Você está na página 1de 9

SPLICING

ALTERNATIVO

Genética e Evolução
Igor Rocha e Patrick Ferraz
Professor: Lucas Brandão
O que é splicing?
Spliceossomos

• Os spliceossomos consistem em 5 tipos de


nRNA que são acoplados a até 150
proteínas!
Ação dos Spliceossomos
Como os humanos podem produzir 100.000
proteínas possuindo apenas 30.000 genes?

a) Um éxon pode ser deixado de fora;


b) Pode reconhecer pontos 5’ para certos íntrons;
c) Pode reconhecer pontos 3’ para certos íntrons;
d) Um íntron pode ser mantido na transcrição final de
mRNA.
e) Se um deles é adicionado à sequência, o outro será
excluído.
Obs.: Sequências Alu
Descoberta do splicing alternativo
• Descoberto independentemente por Richard Roberts
dos New England Biolabs e Phillip Sharp do Instituto
de Tecnologia do Massachusetts;

• A descoberta foi tão importante que lhes valeu o


Prêmio Nobel em Fisiologia ou Medicina em 1993.
Vantagens do Splicing Alternativo

• Relevante na regulação da expressão gênica;

• Aumento da diversidade de transcritos;

• Aumento da diversidade de proteínas;

• Diferenciação de tecidos.
“UM GENE, UMA PROTEÍNA”
NÃO FAZ MAIS SENTIDO.