Você está na página 1de 17

APRESENTAÇÕES ORAIS

O POSTER CIENTÍFICO

Curso de Especialização Tecnológica


Produção Agrícola Biológica
SUMÁRIO

Apresentações orais Poster científico

• Comunicação verbal • Definição


• Conteúdo • Como elaborar um poster
• Linguagem científico:
• Comunicação não-verbal • Formatação
• Postura • Campos – estrutura e

• Voz organização dos conteúdos

• Comunicação Escrita • Análise de posters 2


COMUNICAÇÃO VERBAL/ORAL

 Poucos ideias – claras e objetivas


 Repetição

 Exemplos quotidianos e experiências concretas

 Estilo coloquial mas técnico

 Causar impacto inicial

 Concluir com as ideias-chave

 Disponibilidade e flexibilidade para debate no


final

3
COMUNICAÇÃO NÃO-VERBAL

 Postura:
 Tiques/gestos/maneirismos
 Contacto visual

 Voz:
 Dicção
 Projeção
 Cadência/ritmo

 Orador:
 Domínio do tema e das tecnologias de suporte
 Motivação 4

 Dinamismo
COMUNICAÇÃO ESCRITA

 Diapositivos:
 Título – 1 diapositivo
 Sumário/Introdução – 1 a 3 diapositivos
 Material/métodos/resultados/desenvolvimento do tema
– 9 a 12 diapositivos
 Conclusão – 1 a 2 diapositivos

5
COMUNICAÇÃO ESCRITA

 Diapositivos:
 Pouca informação
 Esquema simples e não texto corrido
 Nunca esquecer – sumário e conclusão

 Esquemático
 Simples
 Atraente
 Bem visível

6
COMUNICAÇÃO ESCRITA

 Erros frequentes:
 Linhas a mais por diapositivo
 Palavras a mais por linha
 Linhas que se estendem em excesso para a parte
inferior do diapositivo
 Efeitos de animação que distraem
 Fraco esquema de cores

7
COMUNICAÇÃO ESCRITA

 Tipo de letra:

 Standard: Arial, Elvetica, Times New Roman, Verdana

 Negrito e Itálico com moderação

 Estilo de apresentação

 Fontes que contrastem com o fundo

 Cores ou tons diferentes para enfatizar uma ideia

 Fundos claros e simples, sem muitos detalhes ou


cores 8

 Gráficos em vez de tabelas


COMUNICAÇÃO ESCRITA

 Regra do 10, 20, 30


 10 diapositivos
 20 minutos
 Fontes a tamanho 30

9
O POSTER CIENTÍFICO
10
POSTER CIENTÍFICO: DEFINIÇÃO

 Descrição objetiva de informações e dados

Tema
Assunto
Objeto de estudo
Trabalho de investigação

 Natureza experimental ou informativa/descritiva


11
FORMATAÇÃO

o TEXTO:

1. Tamanho de letra >18


Visibilidade
2. Tipo de letra simples
3. Contraste de cores esteticamente agradável Interesse

o IMAGEM:

Tabelas, Gráficos ou Figuras – informação quantitativa

12
Sempre legendada e numerada (numeração árabe)
FORMATAÇÃO

o CONTEÚDO:

1. Síntese

2. Rigor linguístico

3. Diferenciar títulos, nomes das instituições e dos

autores, corpo de texto

Opção: se tivermos demasiada informação útil devemos dividi-la em dois


painéis, respeitando a estrutura
13
CAMPOS – ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO

 ESTRUTURA:
 Introdução/Resumo e palavras-chave

 Procedimentos (materiais e métodos)

 Resultados

 Discussão/Conclusões

 Bibliografia (opcional)

 Agradecimentos (opcional)

 ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS


 Coerência na apresentação dos campos – manter uma sequência lógica 14
ANÁLISE DE POSTERS

15
CONCLUSÃO

 Orador
 Público-alvo

 Tempo e espaço

 Conteúdo

16
BIBLIOGRAFIA

• Ceia, Carlos. Normas para apresentação de trabalhos científicos.


3ª ed., Editorial Presença, Lisboa, 2000

• Fraga, João José R. Guia prático para elaboração e


apresentação de trabalhos científicos. 11ª ed., Lisboa, Edições
Cosmos, 2001

• Pocinho, Margarida. Metodologia de investigação e comunicação


do conhecimento científico. Lidel – Edições Técnicas, Lda,
Lisboa, 2012

• Silva, Maria Alda Loya Soares. Iniciação à comunicação oral e 17

escrita. 2ª ed., Editorial Presença. Lisboa, 1991