Você está na página 1de 33

Conceitos Iniciais , Lei da Viscosidade de

Newton, Tipos e Propriedades dos


Fluidos
 Comportamento Físico dos Fluídos e suas propriedades.

Estática Fluído em Dinâmica Fluído em


Repouso Movimento

 Movimento dos Fluídos incompressíveis  hidrodinâmica


hidráulica.

 Aerodinâmica  Escoamento de gases sobre corpos tais


como: aeronaves, foguetes e automóveis.

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
Problemas envolvidos na engenharia :

Escoamento de líquidos e gases

Máquinas hidráulicas

Sistemas de Ventilação

Aerodinâmica

Instalações hidráulicas e pneumáticas


BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
 Sistema e volume de controle
 Um sistema é definido como uma quantidade de
massa fixa e identificável;
 O sistema é separado do ambiente pelas suas
fronteiras.

ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
 Um volume de controle é um volume arbitrário no
espaço através do qual o fluido escoa.

 Condição de Contorno: Condições Físicas que


existem nas fronteiras do meio.
BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Fluído:
 Definições elementares:
 Não possuí forma própria
 Assume o formato do recipiente .
 Tende a escoar.

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Sólidos:
 Tendem a deformar ou dobrar

Alcança uma nova


posição de equilíbrio
estático

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
 Fluído é uma substância que deforma-se
continuamente, quando submetido a uma força
tangencial (tensão de cisalhamento)

 Não há nova posição de equilíbrio estático

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
 Tensão de Cisalhamento

Unidade:
N/m2 = Pa

•Tensão normal  em repouso PRESSÃO


•Tensão de cisalhamento  componente tangencial
BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Hipótese do Contínuo

 Fluídos são compostos por partículas, existindo


espaços vazios entre elas.
 Na hipótese do contínuo esses espaços são
considerados inexistentes.
 Cada ponto do espaço corresponde a um ponto
fluído

FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
 Princípio da Aderência
 As partículas fluídas em contato com a superfície
sólida têm a mesma velocidade da superfície que
entram em contato

v
v = constante

V=0

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


F
Ft INTER
NAS
Equilíbrio
dinâmico

v
v = constante

V=0

 Placa superior adquire movimento uniforme,


com velocidade constante (v0)
BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
Gradiente de Velocidade:

•Cada lâmina de fluido adquire uma velocidade própria compreendida


entre zero e V0.
BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
Tensão de
Cisalhamento Gradiente de
Proporcionais
velocidade

• Princípio da Lei de Newton da


viscosidade.

•Fluidos newtonianos
BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.
 A constante de proporcionalidade da lei de Newton

viscosidade dinâmica, 

Forças Forças
Internas = Tangenciais

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


 Viscosidade propriedade que indica maior ou menor
dificuldade do fluído escoar

Resistência
em escoar

Viscosidade

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


.
 Simplificação Prática
 Nos casos em que a espessura da camada de fluido
é pequena, a função V=f(y) pode ser considerada
linear.
V  a. y  b
y
v = cte


y
V  a. y  b
v = cte


dv
a
dy

para y  0 se tem v  0, portanto b  0


v
para y   se tem v  v, portanto a 

v dv v
portanto : v  y e   constante
 dy 
dv v
        constante
dy 
 Massa específica

 Massa específica é a massa de fluido por unidade de


volume do mesmo

Unidade:

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Peso Específico

 Peso específico é o peso de fluido por unidade


de volume.

Unidade:

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Peso Específico

 Pode-se deduzir uma relação simples entre peso


específico e massa específica

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Peso Específico Relativo para Líquidos
 É a relação entre o peso específico do líquido e o peso
específico da água em condições padrão

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
 Viscosidade Cinemática

 Viscosidade cinemática é o quociente entre a


viscosidade dinâmica e a massa específica.

Unidade:

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-Hill, 2012.
obedecem a lei de não obedecem a lei de

Fluído não Newtoniano


Fluído Newtoniano

Newton da viscosidade Newton da viscosidade


relação linear entre o não existe uma relação
valor da tensão e linear entre o valor da
gradiente de tensão e gradiente de
velocidade velocidade.
μ = constante Ex.: tintas, soluções
gases e líquidos poliméricas, produtos
simples (água, alimentícios como
gasolinas) sucos e molhos,
sangue, lama
 Fluído Ideal

 Fluido ideal é aquele cuja viscosidade é nula.

 Por essa definição conclui-se que é um fluido que


escoa s em perdas de energia por atrito.

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


 Fluído Incompressível

 Diz-se que um fluido é incompressível se o seu


volume não varia ao modificar a pressão.

 Isso implica o fato de que, se o fluido for


incompressível, a sua massa específica não varia
com a pressão

BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson, 2009.


.
 São dadas duas placas planas paralelas à distância de
2mm. A placa superior move-se com velocidade de 4
m/s, enquanto a inferior é fixa. Se o espaço entre as
duas placas for preenchido com óleo (Ʋ=10-5 m2/s;
ρ=830kg/m3qual será a tensão de cisalhamento que
agirá no óleo?
 Uma placa quadrada de 1,0 m de lado e 20 N de
peso desliza sobre um plano inclinado de 30°,
sobre uma película de óleo. A velocidade da
placa é 2 m/s constante. Qual é a viscosidade
dinâmica do óleo se a espessura da película é 2
mm?
Px  P.sen
Admitindo que a função V=f(y) é linear , pois a
espessura é pequena

dv V

dy 
Considerando a velocidade constante:

P.sen30 0 V0
F

V0  
Aplaca  Aplaca 

P.sen300 V0

Aplaca 
.V0 . Aplaca  P.sen300.
P.sen300.

V0 . Aplaca
P.sen300. 20 N .sen30.0,002m N .s
   0,01
V0 . Aplaca m m²
2 .1m²
s
 BRUNETTI. F. Mecânica dos Fluídos. 2ª Ed. São
Paulo: Pearson, 2009.
 ÇENGEL Y.A, CIMBALA, J.M. Mecânica dos
Fluidos: Fundamentos e Aplicações. McGraw-
Hill, 2012.
 FOX, R. W.; MCDONALD, A. T. Introdução à
Mecânica dos Fluidos 6ª ed. Rio de Janeiro:
LTC, 2006.