Você está na página 1de 23

Petrologia

É o ramo da Geologia que estuda as rochas,


que são materiais constituintes da crosta
terrestre formadas, em geral, pela
associação de minerais.
Numa rocha podem distinguir-se diversas
características:

 Composição química;

 Composição mineralógica;

 Estrutura;

 Textura;
 Composição química: é a proporção
relativa dos elementos e compostos
químicos que a compõem;

 Composição mineralógica: que nos


informa dos compostos minerais que
constituem a rocha. Se são constituídas
por um só mineral, as rochas denominam-
se simples; se formadas por vários tipos
de minerais, chamam-se compostas.
 Estrutura: que corresponde ao aspecto
macroscópico da rocha, observado, em
geral, num afloramento. O carácter cor é
incluído por alguns autores no estudo da
estrutura;

 Textura: que corresponde as aspecto


microscópico e é normalmente estudado
no laboratório e ao microscópio.
Os três campos de estudo principais em
petrologia:

Petrologia Sedimentar: Foca a composição


e textura de rochas sedimentares (como
o calcário e o arenito, compostas por
partículas sedimentares cimentadas por
uma matriz de material mais fino).
Sedimentos de rocha : São materiais
resultante do processo de intemperização
das rochas que são transportados e
depositados em regiões baixas
denominadas de bacias sedimentares.
CLASSIFICAÇÃO DOS SEDIMENTOS

Diâmetro (mm) Nome Rocha Carbonato


>256 Matacão Conglomerado Calcirudito
256  128 Bloco Grosso " "
128  64 Bloco " "
64  32 Seixo Muito Grosso " "
32  16 Seixo Grosso " "
16  8 Seixo Médio " "
8  4 Seixo Fino " "
4  2 grânulo " "
2  1 Areia Muito Grossa Arenito Calcarenito
1  1/2 Areia Grossa " "
1/1  1/4 Areia Média " "
1/4  1/8 Areia Fina " "
1/8  1/16 Areia Muito Fina " "
1/16  1/32 Silte Grosso Siltito Calcisiltito
1/32  1/64 Silte Médio " "
1/64  1/128 Silte Fino " "
1/128  1/256 Silte Muito Fino " "
1/256  1/512 Argila Grossa Argilito, Calcilutito
Folhelho
1/512  1/1024 Argila Média " "
1/1024  1/2048 Argila Fina " '
Classificação das rochas sedimentares:

Quanto á origem dos seus sedimentos, as


rochas sedimentares podem ser
classificadas como:

 Detríticas;
 Quimiogénicas;
 Biogénicas.
Rochas Sedimentares Detríticas:

Formadas a partir de clastos, materiais


detríticos resultantes da erosão de rochas já
existentes. Estas partículas possuem
minerais inalterados ou muito pouco
alterados. Estas rochas podem ser não
consolidadas, se os clastos se encontrarem
soltos, ou ser consolidada, se sofreram um
processo de diagénese.
A tabela seguinte sintetiza as características
de algumas rochas detríticas.
Rochas Sedimentares Quimiogénicas.

São rochas sedimentares resultantes de


sedimentos químicos. São formadas,
essencialmente, por minerais resultantes da
precipitação de substâncias em solução ou
por evaporação do solvente (água).
As rochas formadas por cristais que precipitam
durante a evaporação da água têm textura cristalina
e designam-se por evaporitos.
Rochas Sedimentares Biogênicas

Os sedimentos que constituem as rochas


biogénicas podem ser constituídos por
detritos orgânicos ou por materiais
resultantes de uma ação bioquímica. Alguns
autores denominam estas rochas por rochas
quimiobiogénicas.
Calcários biogênicos.

Muitos organismos aquáticos fixam


carbonatos. Após a morte, esses seres
depositam-se no fundo do mar, formando um
sedimento biogénico. A parte orgânica
normalmente é decomposta e as conchas
acabam por ser cimentadas, evoluindo para
calcários consolidados.
- Calcário conquífero – formados pela acumulação de
conchas de moluscos, posteriormente cimentadas.

- Calcário recifal – formado a partir de recifes de coral.


Carvões.

Forma-se em ambientes continentais


pantanosos, ou zonas de difícil drenagem de
água. Nestas zonas, a parte inferior dos
musgos e outras plantas herbáceas
transforma-se, devido à ação de
microrganismos anaeróbios, num produto
carbonoso, rico em matérias voláteis,
chamado turfa.
ESTRUTURA DE CALCÁRIO É MARCO PARA A
ENGENHARIA
Uma estrutura com 399 pedras de calcário
está sendo considerada um “marco para a
engenharia em pedra” na Bienal de Arquitetura
de Veneza 2016. Ao invés de adesivos,
argamassas, colas ou fixadores, o dossel é
suportado pela compressão, com conexões
perfeitamente secas.
Chamado de Armadillo Vault, que significa
casco de tatu, o projeto foi desenvolvido pelo
construtor especialista em alvenaria,
David Escobedo.