Você está na página 1de 56

HISTÓRIA DO VOLLEYBALL

Fatos e mudanças
Anos e alterações
Invenção do pelo americano William G Morgan – YMCA
1895
O Voleibol foi inventado pela YMCA em Holyoke, Massachussets, EUA, por
William G. Morgan, um nova iorquino nascido em 1970. As primeiras regras
do Voleibol, denominado inicialmente como “Mintonette”, foram escritas
pelo próprio Morgan.

Em novembro de 1895, Morgan (1870-1943), diretor de educação física da


YMCA, criou o jogo como passatempo a ser jogado de preferência em
lugares fechados por qualquer número de jogadores. O jogo adquiriu
algumas características do tênis e do handebol. Não era tão violento quanto
o basquetebol, mas ainda requeria certo esforço atlético.
• Regras iniciais para um teste:

- altura da rede: 1.98 metro;


- medidas da quadra: 7.5 x 15 metros;
- número de jogadores: cinco jogadores em quadra (para apresentação no
congresso);
- três saques para cada time a cada vez;
- nenhum limite quanto ao número de contatos com a bola permitidos para ca
time, antes de mandar a bola para a quadra do oponente;
- em caso de um erro de saque, uma segunda tentativa é permitida por perder
um ponto ou um saque no caso de uma tentativa de saque;
- circunferência da bola: 63,5-68,6 cm.;
- peso da bola: 252-336 gramas.
Anos e alterações
1896 Alfred T. Halstead, propôs Volleyball como um nome
mais apropriado para o esporte. Inserção de regras

1898 Canadá adota o voleibol em seus programas recreativos.

1899 Sete jogadores na quadra. Qualquer jogador pode sacar


sem qualquer ordem rotacional.

A altura da rede passou a ter 2.28 metros.


1900 21 pontos para cada set.
Durante o rally é proibido que a bola toque objetos externos.
A bola está dentro da quadra se ela tocar as linhas que limitam
a quadra.
Canadá adota o voleibol para seus programas recreativos.
1908 Franklin H. Brown introduz o voleibol no Japão.

1910 Elwood S. Brown introduz o voleibol nas Filipinas.

Dr. J. Howard Croker introduz o voleibol na China.


O tamanho da quadra mudou para 18 X 10,5 metros.

Tamanho e peso uniformes da bola foram


estabelecidos:

1912 - circunferência: 64 cm;


- peso: 200 a 225 gramas.

O número de jogadores para cada time é 6.

Foi decidido girar os jogadores antes de cada serviço.

A altura da rede passou a ser de 2,28 metros.


O voleibol é incluído no primeiro Far-eastern Games,
1913
em Manila.

1915 O número de jogadores em quadra tornou-se novamente


variável, podendo ser algo entre 2 a 6 jogadores em
cada time.

Tempo técnico oficial foi introduzido.

O time que perder o set tem o direito de começar


servindo no próximo set.

Para ganhar a partida, um dos times deveria ganhar dois


1916
dos três sets.

A bola podia ser tocada até com os pés dos jogadores.

O peso da bola subiu de 226,5 pra 284 gramas.

Toque duplo é proibido para o mesmo jogador.


A altura da rede passou a ser de 2,43 metros para
1917
homens.

A pontuação de um set caiu de 21 pontos para 15


pontos.

1918 O número de jogadores por time se tornou 6.

O método de seis jogadores de cada lado foi adotado.

1920 A bola poderia ser jogada com qualquer parte do corpo


acima da cintura.

O tamanho da quadra passou a ser de 18 x 9 metros.

A regra de três toques na bola de cada lado da quadra


foi adotada.
A linha central que separa a quadra em duas partes
1921
iguais é introduzida, medindo 9 x 9 metros de cada
lado.

1922 Não era permitido que jogadores de fundo cortassem.

A “ falta dupla” foi adicionada a regra.

Mudanças no sistema de pontuação (em caso de 14-14)


para ganhar um set deveria ser por 2 pontos de
vantagem.

Dois intervalos por set e por time foram introduzidos.

A regra de “três toques na bola por time” foi


introduzida.

A primeira associação de Voleibol e Basquetebol


conhecida foi criada na Tchecoslováquia.
Um time deveria ser composto por seis jogadores em
1923
quadra.

Doze substituições permitidas a cada time por set.

Os uniformes dos jogadores deveriam ser numerados.

O time que pontuasse tinha o direito de servir, rodando


em sentido horário.

O serviço era feito pelo jogador localizado do lado


direito da fileira de fundo.

Se um jogador de um time tocasse a quadra do time


adversário durante o rally era falta.

Altura mínima do teto foi modificada para 4,5 metros.


1925 O peso da bola foi modificado de 255,5 para 283,5
gramas.

1926 O comprimento da rede foi ajustado para 9,6 metros.

Um time reduzido a menos de seis jogadores seria


derrotado automaticamente.

A Associação Americana de Voleibol foi criada.


1928
O primeiro Campeonato Nacional de Voleibol dos EUA
foi realizado na Central de Brooklin da YMCA.

1929 O voleibol masculino foi incluído nos 22º Jogos da


América Central e do Caribe em Havana, Cuba.
1932 O tempo técnico foi limitado a 1 minuto.

1933 O voleibol feminino foi incluído nos Jogos da América


Central e do Caribe, em San Salvador.

O primeiro Comitê Internacional de Voleibol foi criado


1934
sob supervisão da Federação de Handebol.

1935 Cruzes eram marcadas no chão para determinar a


posição de cada jogador.

Tocar a rede era considerado falta.

Uma regra importante envolvendo atacantes: era


proibido pisar fora da quadra enquanto a bola estivesse
em jogo no lado de ataque.
1937 Contato múltiplo com a bola era permitido em defesa
de uma cortada particularmente violenta.

1938 Bloqueio coletivo é permitido.

1941 Em vários países, experimentos foram feitos com um


sistema de jogo com tempo. Porém, depois de inúmeras
e longas tentativas, os experimentos foram
abandonados, mas usados novamente nos EUA no fim da
segunda guerra mundial.

Outra inovação era o limite de tempo, mas a ideia não


foi muito aceita.

1942 A bola pode ser tocada com qualquer


parte do corpo, incluindo-se a cintura.
1945 Os primeiros selos de postagem sobre voleibol foram
emitidos na Romênia.

1946 Polônia, França, Tchecoslováquia, EUA, URSS e Romênia


montaram a primeira Comissão de Voleibol Autônomo.

1947 A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) é fundada.


 

Aconteceu o primeiro Congresso da FIVB, que elegeu


seu primeiro presidente, o Francês Sr. Paul Libaud, que
terminou sua função em 1984.

Somente jogadores da fileira da frente podiam trocar


de posição para terem direito ao bloqueio e ao corte.

Altura da rede para o volei feminino tinha de ser 2,24


metros.
As regras são reescritas e retificadas para facilitar a
1948 compreensão internacional e, em particular para prover
uma melhor definição de bloqueio.

Foi esclarecido que todo jogador deve estar em seu


respectivo lugar durante o serviço.

Pontuação marcada por um servidor errado deve ser


anulado.

Contato simultâneo entre 2 jogadores é considerado um


contato.

Tempo técnico deve durar 1 minuto cada.

Tempo de recuperação de jogador ferido é de 5


minutos.

A pressão da bola era de 0.45-00.40 Kg/cm3

O primeiro campeonato Europeu masculino é realizado


na Itália (24 a 26 de Setembro).
O primeiro Campeonato Mundial Masculino é realizado
1949 na Tchecoslováquia entre 10 times e foi vencido pela
URSS. Esta foi a primeira vez que um armador penetrou
da zona de fundo em direção à zona linha de frente de
três jogadores.

O COI adota o voleibol como um esporte não olímpico.

Os primeiros campeonatos mundiais masculino e


feminino são realizados em Praga.

Introdução de 3 jogadores de ataque e de penetração


do armador do fundo da quadra.

1950 Delimitação de seis posições de jogadores em quadra,


formndo duas fileiras.
1951 Dois toques são proibidos na mesma ação.

As mãos podem ultrapassar a rede somente depois de


um bloqueio contra um ataque do adversário.

As mãos podem passar por cima da rede apenas sob


certas condições (bloqueio).

O espaço de jogo deve medir no mínimo 7 metros de


1952 altura em relação à superfície de jogo.

A quadra é rodeada por um espaço livre que deve medir


no mínimo 2 metros de largura em todos os lados.

Todas as linhas da quadra devem ter 5 cm de largura.

A zona de serviço deve ter três metros de largura atrás


da parte da direita da linha de fundo, é limitada por
duas linhas cada uma medindo 15 cm de comprimento
20 cm atrás da linha de fundo e perpendicular a ela.

A rede tem 1 metro de largura e 9,5 metros de


comprimento.
1952 As faixas laterais possuem 5 cm de largura e 1 m de
comprimento e são fixadas verticalmente em relação a
rede, e colocadas acima de cada linha lateral. São
consideradas parte da rede.

Delimitação do quadro de arbitragem nas partidas


(primeiro árbitro, segundo árbitro, apontador e juízes
de linha).

Delimitação do técnico e do capitão do time e de seus


direitos e suas responsabilidades.

Cada time tem o direito de requerer dois tempos


técnicos regulares em cada set. (Duração não
excedendo a 60 segundos)

O primeiro Campeonato Mundial Feminino é realizado


em Moscou. (Russia ganha o título).
1955 O voleibol entra na programação dos segundo Jogos Pan
Americanos na cidade do México.

Masayoshi Nishikawa e Yutaka Maeda do Japão criam a


Confederação Asiática.

1956 Os Campeonatos Mundiais Masculino e Feminino foram


realizados juntos pela primeira vez em Paris, com 24
times masculinos e 17 times femininos.

1957 Em Sofia, o COI admite o voleibol como um dos esportes


na programação dos Jogos Olímpicos, (Masculino e
Feminino) e também reconhece a FIVB como a única
autoridade do voleibol mundial.
1959 Delimitação dos uniformes do jogador.

Tempo técnico é de trinta segundos.

Cada time tem o direito a seis substituições em casa set.

Delimitação da interrupção prolongada (4 horas).


1961 Delimitação do sistema de substituição de um ou mais
jogadores durante uma interrupção.

Delimitação do sistema de ordem de serviço e rodízio dos


jogadores.

Reuniões em Atenas do COI e do Comitê Organizador dos


Jogos Olímpicos do Japão adicionaram o voleibol aos
Jogos Olímpicos a serem realizados em Tóquio em 1964.

1963 A Confederação Europeia é criada como uma Comissão


da Zona.
1964 Delimitação da temperatura mínima: não deve estar
abaixo de 10°C (50 F).

O bloqueador tem o direito de tocar a bola duas vezes,


contanto que o segundo toque seja considerado como o
primeiro toque dos três toques do time.

O jogador pode colocar suas mãos e seus braços além da


rede para interceptar a bola vinda do adversário.

Tocar a bola no espaço do time adversário é proibido até


o adversário ter efetuado uma ação de ataque.

As primeiras competições de voleibol foram jogados


durante os Jogos Olímpicos de Tóquio (de 13 a 23 de
Outubro) com 10 times masculinos (Russia ganha o ouro)
e 6 times femininos (Japão ganha o ouro).
1965 A primeira Copa do Mundo Masculina é realizada na
Polônia (em Varsóvia)

A Comissão da Zona Africana é criada por Chadly Zouiten.

A Comissão de Zona da America Central e Caribe é


1966
fundada pelo Dr. Ruben Acosta.

1968 Recomendações para uso de antenas para delimitar o


espaço aéreo.

Contatos múltiplos são permitidos em ataques fortes.

EUA e Canadá se juntam a Zona da América Central


para fundar a Confederação NORCECA, proposta pelo
Dr. Rubem Acosta.
1970 Duas antenas são fixadas a 25 cm da extremidade externa
de cada lado da faixa e colocadas em lados opostos da
rede.

As antenas são consideradas como parte da rede e


delimitam lateralmente o espaço de cruzamento.

Delimitação do espaço de cruzamento:


- abaixo, pelo bordo superior da rede;
- lateralmente, pelas antenas e seu prolongamento
imaginário;
- acima, pelo teto.
1971 Os cursos de técnico da FIVB são criados, sendo o
primeiro curso intencional organizado pela associação de
voleibol japonesa, sob supervisão do Sr. Yutaka Maeda e
do Dr. Hiroshi Toyoda.

1972 Invasão da Linha Central: Tocar a quadra adversária com


um pé ou pés é permitido contanto que uma parte do
pé/pés que esteja/estejam invadindo permaneça em
contato com ou diretamente acima da linha central.

As cinco comissões de zonas continentais esportivas são


reconhecidas como Confederações Continentais..

1973 O bloqueio é válido se a bola tocar em mais de um jogador.

O time tem direito a três toques para que a bola retorne


após um bloqueio.

A primeira Copa do Mundo Feminina foi realizada no


Uruguai.
1974 Retração das antenas fixadas na extremidade exterior de
cada lado da faixa e colocadas e lados opostos da rede.

Campeonatos Mundiais Masculinos e Femininos são


transmitidos ao vivo pela TV do México ao Japão e para
muitos outros países pela primeira vez..
1975 O Campeonato Feminino Africano começou em Dakar.

Simpósios e promoção do Minivoleibol começam na


Suécia.

1976 Para acelerar o jogo, o sistema de três bolas é introduzido.

Pela primeira vez, os Jogos Olímpicos de Montreal são


jogados usando o sistema de três bolas, criado pelo Dr.
Ruben Acosta, e três toques na bola após o bloqueio são
permitidos.

A Liga Profissional da IVA é banida da FIVB.

A extensão da rede é reduzida a 9 metros.


1977 O primeiro Campeonato Juvenil Masculino e Feminino é
realizado no Brasil.

1980 As primeiras regras de jogo da FIVB são adotadas em


francês e espanhol no Congresso de Moscou e uma anistia
geral é aprovada para jogadores profissionais da Liga IVA.
1982 A pressão da bola é: 0.40- 0.45 Kg/cm².

1984 O Dr. Ruben Acosta foi eleito o novo presidente da FIVB e


pontos importantes foram adotados sob sua liderança
única.

Em 15 de dezembro, a sede da FIVB foi deslocada de Paris


para um escritório temporário em Lausanne - Suiça.

Características para o toque:


no primeiro toque do time, exceto se os dedos forem
usados, a bola pode tocar inúmeras partes do corpo,
consecutivamente, contanto que o contato ocorra
durante uma ação.

Bloquear o serviço de um adversário é proibido.

As competições oficiais devem ser jogadas em ginásios


fechados.
1985  O grande Plano Mundial de Voleibol é aprovado para
trazer o esporte para arenas esportivas profissionais.

A primeira Gala Mundial é realizada em Pequim e Xangai


com as campeãs olímpicas femininas da China
enfrentando o time “All Stars” mundial.

1987 O Brasil recebe o primeiro campeonato mundial de


voleibol de praia.

1988 Para reduzir a duração da partida, o sistema de tie-


break foi introduzido no 5° set e a última pontuação foi
limitada a 17 pontos com um ponto de diferença.

1989 Durante o tempo técnico, jogadores vão para o banco


para facilitar o sistema de enxugamento da quadra.

A primeira Liga Mundial é organizada com oito países e


1990
US$1 milhão de prêmio.
1992 Para ganhar o set: - nos primeiros quatro sets, um limite
de pontos é alcançado até o 17° ponto.
Depois do empate de 16-16, o time pontuando com o 17° ponto, ganha o
set com somente um ponto de liderança. No set decisivo, em caso de
empate a 14-14, o jogo continua até ter uma diferença de 2 pontos. Não
existe nenhuma limitação de pontos no rally, isso ocorre apenas no 5º set.

Contato com a rede não é falta quando a bola estiver na


zona de fundo e o jogador tocar a rede.

O Circuito Mundial de Voleibol de Praia da FIVB criou um


tour mundial para determinar os Campeões Mundiais
femininos e masculinos. Eventos são realizados no Japão,
Porto Rico, Brasil, Itália e na Austrália.

1993 Enxugadores rápidos foram introduzidos.

A FIVB se torna a maior organização esportiva mundial,


composta por 210 federações nacionais filiadas.

O primeiro Grand Prix Mundial Feminino com prêmio de


US$1 milhão, e participação de 8 países, foi realizado
em 8 cidades asiáticas.
1994 A zona de serviço foi estendida para 9 metros a fim de
facilitar o saque do servidor de qualquer posição.

A bola pode tocar qualquer parte do corpo, incluindo o


pé.

Durante o primeiro toque, toque duplo é permitido.

A reunião do COI em Monte Carlo inclui o Voleibol de


Praia na programação dos Jogos Olímpicos de 1996 como
modalidade para mulheres (16 pares)e homens (24 pares).

O Congresso da FIVB em Atenas aprovou o Plano Mundial


2001, proposto pelo presidente Acosta, com uma visão
para aperfeiçoar as habilidades de administração das
Federações Nacionais e para criar Pró-Ligas e Circuitos de
Voleibol de Praia no maior número possível de países.

1995 O voleibol faz aniversário de 100 anos e para celebrar é


feito um calendário para toda a família de voleibol
mundial: “100 anos de voleibol em 100 dias”.
1996 Critérios da bola: pressão interna deve ser de 0.300-
0.325 Kg/cm² (294.3- 318.28 mbar ou hPa).

Tocar a quadra do oponente com o(s) pé(s) ou mão(s) é


permitido, contanto que alguma parte do que estiver
invadindo (mãos ou pés) permaneça acima da linha
Durante os sets 1-4, existem central ou em contato com a mesma.
dois tempos técnicos para
cada set, cada um durando 1
minuto. Eles são aplicados Para competições mundiais da FIVB, há determinações
automaticamente quando o para os tempos técnicos.
time na liderança atingir 5
pontos e 10 pontos,
consequentemente, somente
Características do toque:
um tempo regular de 30
segundos pode ser requerido - levantado, empurrado, conduzido, lançado, lançado
por cada time. para ser apanhado.
No set decisivo (quinto set),
não há nenhum tempo • Para os campeonatos mundiais seniores e para os jogos
técnico; somente dois olímpicos, a zona livre deve medir no mínimo 6 metros a
tempos regulares de 30
segundos de duração podem
partir das linhas laterais e 9 metros a partir das linhas de
ser requeridos por cada fundo.
time.
• As primeiras medalhas Olímpicas de Voleibol de Praia
são disputadas durante os Jogos Olímpicos Centenários
em Atlanta
1997 No momento do pedido de substituição, o(s) jogador (es)
substituto(s) deve(m) estar pronto(s) para entrar em
quadra, estando de pé próximos à zona de substituição.

A bola que cruza o plano da rede para a zona livre do


adversário total ou parcialmente em direção ao espaço
externo, pode ser recuperada dentro dos toques da
equipe desde que:

- a quadra adversária não seja tocada pelo jogador;


- a bola, quando retornada, cruze o plano da rede
novamente total ou parcialmente pelo espaço externo do
mesmo lado da quadra.

O primeiro Campeonato Mundial de Voleibol de Praia foi


sediado em Los Angeles EUA, com prêmio em dinheiro de
U$600,000.  A Liga Mundial aumentou o prêmio em
dinheiro para U$ 8 milhões.
1998 O 26º Congresso Mundial da FIVB em Tóquio aprovou
algumas alterações nas regras.

Copa do Mundo: o time feminino de Cuba torna-se


campeão da Copa do Mundo pela quarta vez e o time
masculino da Rússia obtém o primeiro importante título
mundial sob sua nova bandeira.

Para as competições mundiais da FIVB, a linha de ataque é


2000 estendida pela adição de linhas pontilhadas às linhas
laterais com 15 cm, linhas curtas com 5 cm de largura.

Para todas as competições oficiais e mundiais, os postes


segurando a rede são colocados a uma distancia de 1 metro
do lado de fora da linha lateral.

Uma substituição excepcional não pode ser contada em


qualquer caso como uma substituição normal.

Contato com a rede não é falta, exceto quando um jogador


toca nela durante sua ação de jogar e ela interfere em
jogada.
O Sacador deve servir em 8 segundos depois do apito do
2000
árbitro.
Continuação
Para competições mundiais e oficiais da FIVB, dois
tempos técnicos adicionais de 60 segundos são aplicados,
No set decisivo automaticamente, quando o time que estiver na liderança
(quinto), não existe chegar ao oitavo ponto e ao décimo sexto ponto.
nenhum tempo técnico
e só intervalos curtos O sistema de pontuação de rally é estendido para voleibol
de 30 segundos podem de praia.
ser pedidos por
qualquer um dos times.
O Dr. Ruben Acosta se torna um membro do COI.

Karch Kiraly, Lorenzo Bernardi, e a três vezes campeã


olímpica, Regla Torres, são celebrados como os melhores
jogadores do século.

Voleibol (12 + 12 times)e voleibol de praia (24 + 24 times)


são  representados nos Jogos Olímpicos 2000 em Sidney.
A substituição excepcional é agora contada como uma
2001
substituição normal em caso de lesão, e o jogador
lesionado não poderá mais jogar pelo resto da partida.

Juízes de linha ao invés de Homens de linha.

Para competições oficiais mundiais da FIVB um apontador


assistente é compulsório.

O voleibol de praia é considerado um esporte olímpico.

Duas cadeiras reservadas para mulheres representantes


do Comitê Executivo Administrativo da FIVB..
O vigésimo oitavo congresso da FIVB em Buenos Aires
2002
adota a conduta e regra contra conflitos de interesse e
introduz um limite de altura na competição.
185 cm para homens – 175 cm para mulheres

Três mulheres são eleitas para o Comitê Administrativo,


duas delas como Vice Presidentes Executivas – a
Americana  Rebecca   e a Indonésia Rita Subowo.

Alemanha sediou o Campeonato Mundial Feminino, com


24 times em oito cidades.

A Argentina sediou o Campeonato Mundial Masculino, com


24 times em seis cidades.

2003 A Federação Argentina de Voleibol (FAV) é suspensa por


falta de respeito às decisões da FIVB quanto à suspensão
e consequente expulsão do então Presidente Mario
Goiman.
O Timor do Leste é reconhecido pela FIVB como o 218°
2004
membro afiliado.

A FIVB abaixa o controle de sexo prévio a eventos


mundiais. A FVA substitui a expulsa FVA como órgão
oficial da Argentina.

Um assistente de apontador (localização e


2005
responsabilidades).

Filosofia das regras e arbitragem.

Para competições mundiais e oficiais da FIVB  é


obrigatório o uso da campainha seguido do sinal manual
para pedir tempo.

Não é necessário registrar o número do líbero na lista da


súmula para o primeiro set e em caso de redesignação,
para o set seguinte.

Precaução ao invés de avisar em caso da substituição


executada depois do apito para serviço.
O segundo árbitro pode apitar em caso de contato da bola
2005
com o chão quando o 1º árbitro não estiver em posição de
ver o contato.
Continuação
O segundo árbitro pode apitar quando a bola passar pela
rede totalmente ou parcialmente pelo espaço de
cruzamento para a quadra do oponente.

A rede tem um metro de largura e 9,5-10 metros de


extensão (com 25-50 cm em cada lado), seu topo possui
uma faixa de 7cm de extensão a na parte debaixo outra
faixa horizontal com 5cm  de extensão.

A FIVB doa três milhões de dólares americanos para


ajudar vitimas do tsunami na Ásia.
Se, simultaneamente, dois oponentes tocarem sobre a
2006
rede e tiverem um contato prolongado com a bola, o jogo
continua.

O Egito se torna o primeiro país africano a participar de


uma Liga Mundial; é estabelecido um novo prêmio em
dinheiro no valor de 20 milhões de dólares americanos.

A FIVB assina um acordo com o WADA para testes fora de


competição.
2007 São definidas alterações nas regras.
Alterações nas regras ocorridas em 2007
· Linha de restrição do técnico - uma linha quebrada que se estende para a
linha
de ataque até o fim da linha da quadra, e paralela às linhas laterais, e a 1.75
metros dela, é composta de 15 cm, linhas curtas, 20 cm para marcar limite da
área de operação do técnico.
· Zona de troca do líbero - é uma parte da zona livre ao lado dos bancos de
reserva, limitada por uma extensão da linha de ataque ate a linha de fundo.
· Para competições mundiais oficiais da FIVB a enumeração dos jogadores deve
ser feita de 1 – 19.
· Se o técnico tiver de deixar o time dele por alguma razão, incluindo sanção, o
técnico assistente pode, a pedido do capitão e com autorização do primeiro
árbitro, ficar no seu lugar durante sua ausência.
· Rally e rally finalizado - o time é sancionado com um ponto e o serviço é dado
para o time oponente ao invés da perda do rally.
· A bola que estiver em direção à quadra adversária pelo espaço de baixo está
em jogo até o momento que tiver atravessado o espaço vertical da rede.
· É permitido tocar a quadra adversária com o(s) pé(s) ou a(s) mão(s), desde
que parte do(s) pé(s) ou da(s) mão(s) permaneça(m) em contato direto com a
linha central, ou tenha(m) a projeção sobre a mesma.
· É permitido tocar a quadra do oponente com alguma parte do corpo acima
dos
joelhos durante o jogo caso isso não interfira no jogo do oponente; tocar a
quadra do oponente em qualquer outra situação é proibido.
· Contato com a rede pelo jogador não é falta, a não ser que interfira no jogo.
· O/a jogador(a) pode tocar os postes, cabos ou qualquer outro objeto fora do
comprimento total da rede, contanto que esta ação não interfira no jogo.
· Um jogador (exceto o líbero) que não puder continuar jogando por lesão e
etc.
deve ser substituído legalmente.
· No momento de um pedido de substituição, o jogador substituto deve estar de
pé, pronto para entrar na quadra e próximo à zona de substituição.
· Designação do líbero:
2007 cada time tem o direito de designar 12 jogadores, dois sendo jogadores
especializados na defesa, líberos.
Alterações nas regras os dois líberos devem ser marcados na súmula antes da partida nas linhas
ocorridas em 2007 especiais reservadas para isso.
Continuação somente um líbero, designado pelo técnico antes do início da partida pode
jogar de cada vez, o outro será líbero reserva, em caso de lesão ou mal estar.
o líbero não pode ser nem capitão do time nem capitão em jogo ao mesmo
tempo em que estiver na função de líbero.
para competições mundiais e oficiais da FIVB, o líbero redesignado deve usar o
colete do mesmo estilo e cor do líbero lesionado, mas deve manter seu próprio
número.
As consequências para uma troca ilegal de líbero são as mesmas de uma falta
de rodízio.
· Redesignação do novo líbero:
· No caso de lesão do líbero designado e com a prévia aprovação do primeiro
árbitro, o técnico ou o capitão em jogo pode redesignar como novo líbero um
dos jogadores que não está na quadra no momento da redesignação.
Entretanto, se o líbero reserva já tiver sido designado em súmula antes da
partida, esse jogador deve ser redesignado como novo líbero. As
redesignações adicionais são permitidas.
· O capitão do time pode ceder seus privilégios de liderança para ser
redesignado como o novo líbero, se requerido pelo técnico. Trocas por lesões
ou mal estar do líbero ou do líbero redesignado não são contados como
substituições.
· Agressão - ataque físico ou tentativa de agressão.
· Um bloqueio finalizado por um jogador da defesa ou uma tentativa de bloqueio
do líbero (responsabilidades do 1º árbitro).
· Um bloqueio finalizado por um jogador da defesa ou uma tentativa de bloqueio
pelo líbero ou um ataque feito pelo jogador da defesa ou pelo líbero
(responsabilidades do 2º árbitro).
· A bola passando completamente pelo espaço debaixo da rede
(responsabilidades do segundo árbitro).
· Um rally completo ocorre quando uma sequência de jogadas que resulta em
pontuação.
O 31° congresso da FIVB foi organizado em Dubai.
2008
O Sr. Wei ZIHONG foi eleito o terceiro presidente da FIVB após a saída do
segundo presidente da FIVB, Dr. Ruben Acosta. Gestão de 1984 a 2008

Emenda das Regras do jogo.


· Pressão da bola: 0.20-0.25 Kg/cm² (2.84-3.55 psi)(196.2-245.25) mbar, hps.
· Os tênis devem ser leves e flexíveis, com sola de borracha ou de couro, sem
salto.
· Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, as camisas dos jogadores
devem ser numeradas de 1 a 20.
· Caso o técnico tenha de deixar seu time por alguma razão, incluindo sanções,
o assistente técnico pode, a pedido do capitão e com autorização do primeiro
árbitro, assumir as funções do técnico durante sua ausência.
· A bola em direção à quadra oponente pelo espaço de baixo está em jogo até o
momento em que tiver atravessado o plano vertical da rede.
· Um jogador interfere em uma jogada do oponente no momento em que invade
o espaço do oponente sob a rede.
· O(s) pé(s) de um jogador invade completamente a quadra do oponente.
· Um jogador interfere na jogada do oponente (entre outros):
tocando a rede ou a antena durante sua ação de jogar a bola;
tocando a rede simultaneamente com a bola;
criando uma vantagem injusta sobre o oponente;
cometendo ações que impeçam uma tentativa de ataque legitimo para jogar a
bola.
Nota: algumas ações de jogar a bola podem incluir ações em que os jogadores
não encostam realmente na bola.
· Penetração sob a rede - é permitido penetrar no espaço adversário com
qualquer parte do corpo acima do pé, desde que isto não interfira no jogo do
adversário.
· Contato com a rede - jogadores podem tocar o poste, cabos e outros objetos
fora a antena, incluindo a própria rede, contanto que não interfira com a jogada
do oponente.
· Definição de interrupção - uma interrupção é o tempo o término de um rally e o
apito do primeiro árbitro para o próximo serviço.
· Substituição excepcional - um jogador machucado (exceto o líbero) que não
2008 puder continuar jogando, deve ser legalmente substituído. Se isto não for
possível, a equipe tem o direito de fazer uma substituição excepcional além
Emenda das Regras do jogo dos limites da regra 15.6.
· Procedimentos de substituições:
Continuação 15.10.3a - o pedido de substituição é entrada do jogador substituto na
zona de substituição, pronto para jogo, durante a interrupção regular;
15103b - se esse não for o caso, a substituição não é permitida e o time
é sancionado por retardamento;
15.10.3c - o pedido de substituição é aceito e anunciado pelo apontador
ou pelo segundo árbitro, por meio da campainha ou apito,
respectivamente;
15.10.4 - se um time quiser fazer simultaneamente mais de uma
substituições, todos os jogadores sendo substituídos apresentar-se à
zona de substituição ao mesmo tempo, para ser considerado o mesmo
pedido. Nesse caso, substituições devem ser feitas em sucessão, um
par de jogadores de cada vez.
· Designação do líbero:
é compulsório para cada time designar entre sua lista 14 jogadores, os
2 especializados na defesa – líberos;
o líbero deve ser registrado na súmula antes da partida nas linhas
especiais reservadas para isso;
um líbero designado pelo técnico antes do começo da partida, será o
líbero atuante. O outro será um líbero reserva;
o líbero não pode ser nem capitão do time nem capitão em jogo quando
estiver desempenhando a função de líbero;
· Equipamento - para competições oficiais da FIVB, o líbero redesignado deve
usar a camisa de mesmo estilo e cor do líbero original, mas deve manter seu
próprio número.
· Substituição dos jogadores:
são ilimitadas, mas deve ter havido um rally completo entres a substituição
dos dois líberos (a menos que haja um rodízio forçado por penalidade);
substituições subsequentes atrasadas resultam na interrupção do jogo
imediatamente e é imposta de uma sanção de retardamento;
. O time a servir em seguida será determinado como resultado da sanção de
2008 retardamento; as consequências de uma substituição ilegal de um líbero são as
mesmas
Emenda das Regras do jogo de uma falta de rodízio.
· Redesignação de um novo líbero:
Continuação o técnico tem o direito de trocar o líbero atuante pelo líbero reserva, mas
somente uma vez na partida, e só após o jogador regular substituído ter
retornado a quadra.
O líbero original não poderá entrar novamente até o fim da partida;
em caso de lesão ou mal estar do líbero reserva, o técnico pode designar
para líbero qualquer outro jogador (exceto o líbero original) que não esteja
em quadra no momento da redesignação;
o capitão do time pode ceder seus privilégios de liderança para ser
redesignado como líbero, se requerido pelo técnico;
troca em caso de lesão ou mal estar do líbero ou do líbero redesignado não
é considerada como uma substituição;
· Conduta imprópria levando a sanções:
agressão - ataque físico ou agressivo ou comportamento ameaçador.
o primeiro ataque físico ou ameaça de agressão é sancionado como
desqualificação, sem outras consequências.
· Procedimentos de sinais manuais - em caso de falta de ataque por jogadores
de defesa ou líberos, ambos os árbitros fazem a indicação de acordo com as
regras 22.2.3.1, 22.2.3.2.
· Responsabilidades do primeiro árbitro - a finalização do bloqueio por jogadores
de defesa ou tentativa de bloqueio pelo líbero.
· Responsabilidades do segundo árbitro - a finalização do bloqueio por jogadores
de defesa ou tentativa de bloqueio pelo líbero, ou falta de ataque dos jogadores
de defesa ou do líbero.
· Responsabilidades do apontador - é habilitado a autorizar e anunciar
solicitações para substituições de jogadores por meio da campainha,
controlando seus números, e registrando substituições e pedidos de tempo,
informando o segundo árbitro.
2009 - 2012 Regras de Jogo New Rules após o Congresso de Dubai.

Regras de Voleibol aprovadas no 32º Congresso da FIVB


em Roma, 2010.
Texto de Regras de Jogo New Rules após o Congresso de
Dubai
· Linha de ataque - em cada quadra, uma linha de ataque, cujo bordo traseiro é
traçado 3 m atrás do eixo da linha central, marca a zona dianteira.
Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, a linha de ataque é estendida
pela adição de linhas pontilhadas nas linhas laterais, com linhas curtas de 15
cm de comprimento e cinco cm de largura, traçadas a 20 cm de cada uma,
2009 - 2012 somando o comprimento total de 1.75 m. As “linhas de restrição dos técnicos”
(uma linha tracejada que se estende da linha de ataque até o fim da quadra,
paralela às linhas laterais e a 1.75 m das mesmas) são compostas por 15 cm
de linhas curtas, separadas 20 cm umas das outras para marcar o limite da
New Rules área de operação dos técnicos.
· A zona de troca do líbero faz parte de uma zona livre ao lado dos bancos do
time, limitada por uma extensão da linha de ataque até a linha de fundo.
· Um time é composto por 12 jogadores, um técnico, um assistente técnico, um
preparador físico e um médico.
Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, o médico deve ser credenciado
anteriormente pela FIVB. Para competições Mundiais Sênior e da FIVB, um
time pode ser composto por, no máximo, 14 jogadores, sendo o máximo de 12
jogadores regulares.
· Os tênis devem ser leves e flexíveis, com sola de borracha ou de couro, sem
salto. Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, é proibido usar tênis
predominantemente preto.
· As camisas dos jogadores devem ser numeradas de 1 a 18. Nas competições
Mundiais e Oficiais da FIVB, os jogadores devem ser enumerados de 1 a 20.
Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, o número dos jogadores deve
ser repetido na perna direita do calção. Os números devem ter de 4 a 6 cm de
altura e as listras formadoras dos números devem ter no mínimo 1 cm de
largura. Camisas e calções devem estar de acordo com os padrões da FIVB
É proibido usar uniformes de cor diferente da dos outros jogadores de seu time
(exceto o líbero), e/ou sem numeração oficial.
Pode-se jogar com roupas de treino em tempo frio, contanto que elas sejam da
mesma cor e design para todo o time (exceto para os Líberos) e numerados de
acordo com a Regra 4.3.3.
· Lideres do time - tanto o capitão do time quanto o técnico são responsáveis
2009 - 2012 pela conduta e disciplina dos membros de seus times. O líbero não pode ser o
capitão do time ou capitão em jogo.
· Durante a partida, o técnico pode, assim como outros membros do time, dar
instruções para os jogadores em quadra. O técnico pode dar essas instruções
New Rules
enquanto de pé ou andando dentro da zona livre em frente ao banco do time,
da extensão da linha de ataque até a área de aquecimento, sem atrapalhar ou
atrasar a partida. Para competições Mundiais e Oficiais da FIVB, o técnico é
Continuação restrito a realizar suas funções atrás das linhas de restrição do técnico.
Caso o técnico tenha de abandonar o seu time por qualquer motivo, incluindo
sanção, o assistente técnico pode, a pedido do capitão de jogo, e com a
autorização do 1º árbitro, realizar as suas funções durante sua ausência.
· Rally e rally finalizado - o rally é a sequência de ações dos jogadores do
momento do serviço ate o momento em que a bola fora de jogo. Um rally
finalizado é a sequência de ações as quais resultam em um ponto.
· Uma falta de posicionamento leva às seguintes consequências: o time é
sancionado com um ponto e o serviço é do oponente.
· Uma falta de rodízio é cometida quando o serviço não é feito de acordo com a
ordem de rodízio. Isso leva às seguintes consequências:
o time é sancionado com um ponto e serviço é do oponente;
a ordem de rodízio do jogador é retificada.
· Adicionalmente, o apontador deve determinar o momento exato em que a falta
foi cometida e todos os pontos marcados subsequentemente pelo time em falta
devem ser cancelados.
Se este momento não puder ser determinado, nenhum cancelamento de ponto
acontece, e um ponto de serviço para o oponente é a única sanção imposta.
· Dentro da área de jogo não é permitido a um jogador apoiar-se em um jogador
2009 - 2012 de sua equipe ou qualquer estrutura/objeto para golpear a bola. Toque
apoiado: um jogador usa como suporte qualquer jogador ou estrutura/objeto
para tocar a bola dentro da área de jogo.
New Rules · A bola que se encaminha para a quadra adversária pelo espaço inferior está
em jogo até o momento de ter cruzado completamente o plano vertical da rede.
· É permitido tocar a quadra adversária com o(s) pé(s), desde que alguma parte
dele(s) permaneça(m) em contato ou diretamente sobre a linha central. É
Continuação permitido tocar a quadra adversária com qualquer parte do corpo acima dos
pés, desde que isto não interfira no jogo do adversário.
· O contato de um jogador com a rede não é falta, a não ser quando interfere na
jogada.
· Jogadores podem tocar o poste, cabo de fixação ou qualquer outro objeto além
da antena, incluindo a própria rede, desde que isto não interfira no jogo.
· Quando a bola é dirigida para a rede e causa um contato da rede com um
adversário, não há falta.
· Faltas dos Jogadores na rede:
um jogador toca a bola ou um adversário no espaço adversário, antes ou
durante o golpe de ataque do adversário;
. um jogador interfere no jogo do adversário quando penetra no espaço
adversário sob a rede;
o(s) pé(s) de um jogador penetram completamente na quadra adversária.
· Um jogador interfere no jogo do adversário quando (dentre outras):
toca a faixa superior da rede ou os 80 cm de cima da antena, durante sua
ação de jogar a bola;
2009 - 2012 apoia-se na rede simultaneamente ao jogar a bola;
cria uma vantagem sobre o adversário;
realiza ações que obstruam uma tentativa legítima de um adversário jogar a
New Rules bola.
· Faltas de saque e faltas de posição.
· Características do golpe de ataque: um jogador de defesa também pode
completar um golpe de ataque na zona de frente se, no momento do contato,
Continuação parte da bola está abaixo do topo da rede.
· Bloquear é a ação dos jogadores próximos à rede para interceptar a bola vinda
do adversário estendendo-se mais alto que o bordo superior da rede, sem
importar a altura do contato com a bola. Somente aos jogadores da linha de
frente é permitido completar um bloqueio, mas no momento do contato com a
bola, parte do corpo deve estar mais alta do que o topo da rede.
· As interrupções de jogo regulamentares são: os tempos e as substituições de
jogadores. Uma interrupção é o tempo entre um rally completo e o apito do 1º
árbitro para o próximo saque.
Cada equipe tem direito ao máximo de dois tempos e de seis substituições em
cada set.
Interrupções regulamentares do jogo podem ser solicitadas pelo técnico, ou na
ausência do técnico, pelo capitão em jogo, e somente por eles. A solicitação é
feita por meio da correspondente sinalização manual, quando a bola está fora
de jogo e antes do apito para o saque.
· O líbero pode apenas ser trocado pelo jogador com quem ele trocou (exceto
devido à lesão/doença ou quando há uma rotação forçada, causada por uma
penalidade).
· Uma troca feita depois do apito para o saque, mas antes do golpe de saque
não deve ser rejeitada, mas deve ser objeto de aviso verbal depois do fim do
rally.
Trocas tardias posteriores resultarão na interrupção imediata da jogada e na
2009 - 2012 imposição de uma penalidade por retardamento. A próxima equipe a sacar será
determinada pelo resultado da sanção de retardamento.
· O líbero e o jogador com quem trocou só podem entrar ou sair da quadra pela
Zona de Troca de Líbero. As consequências de uma troca ilegal de líbero são
New Rules as mesmas daquelas das faltas de rotação.
· O técnico tem o direito de modificar o líbero atuante pelo líbero reserva por
qualquer razão, mas somente uma vez na partida e somente após o retorno
Continuação para a quadra do jogador trocado. Esta modificação deve ser registrada na
seção de observações da súmula e na folha de Controle de Líbero.
O Líbero original não pode mais retornar ao jogo, pelo resto da partida.
· Em caso de doença ou lesão do líbero reserva, o técnico pode designar como
líbero para o resto da partida, qualquer outro jogador (exceto o líbero original)
que não esteja em quadra no momento da redesignação.
· O capitão da equipe pode abdicar de todos os privilégios de liderança para ser
redesignado como líbero, se assim solicitado pelo técnico. Mudanças devidas à
lesão ou doença do líbero ou redesignação de líbero não são contadas como
trocas.
· As faltas por Conduta Incorreta Menor não estão sujeitas a punições. É dever
do primeiro árbitro prevenir a equipe da hierarquia da escala de punição
emitindo uma advertência verbal ou sinal manual para a um membro da equipe
ou para a equipe por meio do capitão da equipe.
Esta advertência não é uma punição e não tem conseqüências imediatas. Ela
não deve ser registrada na súmula.
· Agressão: ataque físico real ou tentativa de agressão, ou comportamento
agressivo ou ameaçador.
· De acordo com o julgamento do primeiro árbitro e dependendo da seriedade da
falta, as punições a serem aplicadas e registradas na súmula são penalidade,
expulsão ou desqualificação.
2009 - 2012 · A primeira conduta rude na partida por qualquer membro da equipe é punida
com um ponto e saque para o adversário. O primeiro ataque físico ou implícito
ou ameaça de agressão é punido com desqualificação, sem qualquer outra
consequência.
New Rules · Imediatamente após o apito dos árbitros para sinalizar o fim do rally, eles
devem indicar, através dos sinais manuais oficiais:
se a falta foi apitada pelo segundo árbitro, ele indicará:
Continuação a. a natureza da falta;
b. o jogador faltoso (se necessário);
c. a equipe que saca, seguindo a sinalização do primeiro árbitro.
Neste caso, o primeiro árbitro não mostra nem a falta nem o jogador faltoso,
mas somente a equipe que saca.
em caso de uma falta de ataque por jogadores da defesa ou pelo líbero,
ambos os árbitros fazem a indicação, de acordo com as regras 22.3.2.1 e
22.2.3.2.
em caso de falta dupla ambos árbitros indicam:
a. a natureza da falta;
b. os jogadores faltosos (se necessário);
c. a equipe que saca, como definido pelo primeiro árbitro.
· Durante a partida, o primeiro árbitro está autorizado a:
a. advertir as equipes;
b. punir condutas incorretas e retardamentos;
c. decidir sobre:
faltas do sacador e de posição da equipe sacadora, inclusive barreira;
faltas no toque de bola;
faltas no bordo superior da rede;
faltas no ataque do líbero e dos jogadores da defesa;
2009 - 2012 um ataque finalizado por um jogador de uma bola proveniente de um passe
de voleio (toque de bola) de um líbero que está na sua zona de frente ou na
extensão dela; bola cruzando o espaço inferior sob a rede;
bloqueios finalizados pelos jogadores da defesa ou a tentativa de bloqueio
New Rules por um líbero.
· Durante o jogo, o segundo árbitro decide, apita e sinaliza:
penetração na quadra do oponente, e o espaço sob a rede;
Continuação faltas de posição da equipe receptora;
o contato faltoso do jogador com a rede em sua parte inferior e com a
antena do seu lado da quadra ;
qualquer bloqueio efetivo de um jogador da defesa ou uma tentativa de
bloqueio do Líbero; falta de ataque de jogadores da defesa ou do líbero.
· O apontador mantém a súmula de acordo com as regras, cooperando com o
segundo árbitro. Ele(a) usa uma campainha ou outro aparelho sonoro para
comunicar aos árbitros o que estiver sob sua responsabilidade.
· Durante a partida o apontador:
é habilitado a certificar e anunciar o pedido de substituição de um jogador
por meio da campainha, controlando seus números e registrando o tempo,
informando ao segundo árbitro.
registra quaisquer punições; notifica os árbitros de qualquer falta na troca do
líbero usando a campainha.
2009 - 2012 Regras de Voleibol aprovadas no 32º Congresso da FIVB em
Roma, 2010
Composição da equipe
· A equipe é constituída de até 12 jogadores, um técnico, um assistente técnico,
um preparador físico e um médico.
Para as Competições Mundiais e Oficiais FIVB, o médico e o preparador físico
devem ser credenciados previamente pela FIVB.
· Os jogadores que não estão na formação inicial de um set são os reservas
para aquele set (exceto os líberos).
Contatos consecutivos
· Um jogador não pode tocar a bola duas vezes consecutivamente (exceto
Regras 9.2.3, 14.2 e 14.4.2).
· Quando dois oponentes tocam a bola simultaneamente sobre a rede e a bola
continua em jogo, a equipe receptora tem o direito a outros três toques. Se a
bola vai "fora", é falta da equipe colocada no lado oposto.
· Se ocorrerem contatos simultâneos sobre o bordo superior da rede, entre dois
jogadores oponentes, o jogo continuará.
· O líbero, designado pelo técnico antes do início da partida, será o líbero inicial.
O líbero em quadra é o líbero atuante. Se houver outro líbero, ele/ela atuará
como segundo líbero.
Em qualquer momento, apenas um líbero pode estar na quadra.
· Os jogadores líberos devem usar um uniforme (ou colete/peitilho para o líbero
redesignado) cujas camisetas, no mínimo, devem contrastar na cor com os
demais membros da equipe. O uniforme do líbero pode ter um feitio diferente,
mas deve estar numerado como os demais membros da equipe.
Para as Competições Mundiais e Oficiais da FIVB o Líbero redesignado deve
se possível, vestir camiseta do mesmo estilo e cor da do Líbero original, mas
manter o seu próprio número.
· Trocas envolvendo o líbero não são contadas como substituições.
2009 - 2012 Elas são ilimitadas, mas deve haver um rally completo entre duas substituições,
envolvendo um líbero (a menos que uma penalidade cause uma rotação para a
Regras de Voleibol provadas posição quatro (4), ou o líbero atuante se torne incapaz de jogar, tornando o
no 32º Congresso da FIVB rally incompleto).
em Roma, 2010 · O líbero atuante só poderá ser trocado pelo jogador regular correspondente a
esta posição, ou pelo segundo líbero. O jogador regular trocado pode substituir
qualquer líbero.
Continuação O treinador tem o direito de substituir o líbero atuante pelo segundo líbero por
qualquer motivo, depois de um rally completo, em qualquer momento durante o
jogo.
· O líbero e o jogador trocado só podem entrar ou sair da quadra, através da
"Zona de substituição de líbero”.
· Todas as trocas envolvendo líberos devem ser registradas na folha de Controle
de Libero (ou folha de pontuação eletrônica, se esta for usada).
· Uma troca de líbero ilegal pode envolver (entre outros):
troca de líbero antes de o rally ser completado;
troca do líbero por outro jogador que não o jogador da substituição regular.
As consequências de uma troca de líbero ilegal são as mesmas das faltas de
rotação.
Redesignação de um novo líbero
Equipe com dois líberos
· Quando uma equipe utiliza dois líberos, porém um deles torna-se incapaz de
jogar (expulso, doente, lesionado etc), a equipe tem o direito de jogar com
apenas um líbero e o segundo líbero se torna o líbero atuante. Nenhuma
redesignação será permitida, a menos que o líbero atuante seja incapaz de
jogar a partida e o outro líbero também, seja declarado incapaz de continuar.
Equipe com um líbero
2009 - 2012 · Se um só líbero está registrado na súmula, caso este seja declarado
incapaz de jogar, o técnico pode redesignar como líbero para o restante da
Regras de Voleibol provadas partida, qualquer outro jogador (substituição excepcional de jogador) que
no 32º Congresso da FIVB não esteja na quadra no momento da redesignação. O técnico (ou capitão
em Roma, 2010 em jogo, caso o técnico não esteja presente) deve contatar o segundo
árbitro, pedindo a "redesignação".
· Caso o líbero redesignado seja declarado incapaz de jogar, outras
Continuação redesignações são possíveis, porém o(s) líbero(s) original (ais) não poderá
(ão) retornar ao jogo.
· Se o treinador solicitar que o capitão da equipe seja redesignado como
líbero, isto será permitido, porém o capitão da equipe deve, neste caso,
abandonar todos os privilégios de liderança.
· No caso de um líbero redesignado, o número do jogador redesignado como
líbero deve estar registrado na seção de observações da súmula e na folha
de Controle de Líbero (ou folha de pontuação eletrônica, se esta for usada).
Será atribuído ao jogador redesignado, um colete para mostrar que um novo
líbero está em jogo.
Expulsão e desqualificação
Se o líbero é expulso ou desqualificado, ele/ela pode ser substituído
diretamente pelo outro líbero da equipe. Caso a equipe tenha apenas um
líbero, ela deve jogar sem líbero durante a sanção.
2013 Regra Oficial2013/ 2016 aprovada no 33º Congresso da FIVB 2012.

Baixe o arquivo com a regra completa no link abaixo:

http://www.cbv.com.br/v1/cobrav/regras.asp