Você está na página 1de 15

08 |

REQUISITOS DO DISCIPULADO

Lucas 9.57 a 62
Introdução:

O Senhor Jesus Cristo estabeleceu alguns requisitos


para aqueles que querem segui-lo. São requisitos
que, se não forem preenchidos a contento,
comprometem o discipulado. No texto tomado
como base para esta reflexão, isso está bem claro.
Enquanto caminhava para Jerusalém, Jesus
apresentou os requisitos do discipulado. Logo no
início da caminhada, ele deixou claro quais são
esses requisitos. Assim, colocou à prova aqueles
que se propuseram a segui-lo.
Tópicos para reflexão:

1. CONSCIÊNCIA DAS
DIFICULDADES
Tópicos para reflexão:
• Jesus nunca falou do discipulado como se fosse
algo fácil e compensador do ponto de vista
humano. O discipulado é uma experiência
desafiadora, envolvendo perdas, renúncia,
desconforto, resignação e perseverança.
• “As raposas têm seus covis e as aves do céu,
ninhos; mas o Filho do homem não tem onde
reclinar a cabeça.” (Lc 9.57,58).
• Uma profissão de fé movida apenas por
empolgação não se sustenta.
Tópicos para reflexão:
• A vida cristã é, muitas vezes, sofrimento e morte.
• Jesus afirmou: “Se vós fôsseis do mundo, o mundo
amaria o que era seu; como, todavia, não sois do
mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o
mundo vos odeia.” (Jo 15.19).
• O discipulado exige abnegação.
• O Senhor disse a respeito de Paulo: “eu lhe
mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu
nome.” (At 9.15,16).
Tópicos para reflexão:
• Paulo declarou aos filipenses: “Porque vos foi
concedida a graça de padecerdes por Cristo, e não
somente de crerdes nele...” (Fp 1.29).
• A Timóteo, preveniu: “Ora, todos quantos querem
viver piedosamente em Cristo Jesus serão
perseguidos.” (II Tm 3.12).
• Jesus não engana a ninguém acerca das dificuldades
associadas ao discipulado (Mt 10.34-39).
• A vida cristã não é um mar de rosas; tem espinhos e,
às vezes, bastante doloridos.
Tópicos para reflexão:

2. PRIORIDADE AOS INTERESSES DO


REINO DE DEUS
Tópicos para reflexão:

• O reino de Deus exige prioridade e urgência


(Lc 9.59,60)
• Precisamos tomar cuidado com a nossa
agenda e com os nossos projetos de vida.
Jesus adverte: “onde está o teu tesouro, aí
estará também o teu coração.” (Mt 6.21).
Tópicos para reflexão:

• É imperativo que o discípulo reavalie sua escala de valores. O


compromisso mais importante que o discípulo do Senhor Jesus
tem é com o reino de Deus.
• Nossas igrejas necessitam, cada vez mais, de pessoas dispostas
a cumprir o requisito da prioridade às coisas de Deus, pois há
muita gente hoje com o coração dividido.
Tópicos para reflexão:

3. CONSAGRAÇÃO TOTAL
Tópicos para reflexão:
• Disse Jesus: “Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha
para trás é apto para o reino de Deus.” (Lc 9.62). O discipulado
deve ser iniciado e concluído com a mesma disposição.
• Não se pode ficar preso a questões que foram deixadas para trás.
É preciso romper com os outros interesses.
• Deus deve ser amado e servido de todo o coração, de toda a
alma, com toda a força, de todo o entendimento (Lc 10.27). Se
não for assim, não servimos para o discipulado.
Tópicos para reflexão:

• “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de


aborrecer-se de um, e amar ao outro; ou se devotará a um e
desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” (Mt
6.24).
• Paulo ordena: “sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na
obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é
vão.” (I Co 15.58).
Tópicos para reflexão:
• A consagração total tem recompensa: “Em verdade vos digo que
vós, os que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do
Homem se assentar no trono da sua glória, também vos
assentareis em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel. E
todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou
pai, ou mãe [ou mulher], ou filhos, ou campos, por causa do
meu nome, receberá muitas vezes mais e herdará a vida
eterna.” (Mt 19.28,29).
Discussão:

• Você acha que o discipulado tem exigências


gerais, que dizem respeito a todos os
discípulos de Cristo, bem como exigências
específicas, de acordo com a vocação e o
chamado de cada um?