Você está na página 1de 27

A Questão Democrática

e os movimentos sociais

Prof. Marcos Aurélio Pensabem


Email: kitopensabem@gmail.com
Objetivos:

- A Democracia Grega – O Surgimento da Pólis;

- A Democracia Moderna – O surgimento dos


Estados Constitucionais;

- A Importância dos Movimentos Sociais para a


Democracia.
A Democracia Grega:
O Surgimento da Pólis
A formação das colônias Jônicas: uma nova
organização social
A formação das colônias Jônicas: uma nova
organização social (1100-800 a.C)
O surgimento da Pólis decorre da exigência de organizar a sociedade :

Como podemos organizar a cidade de forma que a arché (o


comando) não seja propriedade de alguns “bem nascidos”,
mas de todos os cidadãos?

Como conciliar os diversos interesses e grupos sociais a um


único conjunto de regras, a uma lei que vale para todos?

A resposta dos gregos a essas questões foi:


DEMOCRACIA.
O que é democracia grega?

É um regime político no qual organiza o conflito e o


torna legítimo. É a partir do conflito organizado – na
Ágora – que se pode derivar a unidade da Lei. Tudo
deve ser posto en méson, na Ágora. A Lei
estabelecida na Ágora não privilegia alguns e
negligencia outros, mas vale para todos, uma vez que
foram estabelecida en méson por todos. A Arché está
en méson e, por está en méson, deve ser dividida por
todos e para todos.
A Pólis – Cidade-Estado (Sec. VIII-VII a.C)
A Pólis – Cidade-Estado (Sec. VIII-VII a.C)
A democracia grega

Contudo,
somente aqueles com status de cidadão – os homens
– podiam participar da democracia grega. Mulheres,
jovens, escravos e estrangeiros não podiam participar
da vida política na Pólis.
A Democracia Moderna
Surgimento das Democracias modernas

“A liberdade do homem em sociedade consiste em não estar


submetido a nenhum outro poder legislativo senão àquele
estabelecido no corpo político mediante consentimento, nem sob o
domínio de qualquer vontade ou sob a restrição de qualquer lei
afora as que promulgar o legislativo, segundo o encargo a este
confiado. A liberdade, portanto, não corresponde [...] em fazer o que
lhe aprouver, viver como lhe agradar e não estar submetido a lei
alguma. Mas a liberdade dos homens sob um governo consiste em
viver segundo uma regra permanente, comum a todos nessa
sociedade e elaborada pelo poder legislativo nela erigido: liberdade
de seguir minha própria vontade em tudo quanto escapa à
prescrição da regra e de não estar sujeito à vontade inconstante,
incerta, desconhecida e arbitrária de outro homem.”
Segundo tratado sobre o governo civil – John Locke (1690)
A Democracia Moderna

As revoluções modernas estavam imbuídas


desse mesmo espírito, isto é, o de concretizar a
liberdade dos seres humanos, o de emancipá-
los das amarras que os prendem a leis que não
são estabelecidas por eles próprios. Nem as leis
dos Reis, nem as leis da Igreja devem conduzir
os seres humanos, mas somente as leis que eles
mesmos estabelecerem mediante
representação.
Uma democracia Plena
Representação
Igualdade de
direitos

Grupos
Cidadania
Sociais

Participações Reconhecimento
de todos
A Democracia Moderna

Contudo,
após as revoluções modernas, vários grupos
sociais ainda continuaram sendo excluídos.
Mesmo que na letra da lei os direitos deveriam
ser para todos os humanos, não ficou
discriminado quais exatamente seriam esses
humanos. Camponeses, mulheres, negros, gays,
jovens e índios, por exemplo, não possuíam os
mesmos direitos de homens, brancos e adultos.
A Importância dos Movimentos
Sociais para a Democracia
Democracia e Cidadania

Numa democracia plena


necessariamente visa estabelecer uma
cidadania plena para todos.

Mas o que é cidadania?


Ideal de Cidadania
Thomas Marshall (1893-1981) ao estabelecer o conceito de
cidadania, divide-o em três partes: civil, política e social.
O elemento civil é composto dos direitos necessários à liberdade
individual – liberdade de ir e vir, liberdade de imprensa,
pensamento e fé, direito à propriedade e o direito à justiça.
Por elemento político se deve entender o direito de participar no
exercício do poder político, como membro de um organismo
investido da autoridade política ou como um eleitor dos membros
de tal organismo.
Já o elemento social se refere a tudo o que vai desde o direito a
um mínimo de bem-estar econômico até a segurança ao direito de
participar, por completo, na herança social e levar a vida de um ser
civilizado de acordo com os padrões que prevalecem na
sociedade.
Cidadania e Movimentos Sociais
Os movimentos sociais estão estritamente ligados à
reivindicação da cidadania, à luta por reconhecimento dos
direitos civis, políticos e sociais de grupos historicamente
excluídos.

“Uma luta social, pode ser definida como, um processo


prático no qual experiências individuais de desrespeito são
interpretadas como experiências cruciais típicas de um
grupo inteiro, de forma que elas podem influir, na exigência
coletiva por relações ampliadas de reconhecimento.”
HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento
Movimentos Sociais pelos direitos civis e
políticos
Movimentos Sociais pelos direitos civis e
políticos
Movimentos Sociais pelos direitos sociais
Movimentos Sociais pelos direitos sociais
Movimentos Sociais pelos direitos sociais
Movimento Sociais – Cidadania – Democracia

O ideal de toda
democracia é:
que todos tenham uma cidadania plena;
que todos tenham seus direitos civis, políticos e sociais
garantidos.

Os movimentos sociais são necessários à democracia,


uma vez que é a partir da luta pelo reconhecimento
de direitos que a cidadania pode ser conquistada e a
democracia efetivada.
Atividade
Faça um texto argumentativo respondendo a seguinte
questão:

No Brasil, a CF/88 situou a cidadania dentre os princípios


fundamentais da República, redefinindo seu conceito com
intuito de garantir a real participação política de todos os
cidadãos, como forma de construir uma sociedade livre, justa
e solidária. No entanto, a formalização desses
direitos/deveres de cidadania implica, necessariamente, no
seu exercício efetivo?