Você está na página 1de 18

CALENDÁRIO MAIA

O calendário de conta longa, atualmente mais conhecido


como calendário maia, é um entre os diversos sistemas
temporais utilizados pelos maias. Ele tem início em 11 de
agosto de 3114 a.C., da mesma forma que o nosso começa
no primeiro dia do primeiro mês da era cristã, o qual marca o
suposto momento em que Jesus Cristo nasceu.
Ele é organizado em unidades temporais crescentes. Cada
20 dias completam o que corresponderia a um ‘mês’, ou seja,
entre os nativos, o uinal. 18 uinals constituem um tun ou o
‘ano’ ocidental. Por sua vez, 20 tuns formam um katun,
enquanto 400 tuns configuram o baktun.
ORIGEM DO UNIVERSO
BIG BANG
ASTRONOMIA

* É a ciência que estuda os


astros, a origem e a estrutura
do Universo.
Em que se aplica a astronomia
A Astronomia sempre foi muito utilizada, desde os tempos
mais remotos (Idade Média) pelos homens das cavernas
que, além de muito admirados com a extrema beleza do
céu (que até hoje dá muita inspiração ao ser humano),
conseguiam prever fenômenos naturais como chuvas e
ventanias, o que era muito importante para sua
sobrevivência. Por isso, com certeza a Astronomia é a
mais antiga entre todas as ciências.
MOVIMENTO DE ROTAÇÃO E
TRANSLAÇÃO DA TERRA
MOVIMENTO DE ROTAÇÃO
A Terra também realiza movimentos no espaço
sideral, como o de rotação. Durante esse
movimento a Terra gira em torno de si mesma
no sentido oeste para leste, dando-nos a
impressão de que o Sol se movimenta, mas
na verdade o planeta é que se move.
Para a conclusão completa do movimento são
necessárias 24 horas, ou seja, um dia.
MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃO

O movimento de translação é um movimento


que a Terra executa em torno do Sol de forma
elíptica. Esse movimento influencia nas
estações do ano.
SISTEMA SOLAR

*O Sistema Solar é composto por oito planetas,


seis planetas anões, além de centenas de
luas, cometas, asteroides e outros tipos de
corpos celestes.
PLANETAS ANÕES

São aqueles cujas massas são muito pequenas,


de forma que eles não são os astros
dominantes em suas órbitas e possuem luas
que têm massa de valor muito próximo. Em
nosso Sistema Solar, existem cinco
planetas classificados como anões: Ceres,
Plutão, Haumea, Makemake e Éris.