Você está na página 1de 7

Modelos Fundamentais

-> Interação

Falhas

Segurança

1
Interação

. É o modelo de troca de mensagens, ou


algoritmo distribuído.

. Existem 2 fatores significantes no modelo de


interação

-> Performance da Comunicação como característica


limitante;

-> Impossibilidade de manter uma noção de tempo


global

2
Performance dos canais de comunicação

Latência: Tempo entre o início da transmissão de


um processo e o início da recepção por outro.
-> Latência do Link
-> Latência de acesso ao Link
-> Latência dos processos de comunicação

Largura de Banda: De uma rede é a largura de


banda que pode ser transmitida sobre a rede em um
determinado tempo.

Jitter (Distorção): Variação no tempo para a


entrega de uma série de mensagens (ex: multimídia)

3
Eventos de Tempo e Relógios de Computador

. Relógios Internos podem variar dada a taxa de clock drift

. Impossibilidade de sincronização, a menos que correções


sejam feitas

Assim temos em termos de tempo:

. Sistemas Distribuídos Síncronos

. Sistemas Distribuídos Assíncronos

4
Sistemas Distribuídos Síncronos

. Tempo para execução das tarefas tem limite inferior e


superior;

. Cada mensagem transmitida sobre um canal é recebida


dentro de um tempo limite;

. Cada processo tem um relógio local cuja taxa de drift


tem um limite conhecido

5
Sistemas Distribuídos Assíncronos

. É aquele onde não há limitação em:

- Velocidade de execução de processos;

- Tempo de transmissão de mensagens;

- Taxa de Drift do relógio interno;

Assim, qualquer solução que é válida para sistemas


assíncronos também é para os síncronos. Coulouris
01, pg 51.
6
Ordenação de Eventos

. Um evento (ex: enviar e receber mensagens),


pode ocorrer antes, depois, ou
concorrentemente com outro evento e com a
ordenação deles pode-se evitar a sincronização
de relógios. Ver fig 2.9 pag 53.

. Modelo de Tempo Lógico (Lamport)


Associar um no. a cada evento correspondendo
a sua ordenação lógica. O software deve tratar
a ordenação através destes números.
7