Você está na página 1de 20

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL


E AMBIENTAL
GEOLOGIA APLICADA

AVALIAÇÃO DA
PLASTICIDADE:
ÍNDICES DE ATTEBERG

NBR 6459/84
NBR 7181/84
DNER-ME 051/94.

LBMS/LABEME
Introdução
 Mudança de estado físico
 Estado plástico
 Estado semi-sólido
 Reta de Fluidez

LL LP LC h% (Decrescendo)

Estado Estado Estado Estado


Líquido Plástico Semi-sólido Sólido

IP

LBMS/LABEME
Introdução

O estudo das argilas começa pelo ensaio de granulometria, com auxílio de peneiras.

LBMS/LABEME
Introdução

Ilustração de equipamento para análise granulométrica com faixas de 1µm to 60µm.

LBMS/LABEME
Introdução
Particle Size Distribution
3.5
3
2.5
Volume (%)

2
1.5
1
0.5
0
0.01 0.1 1 10 100 1000 3000
Particle Size (µm)
CALCARIO zé carlos - Average, segunda-feira, 3 de julho de 2006 14:36:45

Exemplo de distribuição granulométrica para partículas finas.

LBMS/LABEME
Aparelhagem

Cápsula de porcelana com Espátula com lâmina flexível de


capacidade de 500 ml cerca de 8 cm de comprimento e
2 cm de largura

LBMS/LABEME
Aparelhagem

LBMS/LABEME
Aparelhagem

Placa de vidro com


superfície esmerilhada

3 mm
Gabarito
10 cm

LBMS/LABEME
Ensaio

Limite de Liquidez

LBMS/LABEME
Ensaio

Limite de Plasticidade

LBMS/LABEME
Ensaio

Ph  Ps
h x100
Ps
Determinação da umidade

LBMS/LABEME
Reta de Fluidez

LL = h / (1,419 – 0,3 log n)


LBMS/LABEME
Índice de Plasticidade

IP = LL – LP

Fracamente plástico: 1 < IP < 7

Medianamente plástico: 7 < IP < 15

Altamente plástico: IP > 15

LBMS/LABEME
Resultados e Classificação
Resultado de amostra argilosa

%
Limite de Liquidez 44,30
Limite de Plasticidade 28,49
Índice de Plasticidade 15,81

LBMS/LABEME
LIMITE DE LIQUIDEZ

Cápsula Massa Número Teor de


Nº Solo Úmido Solo Seco Cápsula de Umidade
(g) (g) (g) Golpes (%)
A 14,560 11,250 4,660 8 50,23
B 12,610 10,270 5,170 20 45,88
C 14,670 12,030 5,900 32 43,07
D 12,440 10,230 4,910 44 41,54
E 13,190 10,870 5,210 56 40,99

LIMITE DE LIQUIDEZ y = -0,1901x + 50,4262


R2 = 0,9020

50,0
Resultado dos ensaios de
amostra argilosa não
TEOR DE UMIDADE

48,0

46,0
identificada.
44,0

42,0

40,0

38,0
0 10 20 30 40 50 60
NÚMERO DE GOLPES

LBMS/LABEME
O de organic (orgânico)
L de low (baixa)
H de high (alta)

Carta de plasticidade de Casagrande


A carta de plasticidade possui três divisores principais:

1) A linha A: IP = 0,73(LL - 20)


• acima - solos argilosos
• abaixo - solos siltosos
2) A linha B: LL = 50%
• direita - solos compressíveis e muito plásticos
• esquerda - solos de baixa compressibilidade e de baixa a média plasticidade

3) A linha U: IP = 0,9(LL - 8)

LBMS/LABEME
LBMS/LABEME
PI-LL

60
U-line
50
montmorillonite illite A-line
Plasticity Index

40

30
kaolinite
20
halloysite
10

0 chlorite
0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100

Liquid Limit

LBMS/LABEME
Sistema de
classificação do
T.R.B.

LBMS/LABEME
Realização

UFPB DECA – ENGENHARIA


CIVIL E AMBIENTAL

LBMS/LABEME