Você está na página 1de 22

EIXOS DA LEITURA E

ESCRITA

Bárbara Vilalba B. Farias


Fernanda Gomes dos S. Lima
Jaqueline Vitório da Silva
Karyna Bernardo S. P. Pereira
Kelley Lima
Paloma de S. Fortunato
COMPREENSÃO E
VALORIZAÇÃO DA CULTURA
ESCRITA

“Ler não é decifrar, escrever não é copiar”


(Emilia Ferreiro)
A compreensão da cultura escrita vem de
um processo de integração com o mundo letrado.
Todas as pessoas independente do grau de
escolaridade ou posição social esta, de algum
modo, inserido numa cultura letrada: tem
documentos escritos, realiza bem ou mal,
práticas que dependem da escrita. Estar inserido
na cultura escrita significa ter comportamentos
letrados, atitudes e disposições diante ao mundo
da escrita.
Precisamos fazer com que as crianças
tenham o contato com diversos tipos de textos
escritos.
Como por exemplo:

 Textos que circulem em espaços domésticos,


como por exemplo, cartas, bilhete, reportagem,
letra de musica, conversa ao telefone, noticias
etc.

 Textosque circulem em espaços institucionais


de manutenção exemplo: distribuição venda e
troca de livros (bibliotecas, livrarias, bancas,
etc.)

 Dasformas de aquisição e acesso aos textos


(compra, empréstimo e troca de livros, revistas,
E dos diversos suportes da escrita (cartazes,
outdoors, livros, revistas, folhetos publicitários,
murais escolares, livros escolares, etc.)

 Dosinstrumentos e tecnologias utilizados para


o registro escrito (lápis, caneta, cadernos,
computadores, etc.)

 Com estes tipos de texto podemos desenvolver


atividades que possibilitem aos alunos,
reconhecer e classificar diversos suportes da
escrita, identificar as finalidades e funções da
leitura, relacionar com o dia-a-dia.
APROPRIAÇÃO DO SISTEMA
DE ESCRITA ALFABÉTICA

“É possível alfabetizar sem método?”


 Após a conclusão com sucesso da alfabetização,
os indivíduos usarão o sistema de escrita
alfabética (SEA).

O sistema de escrita alfabética é considerado um


sistema notacional e não um código.

 Outros
importantes sistemas notacionais, são: o
de numeração decimal e a escrita alfabética.

 Parapoder apropriar-se do SEA, o aprendiz


precisará compreender como ele funciona e suas
convenções.
A compreensão do sistema de escrita alfabética
(SEA) se dá em etapas.

 Exige o desenvolvimento de habilidades de


refletir sobre as partes sonoras das palavras,
identificando, por exemplo, sílabas e fonemas
iguais em palavras diferentes.

O aprendizado dos aspectos convencionais


envolve a memorização das relações fonema-
grafema, a separação das palavras na linha, a
escrita da direita para a esquerda e de cima
para baixo.
Oensino sistemático das correspondências
som-grafia é fundamental para que o aprendiz
adquira cedo autonomia na leitura e na
produção de textos.
PRODUÇÃO DE TEXTOS
ESCRITOS

"A escrita é uma construção coletiva e não


individual".
(Emília Ferreiro)
 Produzirtextos é um processo que envolve
diferentes etapas: planejar, escrever, revisar e
reescrever.

 Levar a criança a participar de forma eficiente


de atividades da vida social que envolvam ler e
escrever.

 “Quem vai ler?”. O aluno deve escrever um


texto que faça sentido na vida dele.
 Para
praticar a produção de texto, é necessário
tempo.

 Apresentar diversos gêneros, deixando que a


criança explore.
DESENVOLVIMENTO DA
FLUÊNCIA EM ORALIDADE

"A escrita é um desenho da fala, que possui


normas próprias, que interatua com a fala e
completa-se".
(Raimundo Lopes)
A oralidade, a leitura e a escrita são atividades
que se relacionam e se complementam,
sabendo que o primeiro contato da criança com
o texto se dá de forma oral, independentemente
de estar ou não vinculada ao livro didático ou
paradidático (RADINO, 2001).
 Atividades importantes para o desenvolvimento da
oralidade:
Rodas de conversas
Brincadeiras de faz de conta
Jogos de perguntas e respostas
Entrevistas
Apresentações orais
LEITURA E
INTERPRETAÇÃO DE
TEXTOS

"Ninguém é tão grande que não possa


aprender, nem tão pequeno que não possa
ensinar."
(Esopo)
Leitura
Processo de decodificação: extração e
construção de significado de um texto escrito.

4 Passos para Leitura:

 Visualização

 Audição

 Fonação

 Cerebração
 Processo Cognitivo e Interativo
INTERPRETAÇÃO
Concretiza a Leitura como um processo
completo;
Processo tanto cognitivo quanto interativo;

 Conhecimento gramatical
 Concentração

 Ler o texto mais de uma vez


 Ter um hábito de Leitura

 Conseguir ler e extrair as ideia do texto


EDUCAÇÃO PARA JOVENS
E ADOLESCENTES

"Os bons escritores adultos (...) são pessoas que


pensam sobre o que vão escrever, colocam em
palavras e voltam sobre o já produzido para julgar
sua adequação."
(Mirta Castedo)
LEITURA E ESCRITA NO EJA
 Mesmos eixos trabalhados.

 Materiais diferentes.

 Não utilizar contos ou fábulas infantis.

 Trabalhar com textos e músicas que tenham a


ver com o mundo deles.

 Utilizar materiais do cotidiano dos jovens e


adultos, como reportagens de jornais, revistas,
receitas, entre outros.