Você está na página 1de 37

1.

Realizar cadastro no WS SINAL, como empresa fornecedora: - WS SINAL - Cadastro de Remetente;


2.1. Preencher os dados da empresa no formulário de cadastro:

OBS.: Após clicar no botão “Salvar”, a empresa terá acesso imediato ao WS SINAL, sem necessidade de
enviar documentação à SUFRAMA.
3. Acessar o WS SINAL com o login (CNPJ) e senha (escolhida durante o cadastro): - WS SINAL - Acesse
aqui o Sistema

OBS: Caso tenha problemas para acessar o WS SINAL, acesso o link: - Problemas com Login e Senha;
4. Realizar o download do software SINAL 6.0 e instalar;
4. No SINAL 6.0, seguir os seguintes passos:
4.1. Cadastrar o transportador: CADASTRO>TRANPORTADOR;
4.2. Cadastrar o remetente: CADASTRO>REMETENTE;
4.3. Cadastrar o destinatário: CADASTRO>DESTINATÁRIO;
CADASTRANDO UMA NOTA FISCAL CONVÊNCIONAL

4.4. Cadastrar as notas fiscais: CADASTRO>LOTE DE NOTAS FISCAIS:


4.5. Escolher a opção NOVO, para cadastrar um novo lote de notas fiscais;

OBS.: Cada lote de notas fiscais deverá conter um máximo de 50 notas fiscais, emitidas para um mesmo
destinatário e transportadas pelo mesmo Transportador.
4.6. Preencher as informações do lote ("pacote" de informações, que será enviado à SUFRAMA).

OBS: O número de lote é de livre escolha, e servirá para controle do remetente;


Na opção TIPO DE NOTA FISCAL, selecionar NF Convencional.
4.7. Após concluída a digitação dos dados do lote, clicar em SALVAR: será aberta a tela de notas fiscais,
conforme o tipo selecionado na tela do lote:
4.8. Digitar todas as informações das notas fiscais:

OBS.: O preenchimento dos campos SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA, GNRE, VEÍCULO DE


TRANSPORTE, VOLUME DE TRANSPORTE, REFATURAMENTE e INFORMAÇÕES COPLEMENTARES
é opcional: estes campos serão preenchidos em casos específicos, de acordo com o tipo da nota fiscal
e/ou modalidade de transporte escolhida.
4.9. Na opção TAXA ZERO, deverá ser analisado de acordo com Portaria SUFRAMA n.º 529, de
28/11/2006, art. 28 e ANEXO III:

OBS.: TSA é a Taxa de


Serviço Administrativo,
que será paga pelo
destinatário, referente
ao serviço de
internamento, realizado
pela SUFRAMA.
4.10. Após concluída a digitação dos dados da nota fiscal, clicar em salvar: será aberta a tela para
digitação dos itens das notas fiscais:
4.11. Na tela de itens, digitar os dados de cada produto e salvar. Para digitar um novo item, basta clicar no
ícone NOVO;
4.12. Após digitar todo os itens e salva-los, volte para a guia do lote e clique em FECHAR LOTE;
4.13. Após fechar o lote, ele estará disponível para geração do arquivo .xml para envio à SUFRAMA:
Acessar MANUTENÇÃO>GERAR ARQUIVO>LOTE e clicar em GERAR;
5. Após gerar o arquivo .xml no SINAL 6.0, acessar o link IMPORTAR DADOS, no WS SINAL:
5.1. Clicar em PROCURAR e selecionar o arquivo de lote gerado, na pasta do SINAL no seu computador,
no caminho C:\Arquivos de programas\SINAL600\ArquivosSUFRAMA\Lotes
5.2. Clicar no link IMPORTAR: se não houver erros, o lote será importado com sucesso.

OBS.: Se forem encontrados erros durante a importação do arquivo de lote, será necessário editar o lote
no SINAL 6.0, corrigir os erros indicados e importar o lote novamente.
6. Após a importação do lote, acesse o link GERAR PIN:
6.1. Selecione o lote importado e clique no botão gerar PIN;
6.2. Uma mensagem será exibida informando que o PIN foi gerado.
7. Após a geração do PIN, se desejar visualizar a informações transmitidas e/ou imprimir o PIN, acesso o
link PIN:
7.1. Informe o CNPJ do destinatário e o período de geração do PIN:
7.2. Nesta tela é possível acompanhar o status de cada PIN gerado.
Clique no número do PIN para visualizar as informações transmitidas.
7.3. Para imprimir o PIN, desça a barra de rolagem e clique no link IMPRIMIR:
7.4. Será gerado um arquivo .pdf, para impressão do PIN. Observe que no PIN está indicado o status
AGUARDANDO DADOS DE CARGA:

NOVO PROTOCOLO DE INGRESSO DE


MERACORIA NACIONAL - PIN

OBSERVAÇÕES
• Após a geração do PIN, a parte que acabe ao
remetente da mercadoria destinada às àreas
incentivadas administradas pela SUFRAMA
está concluída;
• Uma via do PIN impresso (ou o código de
barras do PIN, ou simplesmente o número do
PIN) deverá ser repassado ao transportador,
junto com a mercadoria e a nota fiscal;
• A situação do PIN gerado poderá ser
consultada sempre que desejada no link PIN
do WS SINAL, e a cada nova alteração na
situação do PIN (associação de dados de
carga, recepção, vistoria, etc.), será
atualizada a informação disponível nesta
consulta;
• Se for necessário cancelar um PIN gerado,
esta opção está disponível também no link
PIN do WS SINAL.
CADASTRANDO UMA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

1. Após realizar o cadastro das empresas remetente, transportadora e destinatária, cadastrar as notas
fiscais: CADASTRO>LOTE DE NOTAS FISCAIS:
2. Preencher as informações do lote e selecionar o TIPO DE NOTA FISCAL>NF Eletrônica
3. Após concluída a digitação dos dados do lote, clicar em SALVAR: será aberta a opção para informar os
dados da nota fiscal eletrônica:
4. Informar a Chave de Acesso da Nota Fiscal eletrônica e informar se esta nota fiscal é taxa zero e salvar
as informações da NFe:
5. Após digitar todas as notas fiscais eletrônicas, volte para a guia do lote e clique em FECHAR LOTE;
6. Após fechar o lote, ele estará disponível para geração do arquivo .xml para envio à SUFRAMA: Acessar
MANUTENÇÃO>GERAR ARQUIVO>LOTE e clicar em GERAR;

OBS.: Os procedimentos de Importação do lote, geração e impressão do PIN são os mesmo utilizados
para os lotes de notas fiscais convêncionais.