Você está na página 1de 12

PROGRAMA

STEWARDSHIP
INTRODUÇÃO
• Os antibióticos têm transformado a prática da
medicina, tornando infecções uma vez letais
facilmente tratáveis e fazendo avanços médicos,
como quimioterapia e transplante de órgãos,
possíveis;¹
• A produção em massa de antibióticos deu à
humanidade uma vantagem temporária na luta
com microrganismos;²
INTRODUÇÃO
• Os antimicrobianos são responsáveis por mais de
30% dos orçamentos de farmácia hospitalar;³
• Cerca de 50% dos antimicrobianos utilizados é
inadequado;³
• O uso inadequado dos antimicrobianos leva não só
ao aumento dos custos como também ao
desenvolvimento de microrganismos resistentes;
INTRODUÇÃO
• Reconhecendo a necessidade urgente de melhorar
o uso de antibióticos nos hospitais e os benefícios
de programas de gestão responsável de
antibióticos, em 2014 CDC (The Centers for Disease
Control and Prevention) recomendou que todos os
hospitais de cuidados agudos implementassem o
programa Stewardship;¹
CONCEITO
• Programa que têm o objetivo de promover o uso
racional de antibióticos;
• É um esforço multiprofissional através da prestação
de cuidados continuados;
• Envolve uma seleção pontual de dose e duração de
um antimicrobiano para o melhor resultado clínico
para o tratamento ou prevenção de infecção com a
mínima toxicidade ao paciente;
[Nathwani et al., 2012]
CONCEITO

“O antibiótico certo para o paciente certo, no tempo


certo com a dose certa e caminho certo causando
menos danos ao paciente e para pacientes futuros”
[Adaptado de www.cdc.gov/getsmart/healthcare/inpatient-stewardship]
OBJETIVOS
1. Melhorar os resultados dos pacientes:
Melhorar as taxas de cura dos pacientes;
Reduzir as taxas de infecções;
Reduzir a mortalidade de morbidade;
2. Melhorar a segurança do paciente:
Reduzir o consumo de antimicrobiano sem o aumento
da mortalidade ou readmissões relacionados com a
infecção;
Reduzir colonização ou infecção por C. difficile
controlando a utilização de alto risco;
OBJETIVOS
3. Reduzir a resistência:
A restrição dos antimicrobianos pode reduzir a
colonização ou infecção com bactérias resistentes a
bactérias gram-positivas ou gram-negativas;
4. Reduzir custos:
Economia alcançada ao reduzir os custos de antibióticos
pode ser maior do que o custo da intervenção ou
programa;
IMPLANTAÇÃO
13 PASSOS FUNDAMENTAIS:
1. Apoio da liderança;
2. Medico Champion;
3. Farmacêutico específico;
4. Apoio formal das áreas clínica, cirúrgica, de
terapia intensiva e urgência, além da qualidade,
SCIH, TI, informática, enfermagem e
microbiologia;
5. Principais políticas: guias institucionais, indicação,
dose e tempo de tratamento;
IMPLANTAÇÃO
6. Principais estratégias do programa:
ESTRATÉGIAS CENTRAIS ESTRATÉGIAS SUPLEMENTARES
Formulário de restrições e pré- Racionalização
autorização Optimização de dose
Auditoria prospectiva com Conversão de parenteral para oral
intervenção e feedback Educação
Vigilância laboratorial e feedback
Time multidisciplinar Terapias de combinação
Ciclismo antimicrobiano
[Adaptado de Delit et al. Clinical infectious Diseases 2007; 44:159-77]
IMPLANTAÇÃO
7. Atuação da farmácia: switch EV/VO, ajuste de
dose, farmacocinética e farmacodinâmica (PK e
PD), alertas e interrupções automáticas;
8. Intervenções por patologia: pneumonia,
infecções urinárias, pele, ferida cirúrgica,
profilaxias, sepse e micro-organismos específicos;
9. Indicadores de processo: adesão e adequação;
10. Indicadores de desfecho: taxas de C. difficile,
perfil de resistência e densidade de incidência
dos principais microrganismos e mortalidade;
IMPLANTAÇÃO
11. Indicadores de consumo (DDD, DOT e custos);
12. Relatórios gerenciais;
13. Educação continuada para médicos,
farmacêuticos e outras categorias;