione algumas gotas do suco de repolho (Indicador) a cada solução. As soluções
ácidas ficam róseas, e as básicas ficam verdes. E a água destilada pura?
11) Se quiser guardar por meses o indicador, concentre por evaporação e dilua em álcool.
Guarde em frascos escuros.
12) Mergulhar papel de filtro na solução do indicador, deixar secar e após cortar em tiras,
permite seu uso como papel-indicador.

4) Discussão e conclusão
4.1) Na atividade 1 tivemos a oportunidade de observar a atuação de um
indicador ácido-base (extrato de repolho roxo). Neste caso dividimos
nossas amostras em dois grandes grupos, ou seja, as ácidas: vinagre,
suco de limão, líquido de bateria, ácido muriático e as básicas: limpador
com amoníaco, leite de magnésia, sabonete e limpa forno.Este indicador é
de fácil obtenção, como vimos no item anterior, e tem atuação semelhante
a fenolftaleina, que é um indicador muito usado nos laboratórios.
4.2) Na atividade 2, através deste interessante experimento, simulamos o
mecanismo de formação e atuação da chuva ácida. Com a queima de
enxofre dentro do recipiente fechado
observamos a formação do dióxido de enxofre (fumaça branca) e posterior
aparecimento do ácido sulfúrico e suas graves conseqüências ( a solução
de extrato de repolho roxo do interior do recipiente fica incolor, pois este
meio torna-se ácido, como também a deterioração das flores colocadas no
recipiente após a drenagem da solução indicadora).

Você também pode gostar