Você está na página 1de 32

rase

Prof. Francisco Gonçalves Lima Júnior


Crase
É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do
verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos
aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo a.
A crase é indicada pelo acento grave (`).

Condições para ocorrência de crase

1. O termo regente deve exigir a preposição a.

2. O termo regido tem que ser uma palavra feminina que admita artigo
a(s).

Ex.: Ele foi a a fazenda ontem depois do almoço.


à
Regra prática
Para você saber se há crase antes de uma palavra feminina,
troque essa palavra por uma masculina correspondente e observe:

1. Se antes da palavra masculina aparecer ao(s), use crase


antes da feminina.

Ex.: Ela foi à feira ontem.


Ela foi ao mercado ontem.

2. Se antes da palavra masculina aparecer apenas a(s) ou o(s)


não use crase.
Ex.: Os jogadores visitaram a cidade.
Os jogadores visitaram o museu.
Casos em que ocorre crase
 Nas locuções adverbiais femininas.
Ex.: O rapaz saiu à tarde e chegou à noite. (locução adverbial de tempo)
Ex.: Ele foi à feira e depois à lavanderia. (locução adverbial de lugar)

Ex.: O governador viajou às pressas. (locução adverbial de modo)

Observação:
Com as locuções adverbiais femininas de instrumento a crase é
facultativa.

Ex.: O pai saiu sem fechar a porta à chave.


O pai saiu sem fechar a porta a chave.

Ex.: O soldado foi ferido à baioneta.


O soldado foi ferido a baioneta.
 Nas locuções prepositivas (formadas por a + palavra feminina + de)

Ex.: Meu amigo conseguiu ser aprovado à custa de muito esforço.


Ele saiu à procura de ajuda.

 Nas locuções conjuntivas (formada por a + palavra feminina + que).


Ex.: A cidade se acalma, à medida que escurece.
À proporção que chovia, aumentavam os buracos na rua.

Observação:

Nas expressões à moda de, à maneira de, a palavra principal pode


ficar oculta. Então o à poderá ficar diante de palavra masculina, como no
exemplo:
Ex: Usava cabelos à Luís XV. (à moda de Luís XV)
Casos em que a crase é
facultativa
 Antes de pronomes possessivos femininos (porque antes desse tipo de
pronome o artigo é facultativo).
Ex.: Ele se refere à minha mãe.
Ele se refere a minha mãe.

 Antes de nomes de mulheres

Ex.: Eu me referi à Maria.


Eu me referi a Maria.

 Depois da palavra até.


Ex.: Todos os alunos foram até à escola.
Todos os alunos foram até a escola.
Casos em que não ocorre crase
 Antes de nomes masculinos (porque essas palavras não admitem o artigo a.
Ex.: Ele adora andar a cavalo, ela prefere andar a pé.
 Antes de verbos (porque antes de verbos não aparece artigo)
Ex.: Assim que saíram, começaram a correr.

 Antes de pronomes que não admitem artigo.


a) Pronomes pessoais (porque antes deles não se usa artigo)
Ex.: Todos se dirigiram a ela.
b) Pronomes de tratamento (porque antes deles não se usa artigo)
Ex.: Dirigi-me a Vossa Excelência para despedir-me.
Observação:
Os pronomes de tratamento dona, senhora e senhorita, pelo fato de
admitirem o artigo, admitem também a crase.
Ex.: Nada disse à senhora.
c) Antes de nome de cidade

Ex.: Fui a Curitiba visitar meus avós.


Cuidado: Fui à Curitiba de Dalton Trevisan. Nome de cidade especificada.

Observação:
Pode ocorrer a crase entre a preposição a e os pronomes relativos a
qual e as quais.
Ex.: Estas são as finalidades às quais se destina o projeto.
Seria aquela a jovem à qual você se referia?

 Quando o a (sem s) aparece antes de uma palavra no plural.


Ex.: Ele se dirigia a pessoas estranhas.
 Em expressões com palavras repetidas

Ex.: O tanque se encheu gota a gota.


Antes de nomes de cidades (que não admitem o artigo feminino a), sem
especificativos
Ex.: Eles pretendem ir a Paris.
Observação:
Quando o nome da cidade apresenta um especificativo, ele passa a
admitir artigo e, nesse caso, pode ocorrer a crase, desde que o termo regente
exija a preposição a.
Ex.: Eles pretendem ir à fascinante Paris.
Antes das palavras casa, terra e distância – quando
determinadas

Voltei à casa de meus pais.


Fique à distância de 10 metros
Fomos à terra de meus avós.
Antes de pronomes demonstrativos, sempre que o regente admitir a.

Esta camisa é igual àquela que você ganhou.


Ninguém se referiu àquele erro que eu cometi.
.

Conversamos muito a respeito das viagens que fizemos a Fortaleza.

Pouco a pouco, seus negócios cresciam a olhos vistos.

Tenho aqui um convite a Vossa Senhoria: comer bife a Camões e


camarão a baiana.

Atitudes insensatas conduzem a mocidade a rebeldia.

As vendas a vista estão reduzidas.

Vire a esquerda para chegar a Universidade.

Entregarei a você o relatório completo as duas horas da tarde.

Informem a ela: sábado não atenderemos a encomendas.

Isso que você disse não tem nada a ver com a matéria.
.

Não foi a China nem a Berlim, como havia planejado.

Todos devem ir a Ouro Preto de Aleijadinho.

O escritório ficava aberto das 8h as 18h.

Aquela decisão impensada foi prejudicial a todos nós.

O chalé ficava a distância de 100m.

O navio estava ancorado a uma distância considerável da praia.

Retornaram a terra natal depois de liberados.

Li o livro a que você se referiu.

A situação em que me encontro é semelhante a que você superou.


.

Os tripulantes que estavam a bordo do navio mercante dirigiram-se a


terra para fazer compras.

A posição a qual aspiro depende de muitos esforços.

Prefiro isso aquilo.

Clarice e Cecília são autoras a quem sempre apreciei.

Fizeram muitos elogios a sua carta.

Entregaram um ofício a Marina Silva.

Ela vai chegar até a cidade cedo.

A moça fez um sinal obsceno aquele rapaz.


“É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar
triunfos e glórias, mesmo expondo-se à derrota, do que
formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito
nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta
que não conhece vitória nem derrota.”
(Theodore Roosevelt)
CRASE
A palavra crase provém do grego
(krâsis) e significa mistura.
Na língua portuguesa, crase é a
fusão de duas vogais idênticas (a + a =
à).
A identificação da crase se dá
pela presença do acento grave ( ` ).
Essa denominação visa a
especificar principalmente a
contração ou fusão da preposição a
com os artigos definidos femininos (a,
as) ou com os pronomes demonstrativos
a, as, aquele, aquela, aquilo.
REGRAS PRÁTICAS
01) Só ocorre crase diante de palavras femininas,
portanto nunca use o acento grave indicativo de
crase diante de palavras que não sejam femininas.
“O sol estava a pino.”
(Sem crase, pois pino,
“Ela recorreu a mim.” mim e ajudar não são
“Estou disposto a ajudar você.” palavras femininas)

02) Se a preposição a vier de um verbo que indica


destino (ir, vir, voltar, chegar, cair, comparecer,
dirigir-se...), troque este verbo por outro que
indique procedência (vir, voltar,chegar...); se,
diante do que indicar procedência, surgir da, diante
do que indicar destino, ocorrerá crase; caso
contrário, não ocorrerá crase.
“Vou a Porto Alegre.” (Sem crase, pois Venho de Porto Alegre)
“Vou à Bahia.” (Com crase, pois Venho da Bahia)
REGRAS PRÁTICAS
03) Se não houver verbo indicando movimento, troca-
se a pa-
lavra feminina por outra masculina; se, diante da
masculina, surgir ao, diante da feminina, ocorrerá
crase; caso contrário, não ocorrerá crase.
“Assisti à peça.” (Com crase, pois Assisti ao filme)
“Paguei à cabeleireira.” (Com crase, pois Paguei ao cabeleireiro)
“Respeito as regras.” (Sem crase, pois Respeito os regulamentos)
4) Para verificar a ocorrência do artigo a ,
transforma-se a pala-
vra ( a respeito da qual haja dúvida ) em sujeito de
uma oração qualquer :
“Iremos todos a Brasília” ou “Iremos todos à Brasília”
A palavra Brasília como sujeito: Brasília foi concebida por Niemeyer.
Logo: “Iremos todos a Brasília” (sem crase)
CRASE
OBRIGATÓRIA
01) Todas as junções entre a preposição a com:
a) artigo a (as): “Resistiremos à tentação.”
b) pronome demonstrativo a(s) = aquela(s): “Minha sugestão é
semelhante àquela que você deu.”
c) pronomes demonstrativos aquele(s) , aquela(s) , aquilo:
“Renderemos homenagem àquele que nos guiou até aqui.”
d) pronomes relativos a qual , as quais: “Chegaram as mulheres às
quais você deve agradar.”
02) Nas expressões com indicação de hora
especificada.
“Chegaremos à uma hora , não às duas.”
Mas = “Sairemos daqui a uma hora” ( = falta uma hora para a
saída).
CRASE OBRIGATÓRIA
03) Diante das palavras moda e maneira, das
expressões adverbiais à moda de e à maneira de,
mesmo que as palavras moda e maneira fiquem
subentendidas, ocorre crase.
“Fizemos um churrasco à gaúcha.”
“Comemos bife à milanesa, frango à passarinho e espaguete à bolonhesa.”
“Joãozinho usa cabelos à Príncipe Valente.”
04) Nas locuções adverbiais, prepositivas e
conjuntivas cujos núcleos sejam palavras
femininas.
“À tarde e à noite aquela casa ficava às moscas.”
“Tudo ocorreu às avessas.”
CRASE PROIBIDA
01) Antes de palavras masculinas:
“Irei a pé e você irá a cavalo.”

02) Entre palavras repetidas femininas ou masculinas:


“Encontrou-se face a face com o inimigo.”
“Ela sangrava gota a gota.”

03) Antes de verbos , já que não admitem artigo:


“Começaremos a estudar hoje à tarde.”
04) Antes de pronomes , visto que em geral não admitem
artigo:
“Referiram-se a você , a ela e a mim.”
05) Diante da palavra distância, só ocorrerá crase, se
houver a formação de locução prepositiva, ou seja, se
não houver a preposição de, não ocorrerá crase.
“Reconheci-o a distância.”
“Reconheci-o à distância de duzentos metros.”
CRASE PROIBIDA
06) A palavra CASA só terá artigo, se estiver
especificada, portanto só ocorrerá crase diante da
palavra casa nesse caso.
“Cheguei a casa antes de todos.”
“Cheguei à casa de Ronaldo antes de todos.”
07) A palavra TERRA significando planeta, é
substantivo próprio e tem artigo, conseqüentemente,
quando houver a preposição a, ocorrerá a crase;
significando chão firme, solo, só tem artigo, quando
estiver especificada, portanto só nesse caso poderá
ocorrer a crase.
“Os astronautas voltaram à Terra.”
“Os
08)marinheiros
Quando ovoltaram a terra.”
a estiver no singular, diante de uma
“Irei à terra de meus avós.”
palavra no plural, não ocorre crase.
“Referi-me a todas as alunas, sem exceção.”
“Não gosto de ir a festas desacompanhado.”
CRASE FACULTATIVA
01) Após a preposição até, é facultativo o uso da
preposição a, portanto, caso haja substantivo
feminino à frente, a ocorrência de crase será
facultativa.
“Fui até a secretaria.”
“Fui até à secretaria.”
02) Diante de pronomes possessivos femininos, é
facultativo o uso do artigo, então, quando houver a
preposição a, será facul-
tativa a ocorrência de crase.
“Referi-me a sua professora.”
“Referi-me
03) Antes à sua
deprofessora.”
nomes próprios femininos . Neste caso , é o
artigo definido que pode ou não ser anteposto a tais
substantivos.
“Entregarei tudo a (para) Juliana.” = “Entregarei tudo à (para a) Juliana.”
Contudo, não se deve usar artigo (e portanto acento
grave) antes do nome de pessoas célebres e de santos:
“Entregarei tudo a Nossa Senhora.”
CRASE
FUSÃO PREPOSIÇÃO

ARTIGO FEMININO

A+A= À
Ex. “ Não te entregues à mágoa vã.”
À resulta da contração da preposição A
com o artigo feminino A. Esse fenômeno
chama-se CRASE e vem indicado pelo
acento grave ( `).
Ex. Ele se referia àquela passagem do
conto.
Prep. A (exigida pelo verbo) + Pron.
Demonstrativo aquela = Àquela
EMPREGO DA CRASE:
1- LOCUÇÕES ADVERB. FEMININAS
Ex. Voltou à tardinha à pensão.

2- LOCUÇÕES PREPOSITIVAS
Ex.O carro parou à beira do precipício.

3- LOCUÇÕES CONJUNTIVAS
Ex.O Brasil cresce à medida que trabalhamos.
4- Pron. Demonstrativos aquele(a)(s), aquilo e a(s)
+ verbos precedidos de preposição:
Ex. Todos iremos àquele show na praça.
Ex. Vê aquelas moças? Entregue à do meio a carta.

5- Subtendendo-se à moda de, à maneira de ...:


Ex. Tinha preferência por bifes à milanesa.

6-Havendo numerais indicando horas:


Ex. Regressamos às três horas da manhã.

7- Antes de nomes que admitam artigo feminino:


Ex. O presidente Lula foi à Itália visitar o papa.
8- Antes de casa, terra e distância se vierem
determinadas.
Ex. Minha tia foi à casa do médico bem cedo.
Ex. O navegador voltou à terra descoberta.
CASOS FACULTATIVOS:
•Diante de pronomes possessivos femininos no sing.
Ex. Já disse à/a minha mãe o que quero para o jantar.
•Diante de substantivos próprios femininos:
Ex. Entreguei à/a Beth, minha amiga, estes Cd’s.
Ex. O professor fez alusão a Cecília Meireles.
• Após a locução prepositiva até a:

Correu até á/a porta da frente e abriu-a.


NÃO OCORRE CRASE:
• Antes de palavras masculinas:

Ex. As vendas a prazo aumentaram.


• preposição + substantivo feminino no plural:

Ex. Não vamos a festas no clube.


• Antes de verbos:
Ex.Passou a acreditar em milagres.
• Nomes de lugar que não admitam artigo:
Ex. O vocalista irá a Curitiba para uma apresentação.
• Casa e terra não determinadas:
Ex. O garoto regressou a casa cansado.
• Antes de artigos indefinidos:

Ex. Eles foram a uma bela exposição de poesia.


• Diante de palavras repetidas:
Ex. A água caía da torneira gota a gota.
• Locução a distância não determinada:
Ex. Ficou a distância, observando o ensaio.
OBS. Se a locução vier determinada ocorrerá a crase.
Ex. O guarda permaneceu à distância de dez metros.
• Antes de pronomes que repelem o artigo:
Ex. Referiu-se a ela com imenso carinho.
ATIVIDADES
1- Complete as frases, com a, as ou à, às.
a-Voltou ...... fazenda no final da semana para andar
.....cavalo.
b- A reunião será ..... uma hora, na sala da diretora.
c- Encontrei-a debruçada .... janela, esperando ....hora
de viajar.
d- Comunico ....Vossa Senhoria ...... transferência do
funcionário.
d- O tripulante veio .....Terra depois de vários meses.
e- O gerente foi .....Inglaterra .....negócios.
f- Usava uma sandália ........Xuxa na festa.