Você está na página 1de 45

André Trevisan

Antonio Carlos
João Paulo
Karolina de Oliveira
Vantagens da Informatização
 Redução de custos
 Menos interrupções.
 Racionalização no consumo de peças.
 Racionalização dos recursos humanos.
Vantagens da Informatização
 Aumento da Produtividade
 Otimização do tempo (Produção/Utilização).
 Otimização da capacidade de produção.
Vantagens da Informatização
 Garantia da qualidade do produto
 Otimização dos padrões de funcionamento.

 Otimização dos ajustes, regulagens e

calibração dos equipamentos.


Vantagens da Informatização
 Garantia e segurança no trabalho
 Otimização das condições operacionais do

processo e das condições de fabricação e

fornecimento do produto.
Vantagens da Informatização
 Integração da informação
 Custo.

 Utilização de recursos humanos e materiais.

 Eficiência operacional.
Automação da Manutenção
 Vantagens
 Programação dos serviços a realizar.

 Elaboração do plano mestre de manutenção.

 Nivelamento de recursos humanos.

 Nivelamento de recursos de materiais.


Automação da Manutenção

 Nivelamento de custo (de acordo com o

orçamento disponível)

 Emissão de alarmes às vésperas das

manutenções
Automação da Manutenção

 Emissão de Ordem de Serviços (OS) de

acordo com a programação elaborada.

 Gráficos de históricos de medições.


Planejamento e Controle
 Cadastramento de todas as entidades envolvidas no
processo de manutenção
 Integração de cadastros.
 Os planos de manutenção podem ser controlados por
diversos tipos.
 Os planos de manutenção podem ser aplicados em
equipamentos ou qualquer bem patrimonial
Planejamento e Controle
 Possui um sistema de arquivamento variado;
 Controle de ordens de serviço;
 Controle de gasto com manutenção, mão de obra;
 Geração de informações operacionais e gerenciais.
 Geração de gráficos, comparações de metas planejadas;
Insuficiência de Manutenção
 Desperdício de insumos.
 Desperdício de matéria-prima;
 Refugo do produto;
 Excesso de ocorrências diretas e conseqüentes;
 Consumo exagerado de peças de reposição;
Insuficiência de Manutenção
 Excesso de horas trabalhadas em emergência;
 Perda de produtividade e qualidade;
 Perda de competitividade;
 Comprometimento da segurança.
Bem vindo ao EMGEMAN®:
O sistema de manutenção
mais flexível do Brasil
Conheça o ENGEMAN®
 ENGEMAN® é uma ferramenta de planejamento e
controle de serviços e manutenção criado pela
Engecompany no ano de 1996.

 Seu nome vem da sua principal característica:

Engenharia da Manutenção
Conheça o ENGEMAN®
 De 1996 até hoje o software vem sendo
atualizado e ganhando novas funções.
 Em 2010 o ENGEMAN® atingiu a expressiva
marca de 1000 clientes.
 Mais de 950 plantas no Brasil e exterior,
sendo a opção de software de mais de 500
clientes no Brasil.
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
 Fácil de usar
 Não necessita um alto nível de conhecimento
em informática por parte do usuário.

 Personalizável
 Permite criar e mudar telas e campos de
dados, Oculta-los, destacar campos e obrigar
digitação de campos indispensáveis.
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
 Ações dividas em telas de fácil acesso
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
 Dentre as várias características do
ENGEMAN® Industrial podemos citar:
 Integração a CLP’s e coletores de dados;
 Controle de estoque de materiais;
 Controle de serviços prestados;
 Gerador de regras;
 Cálculo de perdas no processo;
 Criar históricos de eventos.
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
 O ENGEMAN® Industrial atende
indústrias de vários segmentos como:
• Alimentos / Bebidas • Naval / Aérea / Ferroviária
• Automotivas / Autopeças • Têxteis / Couros
• Borracha / Plásticos • Telecomunicações
• Mecânica / Eletroeletrônica • Refrigeração
• Celulose / Madeireiras • Usinagem / Caldeiraria
• Cimento / Calcinação • Saneamento
• Agroindústrias / Fertilizantes • Minerações / Petrolíferas
• Metalúrgicas / Veículos • Entre outras.
Conheça o ENGEMAN®
Industrial
 Assista nosso vídeo Institucional
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Pré-requisitos
 Servidor: instalação do banco de dados
 Sistema operacional: Windows NT ou superior.
 Espaço em disco para o banco de dados: 200Mb
 Memória RAM: 256 Mb
(O espaço em disco e a memória RAM podem variar
de acordo com o tipo de gerenciador de banco de
dados e do número de clientes)
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Pré-requisitos
 Clientes: Instalação do módulo executável.
 Sistema operacional: Windows 2000/XP/2003 ou
superior.
 Espaço em disco: 100 Mb;
 Memória RAM: 128 Mb (recomendável 256 Mb)
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro da empresas e filiais
 O cadastro da empresa e filiais é o ponto
inicial na montagem do banco de dados,
este é realizado na tela “Cadastro de
Empresas” acessada a partir do menu
“Arquivo”.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro da empresas e filiais
 Deverá ser informada a razão social da
empresa, o nome fantasia, a logomarca e
relatórios que serão utilizados em algumas
rotinas do sistema.
 Para cada empresa, cadastre no mínimo
uma filial de referência.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro da empresas e filiais
 Os cadastros realizados nesta tela
caracterizam a utilização do Engeman® no
sistema Multi-empresas ou Multi-filiais.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro da empresas e filiais
 Multiempresas
 Cada empresa cadastrada terá exclusividade
sobre os dados do Menu “Cadastros”, sendo
comum apenas os dados do menu “Tabelas”;
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro da empresas e filiais
 Multifiliais
 A empresa cadastrada possuíra algumas filiais,
onde os dados dos menus “Cadastros” e
“Tabelas” serão comuns entre elas. O nível de
acesso pode ser restringido por filial de acordo
com o usuário
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro de Usuários
 Para acessar o Engeman®, cada usuário
deverá ter um nome (login) de acesso e
uma senha, este cadastro é realizado na tela
“Cadastro de usuários” acessado a partir do
menu “Arquivo”.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Cadastro de Usuários
 Os itens indicados em verde permitem o
acesso ao Usuário, itens indicados em
vermelho bloqueiam o acesso. Também
poderá ser definido o acesso aos relatórios.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Configurações gerais e ferramentas
 Nessa área o usuário poderá definir limites para:
 Alerta sobre atraso de O.S.’s;
 Consistência para lançamentos de registros que envolvam
horas de trabalho dos funcionários, paradas de máquinas.
 Consistências para lançamentos de materiais.
 Tempo máximo para execução das O.S.'s, dentre outras.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Configurações gerais e ferramentas
 O Engeman® possui algumas ferramentas que
permitem que o sistema seja personalizado de
acordo com as necessidades dos usuários
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Solicitação de serviços
 A solicitação de serviço realizada do Engeman®,
proporciona aos usuários um controle total dos serviço
solicitados, pendências, andamentos e feedback aos
solicitantes, este recurso poderá ser acessado a partir
do menu “Cadastro” opção “Solicitação de serviços”,
onde pode-se fazer novas solicitações e consultar as
existentes.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Solicitação de serviços
 Também é possível solicitar serviços via
internet através do módulo SSW (Solicitação de
serviço via Web). Este tipo de solicitação
oferece ao usuário os mesmo benefícios que a
solicitação feita através do sistema.
Iniciando o ENGEMAN® Industrial
 Geração de O.S.
 Acesse a tela “Geração de O.S.” do menu
“Processos” e informe o período para geração das
ordens de serviços e em seguida clique no botão
“Gerar O.S.”, o sistema irá processar os registros.
Ao término será possível visualizar as O.S.
programadas clicando no botão “Consultar O.S.
geradas”