Você está na página 1de 28

Incisivos Centrais e

Laterais Decíduos
COMPONENTES: HELOISA PONTE; JARDISON FERNANDO E FELIPE SANTANA
Generalidades dos decíduos:

 Dentes decíduos, temporários, de leite, caducos, da


primeira dentição, provisórios ou da infância;
 Começam a surgir na cavidade bucal em torno dos 6
meses de idade;
 Completam sua erupção em torno dos dois anos e meio;
 Apresentam as mesmas funções dos dentes permanentes;
 São responsáveis pela manutenção do espaço necessário
à erupção dos dentes permanentes.
 São em número de 20;
CRONOLOGIA DA DENTÇÃO
DECÍDUA:
NOATÇÃO DENTÁRIA DOS DECÍDUOS
Histologicamente:

CARACTERISTICAS HISTOLÓGICAS

• O esmalte é mais permeável e


mais facilmente desgastado;
• A espessura do esmalte é em
torno de 0,5 a 1,0 mm.
• Devido sua menor
mineralização, os decíduos
são menos resistentes que os
permanentes
Características Morfológicas
especificas:

DIMENSÕES

• De modo absoluto, são menores


que os permanentes em todas as SÉRIES
suas dimensões; • Os molares decíduos
• De modo relativo, apresentam estão dispostos em uma
raízes mais longas e coroas mais série crescente;
volumosas e largas;
COR
• As coroas dos dentes decíduos são mais
claras e mais opacas, exibindo um tom
esbranquiçado ou branco-azulado;
Características Morfológicas
especificas:

 COROA
 Copiam a forma geral dos dentes permanentes;
 São mais largas e mais baixas do que as dos
correspondentes permanentes;
 São bem mais volumosas (relativamente), sobretudo em
seus terços cervicais;
 O esmalte nestas regiões é muito espesso, fazendo com que
o colo fique estreitado em relação à coroa.
 Observam-se saliências evidentes: tubérculo do esmalte
 * Tubérculo de Zuckerkandl
 * Anel do esmalte
COLO E RAIZ

COLO
RAIZ A depressão do colo é mais evidente;
• Relativamente maiores, mais delgadas e A linha cervical é mais profunda ainda nos
mais claras molares;
• Decíduos anteriores: raízes são maiores em
proporção à coroa e mais estreitas no
sentido Mésio-distal;
• Molares: muito mais abertas e divergentes;
• A raiz do dente decíduo está totalmente
formada um ano após o aparecimento da
coroa na cavidade bucal;
• Processo de Rizólise: reabsorção
Cavidade Pulpar:
Maior volume pulpar –
• São proporcionalmente maior
mais amplas do que nos possibilidade de
permanentes. exposição
pulpar devido a uma
cárie
ou a um preparo
Cornos pulpares cavitário.
estão mais altos
nos molares
INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES DECIDUOS:

Dimensões do Incisivo Central


 Erupção: 9 meses; Superior Decíduo

 Muda: 6,5 a 7 anos; Dimensões Médias


 Mesma posição, função e Comprimento Total ----------------------------- 16,0 mm
Comprimento da Coroa ------------------------- 6,0 mm
formas semelhantes; Comprimento da Raiz --------------------------- 10,0 mm
Dimensão M-D da Coroa ------------------------ 6,5 mm
 Diferenças específicas: Dimensão V-L da Coroa ------------------------- 5,0 mm

 Não há mamelões quando


recém-irrompido;
 O único dente anterior em que
a dimensão mésio-distal da
coroa é comparativamente
maior do que a cérvico-incisal.
INCISIVO CENTRAL SUPERIOR:
Borda Incisal

Divide a coroa em
duas metades
aproximadamente
iguais, lingual e
vestibular;

• Ângulo disto-incisal mais


arredondado e obtuso;
• Ângulo mésio-incisal mais
agudo
FACE VESTIBULAR

 É convexa e raramente O lado cervical é


apresenta depressões; menor e apresenta
convexidade para a
 Os lados mesial e distal são raiz;
mais convexos do que no
central permanente;
Maior dimensão
O lado mesial da coroa é mésio-distal do que
a cérvico-incisal;
muito aplanado, enquanto
o lado distal é mais
convexo.
FACE LINGUAL:

O cíngulo e as cristas
marginais são bem
acentuados;

Fossa lingual
no terço
incisal da
face lingual;
Faces proximais:
• São convexas em todos os sentidos;
• Lado cervical é pronunciado e côncavo
para a raiz;
Face mesial:
 Relativamente mais larga no sentido
vestíbulo-lingual próximo ao colo;
 Linha cervical apresenta suave
convexidade para incisal;
 Face distal:
 Aspecto convexo uniforme;
 Mais curta do que a mesial.
Incisivo Central Superior

 RAIZ
 Única, arredondada e vai se afinando
em direção ao ápice;
 O terço apical curva-se para vestibular e distal;

 CAVIDADE PULPAR
 Canal radicular único e contínuo com a câmara pulpar;
 São relativamente grandes quando comparados com seus
sucessores permanentes;
INCISIVO LATERAL SUPERIOR:
Cronologia:
Dimensões do Incisivo Lateral Superior Decíduo
 Início da calcificação: 4 - 4,5 meses; Dimensões Médias

 Erupção: 9 meses; Comprimento Total ----------------------------- 15,5 mm


Comprimento da Coroa ------------------------- 5,5 mm
 Muda: 6,5 - 7 anos Comprimento da Raiz --------------------------- 10,0 mm
Dimensão M-D da Coroa ------------------------ 5,0 mm
Dimensão V-L da Coroa ------------------------- 4,5 mm

Corresponde ao 52 ou 62;
Semelhante ao ICS;
INCISIVO LATERAL
SUPERIOR

 BORDA INCISAL.
 MAIS ESTREITA MESIO-
DISTALMENTE;
 CONTORNO ROMBÓIDE;
 INCLINAÇÃO PARA A
DISTAL E CERVICAL;
 ÂNGULO DISTO-INCISAL
MAIS ARREDONDADO.
INCISIVO LATERAL SUPERIOR:

 FACE VESTIBULAR
 LIGEIRAMENTE CONVEXA;
 DIMENSÕES MENORES QUE O ICSD;
 DIMENSÃO C-I > M-D.

 FACE LINGUAL
 CRISTAS MAIS PROEMINENTES;
 MAIOR PROFUNDIDADE DA FOSSA LINGUAL
Incisivo Lateral Superior

FACES PROXIMAIS:
 FACES MESIAL E DISTAL CONVEXAS

 A MESIAL É LIGEIRAMENTE MAIS LARGA E CONVEXA;


INCISIVO LATERAL SUPERIOR:

RAIZ.
 ÚNICA E CÔNICA;
 MAIS DELGADA E COMPRIDA (ICS);
 RECURVADA PARA A VESTIBULAR E DISTAL;
 ACHATADO M-D.

 CAVIDADE PULPAR
 ÚNICO CANAL RADICULAR;
 2 CORNOS PULPARES;
 MESIAL MAIS LARGO
INCISIVO CENTRAL INFERIOR:

Coroa:
 Mais longa que larga
 Dimencões M-D e V-L semelhantes
 Em geral 1mm menor que o I.C.S.

Borda Incisal:
 Inclinado para a distal e cervical
 Ângulo disto-incisal mais arredondado
 Desprovida de mamelões
Face vestibular:
 Ligeiramente convexa
 Dimensões menores que o ICSD
 Formato trapezoidal
 Área de contato no 1/3

Face lingual:
 Cristas e cíngulos bem definidos
 Fossa central rasa
FACES PROXIMAIS:
 Faces mesial e distal convexas;
 V-L ICI Decíduo > ICI Permanente
 Linha cervical mais convexa na mesial que na distal
RAIZ:
 Única e afilada;
 Mais delgada e comprida (ICS)
 Recurvada para a vestibular e distal
 Achatada M-D
CAVIDADE PULPAR:
 Único canal radicular;
 2 cornos pulpares;
INCISIVO LATERAL INFERIOR

Semelhante ao incisivo central decíduo

Coroa:
 Maior nas dimensões M-D e C-I
Borda Incisal:
 Inclina-se suavemente para a distal e cervical
 Ângulo D-C arredondado
Face vestibular:
 Semelhante ao IC com dimensões maiores
 Lado distal mais curto que o mesial
Face lingual:
 Mais estreita que a face vestibular
 Cíngulo e crista mais acentuados
 Fossa lingual pouco profunda
 Deslocamento distal do cíngulo
Faces proximais:
 Triangulares, com superfícies convexas
 Borda incisal inclina-se para distal e
cervical
 Face distal menor que a mesial
Raiz:
 Única, achatada M-D;
 Geralmente apresenta sulcos longitudinais;
 Curvatura vestíbulo-distal;
Câmara pulpar:
 2 cornos;
 Sem marcação definida entre câmara e canal;
REFERÊNCIAS:

 PICOSSE, Milton (1979). Anatomia Dentária (3ª ed.). São Paulo: Sarvier.

 TEIXEIRA, Lucília Maria de Souza (2012). Anatomia aplicada à odontologia


(2ª ed.). Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.