Você está na página 1de 22

Escola Básica e Secundária da Calheta

Ano Letivo: 2016/2017


Geografia C – 12º ano
Docente: Nídia Gaspar

O PAPEL DAS ORGANIZAÇÕES


INTERNACIONAIS

Trabalho elaborado por:


Anna Fernandes nº2
Catarina Lobato nº4
Aníbal Agrela nº15
Tomás Fernandes nº16
Renato Nunes nº26
INTRODUÇÃO
• No âmbito da disciplina de geografia C, foi-nos proposto pela
docente Nídia Gaspar que elaborasse-mos um trabalho sobre
o papel das organizações internacionais.
• Dentro deste tema pretendemos explicar o que são e em que
consistem as organizações internacionais, apresentando
exemplos de várias organizações e o que estas fazem.
ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS
O QUE SÃO?
• As organizações internacionais que têm uma grande
presença no cenário mundial, podem ser consideradas como
uma sociedade entre Estados, tendo como objetivo de
buscar os interesses comuns através de uma permanente
cooperação entre os membros. Regidas por meio de
tratados, buscam através da cooperação a melhoria das
condições económicas, políticas e sociais dos associados.
QUAIS OS OBJETIVOS PRINCIPAIS DAS
ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS?
• - Atuam em conjunto, de forma cooperativa, para buscar avanços
econômicos, sociais e políticos para os países membros;
• - Buscam soluções em comum para resolver conflitos de interesses
entre os estados membros;
• - Estabelecem políticas de cooperação técnica e científica;
• - Estabelecem normas e parâmetros comuns;
• - Traçam estratégias para resolução de problemas de urgência
como, por exemplo, guerras e outros conflitos militares;
• - Fiscalizam, através de órgãos específicos, o cumprimento das
regras estabelecidas pelos acordos;
• - Organizam reuniões para a troca de experiências, definições de
novas políticas ou determinação de novos objetivos.
ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS
MUNDIAIS
• ONU (Organização das Nações Unidas);
• FMI (Fundo Monetário Internacional);
• BANCO MUNDIAL
• OMC (Organização Mundial do Comércio)
• OEA (Organização dos Estados Americanos)
• OCDE (Organização para a Cooperação do Desenvolvimento
Económico)
• OIT (Organização Internacional do Trabalho)
• UNESCO (Organização das Nações Unidas para a educação,
ciência e cultura)
• ORGANIZAAÇÕES PRIVADAS – FIFA
ONU
• Foi criada pelos países vencedores da Segunda Guerra
Mundial e tem como principal objetivo manter a paz e a
segurança internacionais. Proíbe o uso unilateral da força,
prevendo contudo sua utilização - individual ou coletiva -
para defender o interesse comum dos seus países-membros.
Seu principal objetivo é manter a segurança internacional e
pode intervir nos conflitos não só para restaurar a paz, mas
também para prevenir possíveis enfrentamentos. Também
incentiva as relações amistosas entre seus membros e a
cooperação internacional.
FMI

Criado para promover a estabilidade monetária e financeira no mundo, oferece


empréstimos a juros baixos para países em dificuldades financeiras. Em troca, exige
desses países que se comprometam na perseguição de metas macroeconómicas,
como equilíbrio fiscal, reforma tributária, desregulamentação, privatização e
concentração de gastos públicos em educação, saúde e infraestrutura.
BANCO MUNDIAL
O Banco Mundial (BM) é um grupo de instituições financeiras cujo principal
objectivo consiste em fomentar o crescimento económico e a cooperação à
escala global contribuindo assim para a promoção do processo de
desenvolvimento económico dos países em desenvolvimento membros dessas
instituições.
O Grupo Banco Mundial, sediado em Washington, é constituído pelo Banco
Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), pela Associação
Internacional de Desenvolvimento (AID), pela Sociedade Financeira
Internacional (SFI), pela Agência Multilateral de Garantia de
Investimentos (MIGA) e pelo Centro Internacional para Arbitragem de Disputas
sobre Investimentos (ICSID).
OMC

Trata das regras do comércio entre as nações. Seus membros negociam e formulam
acordos que, depois, são ratificados pelos parlamentos de cada um dos países-
membros. Tem como objetivo desenvolver a produção e o comércio de bens e
serviços entre países-membros, além de aumentar o nível de qualidade de vida
nesses mesmos países.
ORGANIZAÇÕES PRIVADAS

• ATUAÇÃO E FUNCIONAMENTO INDEPENDENTES DOS ESTADOS.


• EXEMPLO: A FIFA – FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE FUTEBOL. SEDE EM ZURIQUE,
SUÍÇA.
SEGURANÇA E DEFESA
• Busca-se fortalecer relações amigáveis com o maior número
possível de países, a fim de diminuir o risco de conflitos:
• OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte
• OSCE – Organização e a cooperação da Europa
• Tiar - Tratado Intramericano de Assistência Recíproca
• Anzus – Tratado de Segurança do Pacífico
BLOCOS ECONÔMICOS REGIONAIS
• Organizações internacionais em que grupo de países
estabelecem regras comuns buscando o fortalecimento
econômico regional:
• Zona de livre comércio – importação e exportação de
produtos entre os países membros;
• União aduaneira ou alfandegaria – estágio intermediário
entre a zona de livre comércio e o mercado comum;
• Mercado Comum – livre comércio e eliminação das tarifas
alfandegárias;
• União econômica e monetária – estabelece política
monetária única.
OS BLOCOS REGIONAIS DE COMÉRCIO
NAFTA- Foi assinado em 1992, com objectivo de desmantelar totalmente os obstáculos ao
comercio entre os países membros.
Países membros: EUA, CANADA E MEXICO.

CEE/EFTA- Os países da Europa Ocidental fundaram-na, após a Segunda Guerra Mundial, e


prosseguem o processo de integração através do aprofundamento das relações do seu seio,
passando de uma simples união aduaneira a uma união económica.

ASEAN- Associação das Nações do Sudeste Asiático, criada em 1967 sob a influência dos
Norte Americanos.

APEC- Cooperação Económica Ásia-Pacífico, tem como objectivo promover o comercio livre e
reúne 21 países pertences a diferentes espaços.
BLOCO ECONÓMICOS REGIONAIS
EMERGÊNCIA DE CONFLITOS
REGIONAIS
• O fim da guerra fria e da bipolarização, em 1989 e o
consequente desmembramento da URSS alteraram a
natureza dos conflitos internacionais;
• Os nacionalismos exacerbados têm tem conduzido à
xenofobia, ou seja ao desenvolvimento de sentimentos de
ódio e de rejeição pelas populações de origem estrangeira;
• Na Europa Ocidental, reacenderam-se ou intensificaram-se
velhas pretensões independentistas.
TIPOS DE CONFLITOS
• Conflitos étnicos;
• Guerras nacionalistas;
• Conflitos associados ao controlo do trafico de drogas;
• Guerras revolucionarias, como as dos Chiapas, no México;
• Terrorismo.
OS FUNDAMENTALISMOS
• A palavra “fundamentalismo” passou nos últimos anos a estar
presente nos media mundial quase sempre com uma conotação
assustadora. Os militantes fundamentalistas estiveram por detrás da
maioria dos atos de violência cometidos nas mais variadas situações
geográficas. Acostumamo-nos a identificá-lo, o fundamentalismo,
aos religiosos do Oriente Médio, particularmente aos islâmicos, aos
chefes espirituais de países daquela região que sempre apareceram
com as suas roupas tradicionais (turbantes), lançando ameaças ao
mundo moderno e aos americanos em geral.

• Na verdade o fundamentalismo é um movimento socio-religioso e


político muito diversificado e bem mais extenso do que as fronteiras
do Islão. Paradoxalmente é nos Estados Unidos de hoje que
encontramos o maior contingente de fundamentalistas, só que
cristãos.
O ACORDO GERAL SOBRE TARIFAS
ADUANEIRAS E COMERCIO
GATT:
Objetivo: liberalizar as trocas comerciais internacionais. Este acordo deu origem
a criação de uma Organização Mundial do Comercio que, posteriormente
sucedeu a GATT;

A OMC: pretende alargar as suas atribuições para impedir práticas


protecionistas, dumping e impulsiona a crescente liberalização do comercio
internacional. Tem também um importante papel, isto porque encoraja os seus
membros a realizarem reformas económicas que promovam o progresso do
comércio e desenvolvimento.
ORGANIZAÇÕES INFORMAIS:

• O G8- Formado pelos países mais industrializados: Os Estados Unidos, o Japão,


a Alemanha, a França, o Reino Unido, a Itália e o Canadá.

• Fórum Social Mundial: é um espaço de debate democrático de ideias,


aprofundamento da reflexão, formulação de propostas, troca de
experiências, opondo-se ao neoliberalismo, ao domínio do mundo pelo
capitalismo e a qualquer forma de imperialismo.

• As Organizações Não Governamentais: As ONG são associações que


trabalham e agem em domínios diversos, tentando resolver dificuldades das
instituições internacionais e das politicas dos governos e ainda alterar a
globalização. Uma Organização Não Governamental é qualquer grupo
considerado não lucrativo formado por cidadãos voluntários e são organizado
a nível local, nacional e internacional.
CONCLUSÃO
• Com este trabalho o grupo passou a conhecer mais
organizações internacionais e aprofundou os conhecimentos
das organizações que já conhecia.
• Esperamos ter esclarecido o papel destas organizações de
forma esclarecedora e simples.
• Reforçamos o papel benéfico destas organizações que se
incluem no âmbito mundial.