Você está na página 1de 24

Capa da 1ª edição de em 1572 Os Lusíadas Luís Vaz de Camões

Qual é o tema principal de Os Lusíadas?

A ação central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia por


Vasco da Gama.
Narram-se os feitos grandiosos do povo português, desde a
fundação da nacionalidade até ao século XVI (data em que Camões escreve a
obra).
O CONSÍLIO DOS DEUSES
• O que significa Mitologia? É o conjunto de mitos, de deuses da
antiguidade clássica.

• “Greco-Latina” refere-se a que duas Refere-se ao grego e ao latim, ou seja,


civilizações? a Gregos e a Romanos.

• Como se chama uma religião que acredita Uma religião que admite a existência de
em vários deuses? vários deuses chama-se politeísta

• Como é que os cristãos chamavam à Os cristãos designavam a religião dos


religião politeísta dos Gregos e dos Gregos e romanos como paganismo
Romanos?
Faz parte do Plano dos Deuses/Mitológico Que outros planos existem? Plano da Viagem
O plano dos deuses refere-se à intervenção que as figuras
Plano da História de Portugal
divinas e mitológicas têm na viagem dos
Plano das Considerações do Poeta
portugueses até à Índia.

• Episódio mitológico d’Os Lusíadas em que Júpiter convoca o Consílio para que os

deuses se pronunciem sobre o futuro dos portugueses que tentam chegar à Índia por
mar
• Os deuses discutem no Olimpo e no fim Júpiter toma a decisão final
• Alguns deuses estão do lado dos portugueses, e outros estão contra.
• O que é o Olimpo?
É o monte Olimpo, a mais alta
montanha da Grécia (com 2 917
metros de altitude)

• Na mitologia grega, o monte Olimpo é a

morada dos Doze deuses do Olimpo (os


principais deuses gregos)
• Os deuses do Olimpo são originários da
mitologia grega.
• Séculos mais tarde, os romanos apropriaram-se
dos deuses gregos, mas deram-lhes outros
nomes
• Os deuses são casados, têm irmãos, pais,
família...uma história de vida

• Vamos agora ver os deuses gregos que entram n’Os


Lusíadas, com os seus nomes latinos:
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Júpiter:

• Rei dos deuses


• Rei dos trovões e dos raios
• Representa-se com um raio na mão
• Nos Lusíadas é também chamado de “Tonante”
• Casado com Juno, sua irmã
• Está do lado dos portugueses
• Presidiu ao Consílio dos Deuses
Júpiter: deus Romano
Zeus: deus Grego
• Pai de Marte, Minerva, Baco, Vénus, entre outros...
Tonante: que troveja
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Júpiter:
• Filho de Saturno e de Reia: À medida que Reia dava à luz, Saturno
devorava todos os seus filhos varões*
• Júpiter e Juno nasceram do mesmo parto e para salvar a vida do seu
filho, Reia apenas apresentou Juno ao seu marido e deu Júpiter para
ser criado por outros
• Quando Júpiter descobriu a sua origem, pediu a Saturno que o
aceitasse como herdeiro. Saturno não concordou.
• Júpiter expulsou Saturno e apoderou-se do trono do pai, tornando-se *filhos varões: do sexo masculino
senhor do Céu e da Terra.
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Juno:
• Rainha dos deuses
• Deusa do casamento
• Casada com Júpiter

Júpiter e Juno
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Vénus:
• Deusa do Amor e da Beleza
• No mito do seu nascimento, conta-se que surgiu de dentro de uma concha
de madrepérola, tendo sido gerada pelas espumas
• Casada com Vulcano, mas trai-o com Marte
• Luís de Camões apresenta Vénus como a principal apoiante dos heróis
portugueses
• Os portugueses são um povo de sangue quente e paixões intensas que, por
isso, celebrarão a deusa do Amor onde quer que cheguem
• Além do mais, os portugueses lembram-lhe os romanos. Até a língua
portuguesa é parecida à latina...
O nascimento de Vénus, por Botticelli
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Baco:
• Deus do Vinho e da Alegria
• Filho de Júpiter e de uma mortal, Sémele
• No Consílio dos Deuses, revela-se inimigo dos Portugueses, tentando
impedir que as naus portuguesas cheguem à Índia
• Atravessou a Ásia ensinando a cultura da vinha, sendo por isso
adorado em todo o Oriente, principalmente na Índia
• É o principal inimigo dos portugueses, argumentando que seria
esquecido se os lusos chegassem à Índia, perdendo assim sua fama no
Oriente

Baco, por Caravaggio


Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Neptuno:

• Deus dos mares


• Não gosta que os homens tenham a ousadia de
atravessar o seu domínio
• Pode provocar as mais terríveis tempestades
• Por vezes convoca o deus Éolo e, juntos,
provocam terríveis tempestades no mar
• Irmão de Júpiter e Plutão
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Éolo:

• Deus dos ventos


• Dele dependem os 4 ventos: Bóreas/Aquilão
(vento norte), Euro/Vulturno (vento leste),
Noto/Austro (vento sul), Zéfiro/Favónio (vento
oeste)
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Marte:

• Deus da guerra e da violência


• É muito cruel
• No Consílio dos Deuses, está a favor dos
Portugueses
• Filho de Juno e de Júpiter
• É amante da deusa Vénus e com ela teve um filho,
Cupido.
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Apolo:
• Deus da música, da poesia e da luz

Mercúrio:

• É o mensageiro dos deuses, entregando-lhes a convocatória para o Consílio dos


Deuses
• Deus romano encarregado de levar as mensagens a Júpiter
• É filho de Júpiter
• Usa uma bolsa, umas sandálias e um capacete com asas, e uma varinha de condão
• É caracterizado pela sua velocidade
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Cupido:

• Deus do amor
• Filho de Vénus e do seu amante, Marte
• Representado como um jovem ou uma criança,
que se diverte a perturbar os corações dos
seres humanos e das divindades com as suas
flechas
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Vulcano:
• Deus do fogo
• Filho de Júpiter
• Fabrica os raios que Júpiter atira à terra em dias de tempestade
• É o deus mais feio de todos (o pai, Júpiter, quando o viu, tão feio, atirou-o do
monte Olimpo abaixo, o que fez com que Vulcano coxeasse)
• Marido de Vénus, a deusa do amor, que lhe era infiel

Plutão:
• Deus dos infernos, guardião das
almas dos que morrem
Eis os principais deuses do panteão olímpico, nos seus nomes latinos:

Minerva: Diana:

• Deusa da sabedoria, das artes, da • Deusa dos bosques e da caça


literatura
“Quem sou eu?”
As musas são nove divindades, filhas de Zeus e de
Mnemósine (Memória).
As musas podem ser de: dança, poesia, música,
história, matemática, astronomia, tragédia e comédia.

Ao longo d’Os Lusíadas, Luís de Camões pede inspiração


a Calíope (musa da poesia épica).
As ninfas são divindades femininas que personificam o espírito da
natureza. Habitam os bosques, o campo ou as águas.

N’Os Lusíadas surgem:


• As Tágides (ninfas do rio Tejo), na Invocação
• Tétis, uma ninfa marinha, no episódio do Adamastor
• As ninfas dos bosques, no episódio da Ilha dos Amores
• A utilização da mitologia clássica faz-se, essencialmente, pela evocação dos deuses do Olimpo,
das ninfas e das musas

• Apesar de ser católico, Camões utiliza a mitologia pagã por 4 razões:


• É uma característica do estilo épico
• Embeleza a narração (de outra forma, seria apenas um relato da viagem)
• Serve para glorificar o povo português, comparando-os aos deuses
• Contribui para a dinamização da ação