Você está na página 1de 33

COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ LUIZ GORI

Ensino Fundamental, Médio e


Profissionalizante

• Curso: Técnico em Nutrição e Dietética.


• Disciplina: AUAN
• Série: 3º. Semestre. Bimestre: 1º.

Liderança e
Treinamento de pessoal
Liderança
• É a influência interpessoal exercida em uma
dada situação e dirigida através do processo de
comunicação humana.
• É a arte de comandar pessoas, atraindo
seguidores e influenciando de forma positiva
mentalidades e comportamentos.
• É o processo de conduzir um grupo de
pessoas, transformando-o numa equipe que
gera resultados.
• É a habilidade de motivar e influenciar os
liderados, de forma ética e positiva, para que
contribuam voluntariamente e com entusiasmo
para alcançarem os objetivos da equipe e da
organização.
LIDERANÇA INFORMAL - a liderança
surge de forma natural, quando uma
pessoa se destaca no papel de líder, sem
possuir forçosamente um cargo de
liderança.

LIDERANÇA FORMAL - quando um líder


é eleito por uma organização e passa a
assumir um cargo de autoridade.
Tipos de líder
Autocrático, democrático ou liberal

• Líder autocrático:
– decide sozinho;
– determina como deve ser executado o trabalho;
– determina quem deve executar o que ;
– domina elogios e críticas.

Líder democrático:
– participa das decisões junto à equipe;
– a equipe determina como o trabalho deve ser
executado e o líder apoia;
– a divisão de trabalho é feita em conjunto ;
– o líder compartilha elogios e críticas.
Líder liberal:

– não participa das decisões tomadas pela


equipe;
– a equipe determina como o trabalho deve ser
executado e por quem ;
– o líder só esclarece dúvidas e participa quando
necessário.
O LÍDER DEVE SER:

• facilitador da integração, manter-se atento a cada


colaborador, favorecendo o equilíbrio entre as necessidades
individuais e as exigências da tarefa.
• Comunicar-se de forma clara e direta.
• Contribuir para ambientes harmoniosos, pessoas
realizadas e produtivas.
• Ter a capacidade de perceber e intuir novas oportunidades;
• Não hesitar em ser flexível para atingir os objetivos;
• Manter um elevado nível ético ;
• Decidir baseado no consenso do grupo ou equipe;
• Ser motivador.

O líder não deve temer o desconhecido, sentindo-se


motivado diante dos desafios;
TREINAMENTO
É qualquer procedimento que vise promover e aumentar
o aprendizado entre os funcionários de uma empresa,
visando – particularmente – à aquisição de habilidades
para um determinado cargo.

O treinamento é um processo educacional por meio do


qual as pessoas adquirem conhecimentos, habilidades e
atitudes para desempenho de seus cargos.
As organizações modernas e mais atuantes no
mercado já chegaram à conclusão de que investir
em seus funcionários é a maneira mais eficaz e o
caminho mais curto e seguro para alcançarem os
seus objetivos.
Atualmente o treinamento vem sendo utilizado pelas
empresas com o objetivo geral de desenvolver
pessoas:
-na aprendizagem de novas habilidades;
-na ampliação das já existentes.

O mercado impõe às empresas focarem mais


intensamente em seu capital humano.
Finalidade :
Manter as pessoas preparadas para o
desenvolvimento de seus cargos atuais ou futuros.

Proporciona:
Excelência do trabalho, produtividade, qualidade,
presteza, correção, utilização correta do material e,
sobretudo, a gratificação pessoal de ser
bom naquilo que se faz.

Recursos empresarias - máquinas sofisticadas


-métodos e processos – precisam de: pessoas treinadas
e habilitadas.

O treinamento é vital para o sucesso.


• Não se pode treinar sem um diagnóstico das
necessidades da equipe e da empresa. As
faltas e falhas da organização sejam apontadas
com maior precisão.
• Só após avaliar as necessidades das equipes
ou pessoas é que pode-se assumir suas
responsabilidades e escolher o tipo e a técnica
de treinamento que irá aplicar.
TIPOS DE TREINAMENTOS:
1) Transmissão de informação e de conhecimento:
Tem por conteúdo a transmissão de informações e de
conhecimentos necessários ao cargo, incluindo
informações sobre a empresa, seus produtos e
serviços, regras e regulamentações, estrutura
organizacional.
Geralmente os empregados recém admitidos
passam por esse treinamento para integração a
empresa. É o tipo de treinamento que ensina a
conhecer.
2) Desenvolvimento de habilidades: É destinado a
desenvolver habilidades e destrezas relacionadas com
o cargo atual ou futuro. É o tipo de treinamento que
ensina a fazer.
3) Desenvolvimento de atitudes: Utilizado para
mudanças de atitudes negativas ou inadequadas.
O desenvolvimento de atitudes visa melhorar a
maneira de tratar o cliente, o colega, como se
comportar, como contornar situações negativas.
Ensina a se comportar.

4) Desenvolvimento de conceitos: É o tipo de


treinamento destinado a desenvolver conceitos e
idéias sobre a empresa, o trabalho, o negócio, o
estilo de administração a ser efetuado, a ética
profissional e a filosofia de ação. É um
treinamento mais intelectual e sofisticado, pois
ensina a pensar.
Funções do treinamento
• Formação: instala e desenvolve habilidades básicas para o exercício da
função (programas acadêmicos e de idiomas);
• Aperfeiçoamento: eleva o rendimento e o desempenho do profissional em
determinada área;
• Educação Continuada: complementa as habilidades já existentes,
proporcionando uma certa ascensão de cargos e responsabilidades;
• Gerencial: fortalece as competências da gerência ou da liderança presente
no ambiente corporativo;
• Técnico: ensina novas metodologias, ou aprimora o uso da tecnologia;
• Motivacional: estimula as pessoas a atuarem com mais vigor e disposição;
• Programa de Trainees: desenvolve jovens recém-formados e mostra as
diferentes trilhas que o novo membro da equipe pode seguir dentro da
empresa;
• Integração: ajuda nas instruções introdutórias para profissionais recém-
chegados na empresa.
Formas de treinamento
• No próprio trabalho (on the job training); conceitualmente
(informativo); por meio de jogos e simulações e a distância (e-
learning).
ON THE JOB
• O treinamento no próprio trabalho, bastante tradicional,
consiste em transferir os conhecimentos necessários para o
profissional já no local em que ele executará suas tarefas. É
especialmente utilizado em treinamentos de Formação, de
Integração e em Programas de Trainees.
• Treinador presente no momento da tarefa, observa um erro,
falar o que é certo e vê o outro fazer o certo que acabou de
aprender.
Conceitualmente (informativo)
• A forma conceitual de se treinar pessoas é,
certamente, a mais utilizada. Devido a vasta
gama de produtos, cursos e programas
existentes no mercado, esse método acaba
sendo de extrema utilidade, pois serve não
apenas às necessidades de treinamento de
capacitação, mas também de
desenvolvimento.
• Palestras, data show, preleção...
Jogos e simulações
Aplicar treinamentos usando jogos e
simulações é uma verdadeira "febre".
As brincadeiras são ótimas para distrair os
colaboradores, que geralmente estão
cansados.
Deve-se ter cuidado para não perder o
objetivo (distração).
É bastante utilizado em treinamentos de
motivação.
E-learning
• Treinamento á distância, através da internet.
• É bastante cômodo, rápido e adapta-se a qualquer
situação. Porém, especialistas lamentam a falta do
contato humano, dizendo que isso faz com que o
treinando perca a concentração muito facilmente e
com que o treinamento, às vezes, não seja tão
efetivo.
Plano de Treinamento
• Local;
• Título do Treinamento; • Conteúdo
• Objetivos (geral e programático;
específicos); • Métodos didáticos;
• Justificativa; • Recursos audiovisuais
• Clientela-alvo; • Técnicas e critérios de
• Carga horária; avaliação;
• Períodos de duração; • Responsáveis.
Como ocorre a aprendizagem?

– 1% através do gosto
– 1,5% através do tato
– 3,5% através do olfato
– 11% através da audição
– 83% através da visão
– 50% através do que é visto e escutado
– 70% através do que é dito e discutido
– 90% através do que é dito e realizado
Objetivos da Educação em Serviço

1. Mostrar ao funcionário, a organização administrativa da


instituição onde trabalha;
2. Situar sua participação junto a cada elemento da equipe e
a importância do seu desempenho;
3. Torná-lo consciente de sua responsabilidade, deveres e
direitos dentro da empresa;
4. Levá-lo a desenvolver habilidade no desempenho de suas
tarefas;
5. Familiarizá-lo com o uso adequado do equipamento
disponível;
6. Orientá-lo quanto à cordialidade devida à clientela,
superiores hierárquicos e colegas de trabalho.
Treinamento de integração
Serve para integrar o novo funcionário ao local
de trabalho.
Durante treinamento devem ser abordados os
seguintes aspectos:
– Quais são as normas e regras da empresa;
– Quem são os colegas de trabalho, os
subordinados e a chefia;
– Como é a estrutura da empresa e;
– Quais são as normas de segurança utilizadas
Treinamento e Reciclagem
Técnicas dietéticas em bases científicas:
– Pré-preparo;
– Preparo;
– Cocção;
– Armazenamento; e
– Distribuição.

↓ desperdício de ↓ danos no valor


gêneros alimentícios nutritivo da refeição
Treinamentos obrigatórios:
↓ riscos de
• BPF
contaminação
• RDC 216
• Contaminação de alimentos
• Higienização (alimentos, pessoal, equipamentos,
instalações, utensílios e móveis)
• POP ↓ riscos de
• Segurança do trabalho - EPI acidentes

TODOS OS TREINAMENTOS DEVEM SER EVIDENCIADOS POR


ASSINATURA
CAPACITAÇÃO DOS COLABORADORES

Programa: Tema:
Área/ Unidade/ Setor: Local:
Data:
Horário: Instrutor:

Nº Nome Nº unidade Cargo Assinatura


Treinamento = Fator de Motivação
• Melhor capacidade de trabalho;
• Maior participação e contribuição de novas
idéias;
• Maior valorização e aceitabilidade pelo grupo;
• Maior segurança;
• Menores custos operacionais.
Vantagens do treinamento
• Melhoria da produtividade;
• Maior segurança e higiene no trabalho;
• Melhoria das técnicas, dos padrões de
execução;
• Maior confiança no desempenho do
empregado, diminuindo as ações de supervisão;
• Redução das taxas de absenteísmo;
• Redução das taxas de rotatividade de mão-de-obra;
• Melhoria da qualidade dos produtos e serviços;
• Redução da freqüência de perdas e danos, desperdícios
de gêneros e danos em equipamentos e utensílios.
• Segurança alimentar
• Segurança do trabalhador
Motivação
• Força ou impulso que leva o indivíduo a agir
de uma forma específica
A busca constante por processo de gestão de
pessoas faz parte da organização que visa cada
vez mais à satisfação de seus funcionários para
que, motivados, executem suas tarefas com
eficiência e eficácia.
A motivação é um aspecto intrínseco às pessoas,
ninguém pode motivar ninguém. É um
fenômeno comportamental único e natural
A empresa pode oferecer benefícios, como
agente motivador:
– Estabilidade no emprego;
– Oportunidade de crescimento;
– Reconhecimento por bons trabalhos;
– Realização na empresa;
– Participação nas decisões gerenciais e outras
relacionadas à empresa ;
– Empenho da gerência em comunicar de forma clara e
consistente as metas e desafios da empresa.
Equipe
É um conjunto de pessoas que se dedicam à
realização de um mesmo trabalho.
• Tem por requisitos básicos:
– Definição vocacional – missão;
– Definição operacional – metas;
– Definição instrumental – divisão de trabalho e
papel dos membros.
Erros comuns do trabalho em equipe:

– Metas superdimensionadas;
– Composição equivocada;
– Liderança ditatorial;
– Falta de motivação;
– Reuniões improdutivas;
– Subjetividade na avaliação e;
– Sensação de injustiça.
Chaves do sucesso:
– Consciência do propósito;
– Explicitação de balizamentos;
– Comunicação aberta;
– Feedback contínuo;
– Compartilhamento de informações;
– Negociação;
– Humildade intelectual ;
– Comportamento ético
Simulação
• Agora vocês são a equipe de uma UAN. Precisam escolher um tema,
distribuir os cargos: cozinheiros, copeiros, ajudantes, ASG , e realizar um
treinamento.
• Cada grupo terá 30 minutos para a elaboração.
• 10 minutos para a simulação.
• Dividir em equipes com 5 pessoas.
• 01 NUTRICIONISTA – dará treinamento
• Os demais serão funcionários da UAN - participarão
• Todos do grupo precisam participar com perguntas e ideias durante o
treinamento.