Você está na página 1de 29

ASPECTOS SOCIAIS

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


DA SEXUALIDADE

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


Departamento de Medicina Social
Por que estudar o tema?
• Em algum momento da sua vida profossional alguém irá pedir uma
orientação sobre o assunto.

• A sexualidade é vista como atributo do corpo e os profissionais de

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


saúde manipulam corpos.

• Muitas questões relativas a sexualidade são questões também para


a saúde: contracepção, violência sexual, educação sexual, dsts, etc.
Estudo da Sexualidade
• Freud: Teoria do desenvolvimento psicossexual;

• Kraft Ebbing, Havelock Ellis, Kinsey, Master Johnson, Kaplan

• Malinowski (1929): Início da antropologia;

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Mead (1935): Início da antropologia, conceito de gênero;

• Gagnon e Simon (1973): Conceito de roteiros (scripts)


sexuais, início do construcionismo social;

• Foucault (1976/1980): Início do construcionismo social, crítica


do positivismo.
Pesquisas em sexualidade
• Áreas: biologia; medicina, psicologia; sociologia; antropologia; história;
comunicação; family studies e women’s studies.

• Tipos de perspectivas teóricas:

• Essencialistas (Kraft Ebbing, Havelock Ellis, Kinsey, Master Johnson, Kaplan)

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Metateoria (Geer e O’Donohue ,1987);

• Estruturas conceituais (Beach, 1976; Byrne, 1977; Foucault, 1980; Freud,1957;


Gagnon e Simon, 1973; Maddock, 1983; Pitts, 1964; Symons, 1979; Trivers,
1972);

• Mini-teorias (Broderick, 1966; Mead, 1935; Reiss, 1967); e

• Modelos causais (Allgeier, 1987; Byrne, 1977; Green, 1985; Laumann, Gagnon,
Michael, Michaels, 1994).
Particularidade (specialness) do sexo

Gail Hawkes

Combinação de ansiedade e fascinação,

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


Moralidade, Significado social
Desejo sexual característica humana fundamental
(problemática)

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Aceitável regulações e proibições em
relação as expressões do desejo sexual

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• O medo e a ansiedade podem ser
aliviados pela presença do “normal” -
heterossexualidade
Dada a onipresença do sexo em torno
de nós nesta sociedade contemporânea, como é
possível sustentar o argumento que sexo é especial ?

No contexto das ansiedades: sexualidade dos jovens,

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


feminina e primazia da heterossexualidade

Ideia de capacidade de desordenar


Por que Hawkes diz que sexualidade é uma invenção da mente
humana ?

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


O que é sexo ? O que é sexualidade ?

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


Sexo
• Sexo biológico está alocado pela posse de marcadores físicos e
fisiológicos: externamente, a genitália, pênis, testículos, vagina,
clitóris; internamente, o útero, ovários, canal deferente, glândula

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


prostática.

• Componentes não macroscópicos como cromossomos e hormônios,


fornecem suporte bioquímico para essas categorias. Mesmo os
sentidos dados para estas distinções anatômicas têm origem social.
Palavras e significados
• Sexo biológico é marcado pela posse
• de marcadores característicos (físicos e fisiológicos).

• Modelo de 2 sexos é recente (idéia de oposição)

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Thomas Lacqueur (1990) estudou documentos médicos e mostra
que o sexo sempre foi considerado masculino (externo) enquanto o
sexo que não se desenvolvia (incompletude) era o outro sexo
(interno).

• O significado social e político da diferença sexual tem suas origens


no social e não no natural.
Sexualidade
• Tem sido apontado em um grande número de texto e discussões
que a sexualidade é um produto do século XIX.

• Sexualidade é também o que alguém faz fisicamente com os seus


genitais e com o do outro, ou assim como uma identidade escolhida

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


ou designada, definida através e por uma variedade de possíveis
significados-roupas, maneirismos, estilo de vida, escolha de objeto
erótico-interpretado e iluminado não fisicamente, mas
psicologicamente.

• É significante que a palavra sexualidade tenha primeiro surgido no


século XIX, assim como o é o fato de que ela emergiu e representou
uma forma de pensar sobre sexo que fez possível colocar todas as
complexidades do comportamento erótico sob um vasto guarda-
chuva.
Problematização do sexo: prazeres positivos

Foucault (1985) O uso dos prazeres História


da sexualidade II

Afrodisia: desejo, fonte de prazer e sua experiência


(relacionados e indivisíveis) essencial para manter a

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


vida humana (comer, beber, copular)

Ética: até que ponto cada um seria mestre (dono)


de seus desejos. Atitude viril era ativa. Haviam sujeitos
e objetos.
Sujeitos: homens adultos; objetos: mulheres, garotos e
escravos.
A continência sexual, a fidelidade e a monogamia eram
recomendadas e apreciadas.

A promiscuidade era vista como a perda da soberania

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


sobre si.

A ordem natural era o homem ser ativo e a perversão


significava degeneração.
DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


A questão não é o que constitui a sexualidade, mas como nós
entendemos os seus elementos e atribuições.
Conceito de Saúde Sexual
• A saúde sexual é a integração dos aspectos somáticos, emocionais,
intelectuais e sociais do bem-estar sexual, no que eles podem
enriquecer e desenvolver a personalidade, a comunicação e o amor.

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


A noção de saúde sexual implica uma abordagem positiva da
sexualidade humana.
Saúde Sexual
• O objetivo da saúde sexual reside na melhoria da vida e das
relações pessoais e não somente no aconselhamento e nos
cuidados relacionados com a procriação ou com as doenças

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


sexualmente transmissíveis (DST). (OMS, 1975, p. 41).
Direitos Reprodutivos

• Direitos humanos fundamentais

• Reconhecidos por leis internacionais e nacionais

• Conjunto de princípios, normas e institutos jurídicos

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Direitos e obrigações do Estado para os cidadãos

• De cidadão para cidadão

• Em relação à reprodução e exercício da sexualidade


Direitos individuais e sociais

Perspectiva de igualdade e equidade

Na relações pessoais e sociais.

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• objetivo é reduzir as violações à autonomia pessoal, integridade
física e psicológica de que são alvos indivíduos e coletividade, e
garantir os meios necessários para o ser humano alcançar seu
bem –estar sexual e reprodutivo.
Direito de decidir sobre a reprodução sem sofrer
discriminação, coerção, violência ou restrição ao número de
filhos e intervalo entre seus nascimentos.

Direito a ter acesso à informação e aos meios para o exercício


saudável e seguro da reprodução e da sexualidade

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


Direito a ter controle sobre o próprio corpo

Direito de exercer a orientação sexual sem sofrer


discriminações ou violência
A desigualdade entre homens e mulheres seria
natural?

Natureza X Cultura

•As diferenças sexuais são um fenômeno social e


não natural (significados)

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


•Na relações sociais se constroem as identidades
sexuais
•Sistema gênero e sistema sexualidade

•As normas sociais da sexualidade são construídas por gênero

•Dupla moral sexual

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


Gênero é um sistema de relações que
pode incluir sexo, mas não diretamente
determinado por sexo e nem diretamente

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


determinado por sexualidade.
Sexo Gênero
• Universal • Diferente dentro e entre as
• Determinado pela biologia culturas
• Permanente • Socialmente construído

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


• Dinâmico, muda através
dos tempos
• Influenciado por fatores
socioeconômicos
• O CID-10 aprovado pela Assembléia Mundial da Saúde em
1990 da OMS, afirma explicitamente que a homossexualidade
per se não deve ser considerada uma doença mental

• Uma grande variedade de documentos e afirmações das


Nações Unidas condenam a estigmatização e a vitimização
baseados na orientação sexual.
UN High Commissioner for Human Rights

• Todas as pessoas inclusive as Lésbicas, Gays,


Bisexuais e Transgênero (LGBT) tem direito a
proteção fornecida por leis internacionais incluindo o

Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira


direito a vida, segurança pessoal e privacidade,
direito de ser livre de torturas, prisão e detenção
arbitrária, discriminação e direito a livre expressão,
associação e reunião pacífica.
Obrigada
por sua atenção

Prof. Dra. Elisabeth Meloni


Vieira