Você está na página 1de 20

• ARRAS POR FORO DE ESPANHA

DE ALEXANDRE HERCULANO
ARRAS POR FORO DE ESPANHA
• Alexandre Herculano foi um escritor, historiador, jornalista e poeta
português da era do romantismo.

• Destacou-se por escrever muitas obras literárias sempre com uma


vertente histórica, sendo considerado um grande romancista
histórico.
Arras por foro de Espanha

• Arras por foro de Espanha é o segundo conto que podemos encontrar


no interior da obra Lendas e Narrativas.

• É constituído por sete capítulos; A arraia miúda; o Beguino; um


Bulhão e uma agulha de alfaiate; mil dobras pé-terra e trezentas
barbudas; Mestre Bartolomeu Chambão; uma barregã rainha;
Juramento, pagamento e a Nota Final do autor.
• A história centra-se durante o reinado de D. Fernando 4º rei da Segunda
Dinastia de Portugal e no casamento com Dona Leonor Teles.
• A.H. demonstra neste conto a insatisfação de todos os portugueses perante
aquela união. Que motivos existiam para tal?
• Dona Leonor já era casada com João Lourenço da Cunha e conseguiu que o
Papa anulasse o casamento parar conquistar o amor do rei e satisfazer a
sua ambição de poder. O rei cego de paixão julgava-se amado o povo via, e
sofria.
• Os nobres também desaprovavam pois, a união com uma mulher casada
não se adequava às leis religiosas e políticas da Idade Média.
• A nobreza, descontente, fez chegar aos ouvidos da população os indícios de
sua própria revolta, e que resultou logo depois em muito sangue
derramado (o dote exigido pela rainha) e na vitória da adúltera.
• As personagens em questão existiram, fizeram parte da História da
nação portuguesa.
• Com esta obra passam a existir na mente do leitor e não apenas na
história. Mas é sobretudo a personagem de D. Leonor Telles que
centra toda a ação da obra
• O caráter diabólico de Dona Leonor adquire uma faceta de tal
perversidade e maquiavelismo que AH a chama de Lucrécia Borgia
Portuguesa.
• "A mulher é um verdadeiro diabo, uma inimiga da paz uma fonte de
impaciência, uma ocasião de disputa das quais o homem deve
manter-se afastado se quer estar em tranquilidade." (Francisco
Petrarca, poeta italiano, século XIV)

• Leonor Telles era também uma mulher conflituosa e inimiga da paz.


Talvez por ter vivido na idade Média pois esta divergia da mulher do
Renascimento. Na idade Média a mulher podia até trabalhar para
sustentar a casa. Era uma mulher que sabia manipular mesmo
quando parecia que quem mandava era o homem.
As outras personagens
• Dom Fernando fraco, subjugado pela paixão por uma mulher de
caráter interesseiro.
• Dom Diniz (filho de Inês de Castro e de D. Pedro, irmão de D.
Fernando) é tão ambicioso quanto Dona Leonor pois não se acanha
em unir-se ao matador de sua mãe, na tentativa de derrubar aquela
que se tornara um entrave às suas pretensões.
• Dom Diniz é o único que não se dobra aos caprichos da rainha, mas
também não termina como um vencedor. Afasta-se de cena, à meia-
noite, dentro de uma barca que “subia com dificuldade a corrente
rápida do Douro”
• O povo (a arraia miúda), personagem coletiva tal como na crónica de
Fernão Lopes.
• Não há distinções entre o povo.
• Exceção para Fernão Vasques, eleito porta-voz da população, tirando
este ninguém se destaca em particular.
• O povo é grandioso ao lutar, mas pequeno e insignificante na derrota.
• Outros personagens aparecem (Frei Roy, Mestre Bartolomeu
Chambão e outros) ajudando a formar os elos da intriga tal como é
usual no Romantismo do século XIX
• Entre todos continua a ser a figura ímpar da rainha que se destaca.
• Ela é a alma da narrativa.
• Ela é terrível na sua vingança, mas sem ela a história seria outra.
• É uma narrativa histórica, repleta das características intrínsecas do
romantismo português do século XIX, principalmente a característica
que vai retomar os valores medievais, com a descrição dos ambientes
vividos em pleno século XIV.
• Apresenta uma linguagem tão vívida e cinematográfica quanto a de
Fernão Lopes.
• Uma leitura deliciosa que nos transporta até à idade Média e nos dá a
conhecer a força da Mulher e o maquiavelismo de uma rainha num
mundo dominado pelos homens.

Interesses relacionados