Você está na página 1de 28

UM TOQUE COLORIDO PARA

TORNAR SUA VIDA


MAIS RADIANTE!!
o Lilás substitui o violeta do espectro solar.
É o nosso paralisador de infecções.

Possui uma vibração bem mais profunda.


A importância da sua função destaca-se pela atividade da sua vibração
em todos os tratamentos físicos, internos ou externos, de caráter
inflamatório, ou infeccioso.
O Verde e o Azul, são sempre seus grandes
companheiros nos tratamentos.
Um modesto corte ou uma grande infecção, terá sempre na cor
Lilás uma presença constante, pela ação saneadora, através da sua
força vibratória.

Devido à potência e a profundidade da sua vibração, o Lilás é usado com


alguns cuidados, particularmente, na área da cabeça, onde normalmente,
não deve ser permitida que sua luz passe da altura do lóbulo da orelha, a
não ser em casos em que haja absoluto controle e consciência do
aplicador.
Sua aplicação, deve ser sempre seguida da cor Azul, cuja função
nesta colocação é de fixador. Nesse caso, o Azul, além de fixar o Lilás,
remove os excessos havidos, de tempo e da distância da aplicação.

Esses excessos, por sinal, são muito comuns e normais acontecer,


em razão de pequenas distrações e mesmo defeitos na maneira de
aplicar a luz.
Funciona também como bactericida, na higienização de feridas
internas ou externas, com resultados realmente apreciáveis.

Devido à potência e a profundidade da sua vibração, o Lilás é usado com


alguns cuidados, particularmente, na área da cabeça, onde normalmente,
não deve ser permitida que sua luz passe da altura do lóbulo da orelha, a
não ser em casos em que haja absoluto controle e consciência do
aplicador.
No curso de alguns anos de trabalho, quantas vezes a usamos na
Corrente Sanguínea, sob orientação espiritual, como bactericida e
como cauterizador. .

Os intestinos, os rins, as vias respiratórias e, ainda, a região do baixo


ventre na mulher, são as suas áreas de maior trabalho.
A título de curiosidade, o maior tempo de aplicação, em milhares de
casos tratados com a luz Lilás, foi de 2 minutos, na Corrente
Sanguínea, feita aliada à cor Rosa, num tratamento intensivo de doença
venérea em estágio bastante avançado.

Pela sua imensa importância na Cromoterapia de cura física/espiritual, o


Lilás entre o Verde e o Azul, avulta pela sua ação benfeitora, como o
provável substituto dos antibióticos, na medicina convencional do futuro.
E certamente, não estamos muito longe dessa perspectiva.
É Hora de entrarmos na luta
e divulgarmos não o espiritismo
ou qualquer filosofia,
mas sim o

EVANGELHO DE JESUS!

20/05/2018 CENTRO ESPIRITA CIDA CASTRO