Você está na página 1de 12

A ECONOMIA FAMILIAR

DISCIPLINA DA LINGUA DE
PORTUGUESE

FACULDADE DE DIREITO
UNTL 2016
1. Paula BarrosGRUPO III
(Apresentadora)
2. Áurea Gemina S. da Silva (Secretária)
3. Romeo Verdial
4. Ezequiel Fatima
5. Gregorio Saldanha
6. Lúcia Mazarella Da Silva
7. Genilda Gonçalves Ribeiro
ESCOPO DA APRESENTAÇÃO

I. INTRODUÇÃO
1.1. Antecedentes
1.1.1. Wawata Topu
1.1.2. Base Legal
1.1.3. Vida Diaria
1.2. Objetivu
1.2.1. Objetivo Geral
1.2.2. Objetivo Especifico
1.3. Formulação da Problema
II. DESENVOLVIMENTO
2.1. Definição
2.2. Discussão
III. ENCERAMENTO
3.1. Conclusão
3.2. Referência
I. INTRODUÇÃO

1.1. Antecedentes

a. Wawata Topu b. Base Legal

Wawata Topu (mulheres


Como foi afirmado na CRDTL:
mergulhadores / pescadoras, em
• Artigo 50, No 1, em relação ao
Rasua dialecto), é um filme que direito de trabalho,
conta quatro gerações de
pescadores que lutam para ganhar • CRDTL Artigo 17, (Igualdade
entre mulheres e homens)
a vida na costeira em suco de
Adara, na parte ocidental do ilhéu
de Ataúro, Timor-Leste.
c. Vida diária

Sua vida diária, suas práticas económicas e seus interesses


vitais, bem como uma matéria contraditório e obstáculos sociais
que enfrentam, mostrado no retrato etnográfico das suas
importâncias de contribuição para a economia das famílias e
comunidades de pesca.
1.2. OBJECTIVO

Objectivo geral Objectivo específico

O objectivo é apenas para cumprir os


1. Como uma impressões pode- requisitos de disciplina da língua
se dizer que este filme, as portuguesa 1, de acordo com trabalho
acções empreendidas pelas para casa em grupo.
mulheres mergulhadoras
consideradas como solução
base para dar motivação e
inspiração para outras
mulheres,
2. Com esforço e criatividade que
elas existem, para ser
independente em suas vidas.
1.3. FORMULAÇÃO DA PROBLEMA

 De acordo com o trabalho de grupo na disciplina da língua de Português na


faculdade de Direito da UNTL, estão atribuir o trabalho com base de um
filme, intitulado "WAWATA Topu", que foi publicado desde 22 de Janeiro de
2014.

 Esta história verdadeira, que contar a vida da sociedade mulher no ilhéu de


Ataúro, e mais específico sobre a economia familiar.
II. DESENVOLVIMENTO
2.1. Definição

1. Economia família é uma cognição social que explicam as


atividades humanos ligados à produção, distribuição e consumo
por causa do bem-estar do cognato humano que consiste de pais e
filhos que vivem juntos em uma casa.

2. A economia é um marco que sustentar a vida humana, este


argumento não pode ser negado por qualquer pessoa nesta Terra.

3. Os seres humanos e ao meio ambiente, existe uma relação


recíproca e influenciam uns aos outros, mas com sua inteligência,
o homem tem trio-poder, ou seja, ajuste de potência, controle de
energia e criatividade, de modo que as pessoas podem tirar
proveito de ou controle sobre a natureza por causa de sua vida.
2.1. Discussão
 As Problemas económicas podem ocorrer a cada unidade da sociedade
que vão desde a família para a nação,

 A partir do menor níveis, as económicas da família pode trazer impactos


positivos e negativos para cada membro da família,

 muitas vezes a económica surgem por causa da incapacidade da família


para ganhar uma renda para satisfazer as suas necessidades diárias, a
influência causada por este problema é extremamente diversificado

 Quanto maior a taxa de criminalidade ou violência domestica é umas das


suas demandas económicas dentro de comunidade. Este é um fato da vida
em que os problemas que ocorrem dentro de uma família podem levar a
problemas muito maiores e prejudicar os outros.

 Vário trabalho é difícil com muitos desafios, a importância do trabalho é


legal, no caso de as quatro mulheres mergulhadoras em suco de Adara, na
costa oeste do ilhéu de Ataúro
III. ENCERAMENTO

3.1. Conclusão

1. A económia Família é uma ação para planejar, implementar, monitorar,


avaliar, advogar a aquisição de recursos, especialmente as necessidades
financeiras da família, bem como o controle sobre sua utilização a fim de
alcançar um nível óptimo de satisfação, garantindo a estabilidade da
família e do crescimento económico da família, incluindo a sua gestão,

2. Mudança de Economia Familiar é o resultado de um trabalho árduo,


porque Nenhum um sucesso sem trabalho duro, trabalhando como um
escravo e, em seguida, comer e desfrutar como um rei.

3. Amam a sua profissão, e não se sentir medo e vergonha de enfrentar os


desafios da vida, porque todas as formas de trabalho honesto é o
caminho para o sucesso na vida
3.2. Referência

• WAWATA TOPU Film by Anthropologist Enrique Alonso, Assistance of


photographer Nelson Turquel,
• Lilik Siswanta - Contributions Home Industry in Improving Family
Welfare Economics
• Clodoaldo Almeida da Paixão – Conceito da Economia Domestica

Interesses relacionados