Você está na página 1de 14

• LIGA DAS NAÇÕES: GENEBRA - 1920 até 1939, MAS EXTINTA

DEPOIS.

• MOSCOU (OUTRUBRO1943): BASES DA CONSTITUIÇÃO E


FUNCIONAMENTO.
• SEGUNDA RODADA EM TEERÃ, EM 1943, MAIS PAÍSES.
• TERCEIRA EM WASSINGTON, 1944, DUMBARTON OAKS,
AVANÇOS E OUTRA RODADA.

• A QUARTA RODADA, SÃO FRANCISCO: ABRIL/JUNHO DE


1945. ASSINADA POR 51 ESTADOS-MEMBROS, 24/10/1945,
DEPÓSITO E RATIFICAÇÃO DOS MEMBROS PERMANENTES DO
CONSELHO DE SEGURANÇA. BRASIL É FUNDADOR.
• O DIA 24 DE OUTUBRO É O “DIA DA ONU”.

• PRIMEIRA ASSEMBLEIA GERAL EM LONDRES,


EM 1946, SEDE PERMANENTE EM NOVA YORK.

• DOAÇÕES DA CIDADE DE NOVA YORK E DE


JONH ROCKEFELLER JÚNIOR.
• YALTA(UCRÂNIA) : EUA, URSS e GRÃ-BRETANHA:
Franklin Roosevelt, Josef Stalin e Winston Churchill.
• FRONTEIRAS SOVIÉTICAS E LESTE EUROPEU.
• ESTADOS BALTICOS (Letônia, Lituânia e Estônia) e
POLÔNIA (Bielorrússia). “ESPÍRITO DE YALTA”:
ENTENDIMENTO, PAZ E ESTABILIDADE.
• POTSDAM(ALEMANHA): CORRELAÇÕES DE FORÇAS
DIFERENTES: BOMBAS ATÔMICAS.
• TERRITÓRIO ALEMÃO: DIVISÃO PELAS ZONAS
OCUPADAS E TERMOS DA RENDIÇÃO DO JAPÃO.
• ESTRUTURA CENTRAL: NOVA YORK.
• OUTRAS SEDES: Genebra (Suíça), Viena
(Áustria), Nairóbi (Quênia), Addis Abeba
(Etiópia), Bangcoc (Tailândia), Beirute (Líbano) e
Santiago (Chile), além de escritórios espalhados
pelo mundo.

• Objetivos estão na Carta: manter a paz, defender


os direitos humanos e as liberdades fundamentais
e promover o desenvolvimento dos Estados.
• ASSEMBLEIA GERAL: ORÇAMENTO DE US$ 5,4 BILHÕES
BIÊNIO - 2016-2017. MENOR QUE 2014-2015.

• Carta seis órgãos principais, a Assembleia Geral, o Conselho


de Segurança, o Conselho Econômico e Social, o Conselho de
Tutela, a Corte Internacional de Justiça e o Secretariado.

• Membros – São 193 Estados, sendo 51 membros-fundadores e


os demais admitidos, que ingressaram posteriormente.
• Lista completa em http://www.onu.org.br/conheca-a-
onu/paises-membros/.
• A suspensão pode ocorrer quando o Conselho
de Segurança tomar medidas preventivas ou
coercitivas contra um Estado-Membro, cabendo
a expulsão sempre que houver uma violação
persistente dos preceitos da Carta. O exercício
dos direitos e privilégios de um membro que
tenha sido suspenso pode ser restabelecido
pelo Conselho de Segurança.
• Manter a paz e a segurança internacionais;

• Desenvolver relações amistosas entre as nações;

• Realizar a cooperação internacional para resolver os


problemas mundiais de caráter econômico, social,
cultural e humanitário, promovendo o respeito aos
direitos humanos e às liberdades fundamentais;

• Ser um centro destinado a harmonizar a ação dos


povos para a consecução desses objetivos comuns.
• Principio da igualdade soberana dos membros;
• Os membros se obrigam a cumprir de boa fé os
compromissos da Carta;
• Todos deverão resolver suas controvérsias
internacionais por meios pacíficos, de modo que não
sejam ameaçadas a paz, a segurança e a justiça
internacionais;
• Todos deverão abster-se em suas relações
internacionais de recorrer à ameaça ou ao emprego
da força contra outros Estados;
• Dar assistência às Nações Unidas em qualquer medida que a
Organização tomar em conformidade com os preceitos da Carta,
abstendo-se de prestar auxílio a qualquer Estado contra o qual as
Nações Unidas agirem de modo preventivo ou coercitivo;

• Cabe às Nações Unidas fazer com que os Estados que não são
membros da Organização ajam de acordo com esses princípios
em tudo quanto for necessário à manutenção da paz e da
segurança internacionais;

• Nenhum preceito da Carta autoriza as Nações Unidas a intervir


em assuntos que são essencialmente da alçada nacional de cada
país.
• Todos os membros: direito a um voto.
• Presidente da Assembleia – É escolhido pelos
representantes signatários para um mandato de
dois anos. Equiparado a um chefe de Governo no
Parlamentarismo. Cuida do expediente, que se
manifesta por intermédio das reuniões ordinárias
anuais, com início na terceira terça-feira do mês de
setembro, e convocadas em razão de
acontecimentos de forma extraordinária.
• Eleição dos membros não permanentes do
Conselho de Segurança;
• Eleição dos membros do Conselho Econômico e
Social;
• Eleição dos membros do Conselho de Tutela;
• Admissão e expulsão de membros da
organização;
• Aprovação do orçamento da ONU;
• Eleição dos juízes da Corte Internacional de Justiça.
• Discutir e fazer recomendações sobre todos os assuntos em pauta
na ONU;
• Discutir questões ligadas a conflitos militares – com exceção
daqueles na pauta do Conselho de Segurança;
• Discutir formas e meios para melhorar as condições de vida das
crianças, dos jovens e das mulheres;
• Discutir assuntos ligados ao desenvolvimento sustentável, meio
ambiente e direitos humanos;
• Decidir as contribuições dos Estados-Membros e gastos;
• Eleger os novos Secretários-Gerais.
• Desarmamento e Segurança Internacional;
• Economia e Finanças;
• Ações Sociais, Humanitárias e Culturais;
• Tutela e Territórios Independentes;
• Administração e Orçamento;
• Questões legais.