Você está na página 1de 16

HIPOTERAPIA/

EQUITAÇÃO ADAPTADA

Orientador:
António Tuna Izalindo
TGE 15/18 Lourenço
PRINCIPAIS CONTEÚDOS

Hipoterapia vs Equitação Adaptada

Benefícios de ambas

Provas de acordo com os graus de deficiência


HIPOTERAPIA

Tudo começou em 1901

 Devido à transmissão
 Inglater ra, Hospital
contínua de
Or topédico de
movimentos
Oswentr y
tridimensionais entre
o cavalo e o cavaleiro;
 Com a finalidade de
quebrar a monotonia
 Designa o "tratamento
do tratamento dos
com ajuda do cavalo"
mutilados na guer ra
e destina-se a
dos Boers.
pessoas com
deficiência.
HIPOTERAPIA

Equipa de trabalho:

Tratador

Tecnico Ocupacional

Fisioterapeuta

Psicologo
HIPOTERAPIA

Benefícios
 Mobilização pélvica, coluna lombar e ar ticulações
do quadril.

 Melhoria do equilíbrio e da postura.

 Desenvolvimento da coordenação dos


movimentos entre o tronco, membros e visão.

 Estimula a sensibilidade tátil, visual, auditiva,


olfativa, melhorando a integração sensorial –
motora.
HIPOTERAPIA

Áreas de Aplicação da Equoterapia:

Saúde – reabilitação física e ou mental.


Autismo,

Paralisia cerebral,

Disfunções cognitivas (problemas de aprendizagem),

Trissomia 21


HIPOTERAPIA

Educação – Necessidades Educacionais.

Social – distúrbios comportamentais.

A interação com o cavalo,

desenvolvem
Os primeiros contatos, Socialização,

Os cuidados preliminares, Autoconfiança


O ato de montar e Autoestima.
O manuseio final
HIPOTERAPIA

Nas sessões de Hipoterapia, as fases de

aproximação e o contacto do praticante, têm de

ser progressivas e pacientes com o cavalo


HIPOTERAPIA

Fase da Descoberta

Vencer o medo do Cavalo.

Exploração do Cavalo – cabeça, focinho, boca, orelhas,

cauda, patas, etc…

Exploração da Sensibilidade do praticante (pelagem, cheiro,

etc…).

Inicio do vínculo do praticante.


HIPOTERAPIA

Fase Educativa

Praticante executa as atividades especificas para cada caso.

Praticante recebe todas informações sensitivas e

psicomotoras
HIPOTERAPIA

Fase de Ruptura

Separação do seu “amigo” cavalo.

Se necessário acompanhar até à boxe,

desaparelhá-lo, alimentá-lo, e acariciá-lo


HIPOTERAPIA

O cavalo como meio terapêutico

 Sendo a Hipoterapia uma abor dagem clinica,


conduzida por profissionais de saúde com o apoio
do Tecnico de Equitação e de cavalos treinados
para o efeito tem como objectivos:
 retirar contributos de reabilitação através do
movimento do cavalo e não o ensino de equitação.
HIPOTERAPIA
EQUITAÇÃO ADAPTADA/PARADRESSAGE

Divide-se
em :

Grau I Grau II

Grau III Grau IV


EQUITAÇÃO ADAPTADA/PARADRESSAGE

Material de equitação Material de equitação


adaptada (cavalo) adaptada (cavaleiro)

 Deve aumentar a segurança  Todas as adaptações que


forem colocadas no cavaleiro
do cavaleiro; nenhuma o deve amarrar ao
 Deve dar confor to; cavalo;

 Ajudar ao seu melhor


desempenho
EQUITAÇÃO ADAPTADA/PARADRESSAGE

Regras/Ajudas
 Atletas cegos têm
direito a ajuda exterior;