Você está na página 1de 33

ATIVIDADES QUE

DESENVOLVEMOS
POPULAÇÃO
POPULAÇÃO ATIVA: pessoas maioritariamente com menos de 65 anos
que exercem uma profissão ou estão desempregadas, mas que estão
disponíveis para trabalhar.

POPULAÇÃO NÃO ATIVA: pessoas que não têm emprego, ou porque são
demasiado jovens ou porque já estão reformadas. Também há muitas
mulheres donas de casa que trabalham muito para a sua família, mas
não recebem salário.
SETORES DA ATIVIDADE
• Setor primário: engloba as atividades de exploração das
matérias-primas que depois são transformadas em produtos.

• Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Pesca…


SETORES DA ATIVIDADE
• Setor secundário: inclui as atividades que transformam as
matérias-primas em produtos acabados.

• Indústria transformadora, Produção de energia, Construção


civil…
SETORES DA ATIVIDADE
• Setor terciário: reúne as atividades que apoiam os outros
setores e também a população.

• Comércio,Educação,Saúde,Transporte, Comunicações…
SETOR PRIMÁRIO
AGRICULTURA
• Atividade mais importante do setor primário.

• Apresenta características e produtos diferentes consoante o clima, o


relevo do solo e a região do país.

• Em Portugal, existem 9 regiões agrárias.

• Os produtos mais cultivados são: vinho, produtos hortícolas e cereais.


AGRICULTURA
2 TIPOS DE AGRICULTURA:
• Intensiva
• Campos totalmente ocupados durante todo o ano.
• Praticado em campos pequenos, fechados e associa-se à policultura (cultivo
simultâneo de varias culturas no mesmo campo) e às culturas de regadio
(precisam de regas regulares).
• Pratica-se nas regiões de Entre Douro e Minho, Beira Litoral e Madeira.
• Extensiva
• Pratica-se a rotação de culturas, um sistema de monocultura e com culturas
de sequeiro (precisa de pouca água).
• Praticado em campos abertos de grande e média dimensão.
• Pratica-se em Trás-os-Montes, Beira Interior e Alentejo.

USO DE TECNOLOGIA MODERNA:


• Recurso a estufas, adubação, sistemas de rega,
máquinas modernas.

• Melhorar a qualidade e quantidade dos


produtos.
• Diminuir as importações de produtos agrícolas.
PECUÁRIA
• É a criação e tratamento de gado e pode ser realizada para consumo próprio
ou para venda.

• Para não causar poluição nem doenças:


• Os criadores devem manter as instalações sempre limpas e asseadas, bem
como os animais.
• Os animais devem ser vacinados sempre que necessário.

• A pecuária é indispensável para a nossa alimentação e industria.


• Dela obtemos vários produtos necessários a nossa subsistência.
GADO
TIPOS DE GADO E O QUE NOS FORNECEM

• Caprino – cabras
carne, leite e lã
• Ovino – ovelhas

• Bovino – bois leite, carne, e vestuário

• Cavalar – cavalos carne, vestuário, transporte e desporto

• Suíno – porcos carne e os seus derivados

• Aves de capoeira – galinhas, patos e perus ovos e carne


PESCA
• Atividade ligada ao mar
• Tem grande importância de recursos alimentares
• Os peixes mais capturados em Portugal são
• A sardinha, o carapau, o polvo, o peixe-espada preto, o atum e a cavala
• Os portos onde são capturados mais peixes são:
• Matosinhos
• Peniche
• A pescada costeira faz-se em pequenos, pois não se consegue conservar muito
peixe.
• A ZEE (zona económica exclusiva) tem três zonas distintas em Portugal:
• Portugal Continental
• Região autónoma da Madeira \ Açores
PROTEÇÃO DAS ESPÉCIES
• Intensa exploração das espécies de peixe com utilização de
técnicas proibidas.

• Redução da quantidade de pescado desembarcado.

MEDIDAS PARA PROTEÇÃO DAS ESPÉCIES:


• Definição de quotas de pesca.
• Publicação de leis que controlam o tamanho das espécies que
podem ser capturadas e desembarcadas.
• Produção em aquacultura .
SETOR SECUNDÁRIO
INDÚSTRIA TRANSFORMADA
• Atividade mais importante do setor secundário.
• Procede á transformação das matérias-primas numa enorme
diversidade de produtos finais:
• Como o mobiliário, o vestuário, o calçado, os produtos alimentares,
etc,…
• No Porto e em Lisboa, como há mais gente e há melhores
condições de trabalho,há mais vantagens como:
• A disponibilidade de mão-de-obra,tanto pouco qualificada,como
especializadas;
• A acessibilidade aos mercados nacional e internacional.
DESENVOLVIMENTO DO INTERIOR
• O governo e as autarquias incentivam a instalação das indústrias no interior do
país.

• Criar postos de trabalho em regiões onde existe menos população


• Evitar que as pessoas saem para outras regiões.

• Fracasso dos apoios do Estado.

• Muitas empresas acabam por fechar porque não conseguem competir com as
empresas de outros países por dificuldades financeiras e porque a mão de
obra de outras países é mais barata.
• Muitas pessoas ficam no desemprego.
PRODUÇÃO DE ENERGIA
• As fontes de energia mais utilizadas a nível mundial são os combustíveis
fosseis.

• Com o crescimento demográfico a industrialização e o desenvolvimento


económico e tecnológico, as exigências energéticas torna-se maiores.
FONTES DE ENERGIA
Fonte
Não Renovável Renovável

Combustíveis Combustíveis Sol


Fósseis Nucleares Água
Vento

Petróleo Urânio Biomassa


Carvão Recursos Geotérmicos
Gás Natural
ENERGIA EM PORTUGAL
• Portugal é um pais pobre quanto a disponibilidade de fontes não
renováveis, uma vez que não dispõem de poços de petróleo, minas de
carvão ou depósitos de gás em quantidades de exploração rentável.

• Mais de 50% da energia eléctrica consumida em Portugal tem origem em


fontes renováveis.

• Assim Portugal encontra-se numa posição privilegiada, não só porque reduz


a dependência energética externa como melhora as condições ambientais.
IMPACTO AMBIENTAL DAS ATIVIDADES
DO SECTOR SECUNDÁRIO
• A construção civil e as obras públicas são atividades do setor secundário.
• Nos últimos anos tem aumentado o espaço urbano e esta atividade
juntamente com a industrialização provoca vários problemas ambientais:
• A destruição de espaços naturais, com a expensão urbano-industrial e a
construção de novas vias de comunicação terrestres.
• A poluição do ar provocada pelos gases emitidos pelas fábricas .
• A contaminação dos rios e dos mares, para onde são lançados resíduos
líquidos.
SETOR TERCIÁRIO
O COMÉRCIO
• Atividade não produtiva (não produz bens materiais) que assegura
bem estar das populações, fornecendo serviços.
• Torna possível a troca de bens entre pessoas, regiões e países.

LOCAIS DE COMÉRCIO:
• Rural
• Urbano
FORMAS DE COMERCIALIZAR OS PRODUTOS

-Catálogos
-Por internet
-Telefone
-Domicílio
FORMAS DE PAGAMENTO
-Cartões multibanco
PORTUGAL COMPRA MAIS DO
QUE VENDE
• No mercado português, encontram-se à venda produtos das diferentes
regiões do país e de muitos outros países do mundo Temos, assim, de
distinguir:

• Comércio interno – troca de bens entre regiões de um mesmo país;

• Comércio externo ou internacional - troca de bens entre países;

• Apesar do comércio externo português tenha crescido significativamente,


as importações têm sido superiores às exportações.

• Os principais parceiros comerciais de Portugal são os países da União


Europeia, tanto no que diz respeito às importações como às exportações.
SERVIÇOS
• É o setor com maior crescimento porque foram criadas muitas novas empresas
da área da saúde, educação, segurança social, bancos, seguros, transportes e
telecomunicações.

• Trouxe riqueza e emprego para Portugal


SERVIÇOS MAIS IMPORTANTES
• Saúde: melhoria das condições e
organização dos serviços com o
aumento do nº de médicos e de locais
de saúde

• Educação: é o serviço que mais


contribui para o progresso do país.
Existe um crescimento da população
escolar devido ao aumento do n.º de
anos da escolaridade obrigatória. Por
isso, há uma diminuição do
analfabetismo e aumento dos níveis de
escolaridade (mais jovens a seguir o
ensino superior).
TRANSPORTES
• Transportes – meio de translação de pessoas ou bens a partir de um lugar para
outro

• Classificação dos transportes quanto à modalidade

*Terrestre: *Aquático : *Aéreo


- Rodoviário - Marítimo
- Ferroviário - Fluvial
- Oleodutos
EVOLUÇÃO DOS TRANSPORTES
• Desde os primeiros tempos da sua existência que o homem reconheceu a
necessidade de se deslocar entre vários lugares.
• Durante seculos, os tradicionais meios de transporte usavam como principal
forma de deslocação a tracção animal.
• Com a evolução natural, necessitou de meios que lhe permitissem deslocar-se
entre dois lugares de forma cada vez mais rápida
• Com a revolução industrial surgem os primeiros transportes a vapor.. Depois da
invenção dos motores Henry Ford lançou o MODEL T lançando assim a ERA do
automóvel.

Hoje em dia:
• Com o desenvolvimento de rede de estradas, os transportes rodoviários de
passageiros começaram a ganhar terreno face ao seu mais direto concorrente o
COMBOIO.
• Hoje em dia, com uma rede de auto estradas bastante desenvolvida, as redes
de transportes chegam a todos os pontos do países.
OCUPAÇÃO DOS TEMPOS LIVRES
• Quando as pessoas têm tempo livre podem praticar atividades desportivas,
culturais ou sociais, conforme a idade e os gostos das pessoas, o equipamento
e de instituições que provam essa atividade.
• Existem vários lugares onde nos podemos divertir:
• pavilhões polidesportivo;
• museu;
• bibliotecas;
• teatros;
• Também podemos ir de férias e em Portugal há cada vez mais turistas.
TURISMO
• Existem vários tipos de turismo:
• Balnear, por causa das praias;
• culturas, com os documentos e as tradições culturais como dança, a
música, a gastronomia e o artesanato.
• de montanha, com passeios no verão e desportos no inverno;
• termal, com tratamentos há base de minerais;
• rural, que permite o contacto com a natureza;
• religioso, salientando-se o santuário de Fátima que todos os anos
recebe milhares de pessoas grande parte delas estrangeiras.
ÁREAS DE PROTEÇÃO
• Atividades praticadas pelo Homem que têm contribuído para a degradação
do meio ambiente:
• ocupação excessiva de territórios para construção
• abate de árvores
• caça e pesca sem controlo
MEDIDAS PARA PRESERVAR O
EQUILÍBRIO DA NATUREZA
A fim de preservar o equilíbrio da Natureza, recuperar a paisagem e
preservar os animais ali existentes, têm-se criado:
• parques
• reservas naturais