Você está na página 1de 6

Cálculo do Período de um

Pêndulo Simples – Solução Exata

Diagrama de corpo livre:


• Considerando um pêndulo simples, consistindo em uma
massa m presa a uma corda de comprimento l, que pode
oscilar num plano vertical, de acordo com a figura (a)
• A figura (b) representa o diagrama de corpo livre do
pêndulo simples em um determinado instante t e com um
ângulo θ em relação a vertical.
• As forças que atuam sobre a massa são seu peso P e a
força de tração T exercida pela corda.
Equacionamento e Resolução:

No Eixo t:

A única força que age sobre o eixo t é a decomposição do vetor ,


isto é, -Psenθ. Então:

Multiplicando (1) por e considerando que , onde θm é


o ponto de repouso do pêndulo, então:
Isolando dθ e dt e integrando os dois lados num quarto de período
de t = 0 e θ = 0 a t = τ/4 e θ = θm:

Substituindo cosθ = 1 – 2sen²(θ/2) e cosθm por uma expressão


análoga:
A integral encontrada é conhecida como integral elíptica; ela não pode
ser expressa,de forma finita, em termos de funções algébricas ou
trigonométricas usuais. Porém, se fizer a seguinte substituição:

Então, pode-se escrever:


A integral obtida (2), comumente chamada de K, pode ser encontrada nas
tábuas de integrais elípticas, para vários valores de θm/2. Portanto, segue a
seguinte relação:

Para comparar o resultado com o período de um pêndulo simples com


pequenas amplitudes, deve-se multiplicar e dividir (3) por π:
A fórmula (4) mostra que o valor correto do período de um pêndulo
simples pode ser obtido multiplicando-se o valor aproximado, no caso a
expressão dentro do parênteses , pelo fator de correção 2K/π.
Valores do fator de correção são dados na Tabela 1 para vários valores da
amplitude θm. Notou-se que, para cálculos comuns em engenharia, o fator
de correção pode ser omitido, contanto que a amplitude não exceda 10º.

Quando o pêndulo parte do repouso com um ângulo inicial de 180°, τ =


∞ , pois o pêndulo permanece no repouso.