Você está na página 1de 18

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA
DISCIPLINA: PROCESSOS METALURGICOS DE FABRICAÇÃO – 2018.1

Solidificação dos metais – Brutos de fusão e propriedades dos


fundidos
Professor: Leonardo Domingos

Equipe:
Alex Ferreira de Lima
Ívison Caio Pontes Pacheco

Campina Grande
Julho de 2018
Parâmetros que definem a estrutura bruta de fusão
Examinados sob o ponto de vista dos defeitos incidentes sobre as propriedades sensíveis á estrutura dos
fundidos.

Átomos: Reticulados cristalinos e seus defeitos


• Propriedades físicas e químicas dos líquidos;
• Imperfeições e distorções na geometria do reticulado (presença de átomos de soluto ou tensões residuais);
• Heterogeneidades dos átomos de soluto;
• Cavidades ou vazios submicroscópicos (gases);
• Composição da liga;
• O molde;
• Velocidade de Solidificação;
• Variação volumétrica.
Parâmetros que definem a estrutura bruta de fusão

Variáveis estruturais:
• número de fases da liga, impurezas não metálicas e cavidades; Discordâncias em cunha, Lacunas e interstícios,
• Tamanho e forma dos cristais; átomos de soluto ao acaso e contornos de grão
• uniformidade de distribuição de cristais. acarretam o comportamento de fragilidade (EC).
Comportamento da estrutura bruta de fusão

Propriedades sensíveis à estrutura:


• Elasticidade;
• Plasticidade, ductilidade e fragilidade;
• Resistência a fratura.

Métodos de análise das propriedades:


• Dureza;
• Ensaio de tração;
• Impacto;
• Fluência;
• Fadiga.

(a) Comportamentos dúctil e frágil num ensaio de tração.


(b) Métodos principais para aumento do limite de escoamento da
estrutura bruta de fusão
Propriedades sensíveis à estrutura.

Principais propriedades sensíveis à forma estrutural:

• Elasticidade;
• Plasticidade, ductilidade e fragilidade;
• Resistência e fratura.
.

(a) Distribuições homogêneas (1). Heterogêneas (2). De


uma fase frágil numa fase dúctil (3).
(b) Fragilização decorrente da presença de cavidades.
(c) Fragilização decorrente da presença de inclusões e
impurezas.
Propriedades sensíveis à estrutura.
Propriedades de tração e equivalentes
• O valor de E pode mudar ligeiramente, devido a
propriedades da liga ou mudança delas: fenômeno da
anisotropia cristalina e mudança do reticulado da
Dureza matriz.
• Deve-se escolher o teste de acordo com o tamanho de • Pode-se aumentar o limite de escoamento com a
grão da liga fundida – evita-se o ensaio em um grão inserção de obstáculos na matriz de sorte a aumentar
apenas; a tensão necessária para ocorrência de discordâncias:
• Muito usada no exame da uniformidade estrutural de introdução de soluto na matriz.
um componente;
Propriedades sensíveis à estrutura.

Além dos requisitos mecânicos, uma série de outras propriedades podem


atuar decisivamente na escolha de uma liga fundida para uma certa
aplicação.

RESISTÊNCIA À CORROSÃO: O fator de controle na resistência à


corrosão de uma liga é o caráter eletroquímico das fases presentes que
determina o comportamento à corrosão da liga num meio agressivo.
PROCESSOS DE UNIÃO: Os fundidos precisam, frequentemente, ser
soldados, brasados ou ligados. Nesses casos, uma propriedade importante é
a plasticidade, sensível à estrutura e que nesses casos requer uma maior
atenção.
PROCESSO DE ACABAMENTO: É uma importante característica de alguns fundidos, principalmente quando se
aplicam alguns processos tais como polimento, tratamentos eletroquímicos ou de proteção. Em geral, a lisura da
superfície de um fundido é governado não só pelas variáveis de moldagem e fundição, mas também pela
composição da liga.
Seleção e elaboração de ligas fundidas

• O projeto e elaboração de novas ligas


dependem basicamente do domínio e
seleção das propriedades já
comentadas;
• Deve-se ter uma larga faixa de
aplicação para a nova liga;
• Deve-se reduzir ao máximo a
possibilidade de aparecimento de
defeitos.
INFLUÊNCIA DA ESTRUTURA SOBRE ALGUMAS
PROPRIEDADES DE METAIS E LIGAS

PROPRIEDADES:
• Resistência à corrosão; Processos de união; Processos de acabamento; Capacidade de amortecimento.
INFLUÊNCIA DA ESTRUTURA SOBRE ALGUMAS
PROPRIEDADES DE METAIS E LIGAS - EXEMPLOS
LIGAS INDUSTRIAIS: LIGAS ALUMÍNIO – SILÍCIO;

I - Eutético anômalo; II - Resfriamento brusco, dendritas


primárias; III - Estrutura celular;

O eutético Al-Si, resfriado lento, se solidifica como


eutético anômalo (Com anomalias);
O aumento da velocidade de resfriamento e a adição
de sódio promove o refino e distribuição do silício;
LIGAS INDUSTRIAIS: LIGAS COBRE – ESTANHO.

Ligas cobre-estanho ou bronzes:


Situam-se entre as primeiras ligas
utilizadas pelo homem e, no entanto,
apesar de sua longa história, a
composição básica mudou muito pouco.
Cristais de cobre formam a matriz da
estrutura bruta de fusão, sendo
endurecíeis por solução de estanho no
cobre.
LIGAS INDUSTRIAIS: FERROS FUNDIDOS (MALEÁVEIS E
CINZENTOS)
T II
III
 (FeSi)– C (ferro fundido cinzento) e (FeSi) – III
Fe3C (ferro fundido branco) podem apresentar II
um numero muito grande de macro e IV
microestruturas; IV

 As ligas contendo 0,5 a 0,3% de Si e 2 a 4% de


C apresentam varias estruturas eutéticas;
 Aumentando C e Si: variação da eutético
I – Aquecimento;
Fe3C (eutético brancos ou ledeboríticos) , que II – 1 estágio;
decresce até ser substituído por lamelas do III – grafitização (2º estágo);
eutético ferro fundido cinzento; IV - resfriaemnto
FERROS FUNDIDOS

Processo de obtenção de ferros fundidos


FERRO FUNDIDO BRANCO E CINZENTO

Um ferro fundido branco transformado


em ferro fundido com grafita através de
um processo de maleabilização.
No ferro fundido cinzento são típicas a
grafita fina, de superesfriamento (tipo
D) e eutético divorciado (tipo A).

Processo:
Carb. De ferro  Austenita + grafita
Fe3C  Fe  C
a) Grafita fina tipo A;
b) Grafita fina tipo D;
c) Grafita lamelar sendo alterada para
nodular por dessufurização;
OS PRINCIPAIS PROBLEMAS NA FABRICAÇÃO DE
FERRO FUNDIDO
O efeito de outros elementos sobre a solidificação e sobre a transformação do eutético
ferro-carboneto.
 O efeito da velocidade de resfriamento sobre a estrutura;
 As variações da forma com crescimento da grafita(lamelares e nodulares).
 Variações da forma da grafita na maleabilidade do ferro fundido branco;

ESTRUTURA E ASPECTO APLICADO A MICRO E


MACROSSEGREGAÇÃO
• A micro e macrossegregação afetam as propriedades mecânicas da liga;
• São reveladas por ataques químicos;
• O único tipo de segregação que pode ser removido por tratamento térmico é o zonamento;
• A macrossegregação é corrigida parcialmente.
Estudo de Caso: Bruto de fusão
Um grande desafio da indústria automotiva nos dias de hoje é a redução
da massa dos seus componentes fundidos através da seleção de materiais
que combinem uma massa reduzida e boas propriedades mecânicas.
Qual o material que vem sendo utilizado em larga escala neste setor,
atendendo aos requisitos acima citados? Como é possível fazer o
controle/alteração de propriedades mecânicas como Módulo de
Elasticidade e Limite de escoamento deste material?
BIBLIOGRAFIA

KONDIK V. Princípios Metalúrgicos de Fundição, São Paulo, Editora Polígono, 1973.

Você também pode gostar