Você está na página 1de 64

MISTURAS E SUBSTÂNCIAS

Por que os vidros dos


carros embaçam em
dias de chuva?

Porque a temperatura do
interior do veículo é
maior que a
temperatura externa e o
vapor de água eliminado
pela respiração e pelo
suor se condensa ao
encontrar uma superfície
fria (os vidros)

MUDANÇAS DE ESTADO FÍSICO


CURIOSIDADES
Que são os rastros
deixados pelos jatos?

Devido à altitude e a
baixa temperatura, os
vapores de água dos
motores se congelam,
formando uma fumaça.

Tempo seco, logo o


rastro desaparece.
Tempo úmido, forma a
cauda.

MUDANÇAS DE ESTADO FÍSICO


CURIOSIDADES
Em dias frios, sai de
nossa boca e nariz uma
espécie de fumaça.
Como ela é formada?

Nosso corpo libera vapor


d’água; este, em contato
com o ar frio que nos
cerca, condensa-se,
transformando-se em
gotículas de água.

MUDANÇAS DE ESTADO FÍSICO


CURIOSIDADES
MATÉRIA, SUBSTÂNCIAS E
MISTURAS
√ Matéria:
constituíção de unidades atômicas ou moleculares,
dependendo do maior ou menor grau de agregação entre elas,
podendo ser encontrada em três estados físicos: sólido, líquido ou
gasoso;
ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA
Propriedades da Matéria

√ Organolépticas: relacionadas com os nossos sentidos


(cor, sabor, odor, aspecto e som);

√ Químicas: propriedades que determinam o fenômeno químico


(transformação), p. ex., reação

√ Físicas: propriedades como ponto de fusão, ponto de ebulição,


densidade, calor específico;
Os átomos consistem de apenas um tipo de elemento;

As moléculas podem consistir de mais de um tipo de elemento;

As moléculas podem ter apenas um tipo de átomo (um elemento);

As moléculas podem ter mais de um tipo de átomo (um composto);

Se mais de um átomo, elemento ou composto são encontrados

juntos, então a substância é uma mistura.


Substância: matéria formada por unidades químicas formais, sejam

átomos ou moléculas e por esse motivo apresentando propriedades

químicas e físicas definidas e bem determinadas;

Substância Simples: formadas por átomos do mesmo elemento, não

podendo ser fracionada em outras substâncias;


Grandeza
Substância simples
molecular
átomos
gases nobres
monoatômicas
moléculas
H2, N2, O2, F2, Cl2, Br2, I2
biatômicas
moléculas
O3
triatômicas
moléculas
P4
tetratômicas
moléculas
S8
octatômicas
moléculas gigantes Pn, Cn, todos os metais (Nan,
(macromoléculas) Can, Agn)
Substância Composta: formadas por dois ou mais elementos químicos,

porém, não conserva as propriedades de seus elementos constituintes;

Mistura: formada por duas ou mais substâncias, cada uma delas sendo

denominada componente. Se apresentam com composição variável e

suas propriedades (TF, TE, D) são diferentes daquelas apresentadas

pelas substâncias puras, p.ex: ar atmosférico, rocha de granito, água do

mar, álcool etílico;


Classificação das Misturas

Mistura Homogênea (solução): possui aspecto uniforme (única fase) e

apresenta composição constante em toda sua extensão;

Mistura Heterôgenea: apresenta diferentes aspectos sendo cada

constituinte uma fase da mistura;

Fase: cada uma das porções que apresenta aspecto visual homogêneo,
Diagramas de Aquecimento

a diferença entre substância e mistura


PROPRIEDADES FÍSICAS
SUBSTÂNCIAS PURAS
TEMPERATURAS DE EBULIÇÃO
PROPRIEDADES FÍSICAS
SUBSTÂNCIAS PURAS
ALOTROPIA
PROPRIEDADES FÍSICAS
SUBSTÂNCIAS PURAS
ALOTROPIA

DIAMANTE GRAFITE
NANOTUBOS
- Está no centro de - Está ligado a 3
- formando
um tetraedro ligado átomos numa
hexágonos e
a 4 outros átomos estrutura
pentágonos
de C hexagonal plana.
- É metaestável - É estável (H = 0,
(maior H) por convenção)
- Conduz corrente na
direção paralela.
PROPRIEDADES FÍSICAS
SUBSTÂNCIAS PURAS

DENSIDADE
PROPRIEDADES FÍSICAS
MISTURAS
PROPRIEDADES FÍSICAS
MISTURAS ESPECIAIS

Mistura Eutética Mistura Azeotrópica


Sólidos especiais. Ex.: Solda Líquidos especiais. Ex.: Acetona
37% Pb, 63% Sn 86,5% Acetona, 13,5% Metanol
PROPRIEDADES FÍSICAS
MISTURAS
FASE E COMPONENTE
PROPRIEDADES FÍSICAS
MISTURAS
FASE E COMPONENTE

GRANITO

Pedra composta por três tipos de


rocha:
- Quartzo
- Mica
- Feldspato
TRANSFORMAÇÕES / FENÔMENOS

TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS
Não produzem novas substâncias.
TRANSFORMAÇÕES / FENÔMENOS

TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS
Não produzem novas substâncias.
TRANSFORMAÇÕES / FENÔMENOS

TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS
Produzem novas substâncias.
TRANSFORMAÇÕES / FENÔMENOS
TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS
Produzem novas substâncias.
PROCESSOS DE
SEPARAÇÃO
SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS

(Processos mecânicos de separação)

Sistema sólido - sólido


Separação magnética: Separa misturas do tipo
sólido-sólido nas quais um dos componentes
tem propriedades magnéticas e é atraído por
um ímã. Ex: Ferro e areia.

Iman
Material Contaminado Material Limpo

Material Magnético
Dissolução Fracionada

Baseia-se na diferença
de solubilidade dos
sólidos em um
determinado líquido.
Primeiro, adiciona-se um
líquido que dissolva
apenas um dos sólidos.
Depois, filtra-se a mistura
e o filtrado é submetido
a aquecimento, para
eliminar o solvente. Ex:
sal e areia
FLOTAÇÃO (SEDIMENTAÇÃO FRACIONADA)
O sólido mais leve (menos
denso) flutua em um líquido,
enquanto o mais denso
sedimenta. Ex: serragem e
areia, por adição de água.
Na mineração, para separar
a areia do minério. Neste
caso, o minério é pulverizado
e tratado com óleo para
flutuar na água.
A fusão fracionada é um
processo usado para
separar sólidos cujos pontos
de fusão são muito
diferentes. Para isso é
preciso saber a que
temperatura cada
elemento que compõe o
sólido vai se fundir .

FUSÃO FRACIONADA
CRISTALIZAÇÃO

Cristalização fracionada:

A mistura de sólidos é dissolvida


em água e a solução é submetida
à evaporação. Quando a solução
ficar saturada em relação à um
componente, o prosseguimento
da evaporação do solvente
acarretará a cristalização
gradativa do referido
componente, que se separará da
solução. A solução, contendo o
componente cuja saturação
ainda não foi atingida, fica sobre
os cristais do outro e é chamada
água-mãe de cristalização.
CATAÇÃO
A catação é o tipo de separação de misturas do tipo "sólido-sólido" , onde as
substâncias são separadas manualmente, com uma pinça, colher, ou outro objeto
auxiliador. É utilizada na separação de grãos bons e ruins de feijão, por exemplo, e
também na separação dos diferentes tipos de materiais que compôem o lixo: vidro,
metais, borracha, papel, plásticos, etc, para serem destinados à reciclagem.

PENEIRAÇÃO
A peneiração (mecânica ou manual) é um
processo que consiste na separação de partículas
sólidas em frações de granulometria diferentes,
por passagem através de peneiros.
VENTILAÇÃO
O sólido mais leve é separado por uma corrente de ar.
Ex: grãos de café e cascas.
LEVIGAÇÃO
O sólido mais leve é separado por água corrente. Ex:
ouro e areia. A areia, mais leve, é arrastada por um
fluxo de água.
Sistema líquido – sólido
Filtração comum:

É a retenção de um sólido
através de uma superfície
porosa (filtro). Utilizada para
separar misturas de um líquido
com um sólido não dissolvido,
quando o tamanho das
partículas do sólido é
relativamente grande em
relação ao tamanho dos
poros do papel de filtro. Ex:
água e areia.
Filtração a vácuo:

Quando o sólido e
o líquido formam
uma mistura de
difícil filtração,
como é o caso da
água com farinha,
pode-se acelerar
o processo por
meio da filtração
a pressões
reduzidas. Nesse
processo utiliza-se
o funil de Büchner
e o Kitassato.
Decantação
Quando a água barrenta é colocada em repouso,
a terra tende a se depositar no fundo do recipiente.
A decantação é o processo no qual as fases se
separam devido a uma diferença de densidades.
Decantação em funil de
separação

Ex: água e óleo, ou água e bromo.


Centrifugação: É uma maneira acelerada de se realizar a
decantação. Ex: separação dos diversos componentes do
sangue.
Sistema sólido – gás
Câmara de poeira
SEPARAÇÃO DE MISTURAS HOMOGÊNEAS
Extração de NaCl da
água do mar, nas
salinas é um
processo que
envolve a
evaporação
seguida da
cristalização
fracionada

EVAPORAÇÃO
DESTILAÇÃO SIMPLES
Destilação simples:

Funciona quando, no
aquecimento de
uma mistura
homogênea de um
líquido + um sólido,
apenas o líquido
vaporiza. Assim, os
vapores atingem a
região fria
(condensador),
ocorrendo a
passagem para o
estado líquido. Ex:
água e sal de
cozinha.
DESTILAÇÃO FRACIONADA
Destilação fracionada

Á medida que os vapores


sobem pela coluna de
fracionamento, eles vão se
tornando cada vez mais
ricos no componente mais
volátil, que será recolhido
pelo condensador. Ex:
destilação fracionada dos
componentes da gasolina,
destilação fracionada do ar
liquefeito, etc.
ALGUNS CASOS DE MISTURA AZEOTRÓPICA E
SEUS PONTOS DE EBULIÇÃO


álcool etílico (95,5%) + água (4,5%)

78,1° C

acetona (86,5%) + metanol (13,5%)

56° C

álcool etílico (7%) + clorofórmio (93%)

60° C

ácido fórmico (77,5%) + água (22,5%)

107,3° C
PRODUÇÃO DE ÁLCOOL
Etapas
SISTEMAS DE
DESTILAÇÃO
vinho água

R R1 T

P
B
J

E
V

A - Coluna de destilação R - Aquecedor de vinho


R1 - Condensador Auxiliar J - Resfriadeira
T – Trombeta P - Proveta
V – Vinhaça E - Prova de Esgotamento
B - Registro de vapor
DESTILAÇÃO DO PETRÓLEO
Sublimação fracionada Usada para purificar substâncias que
sofrem sublimação facilmente. Ex: cânfora, iodo e naftaleno.
Liquefação fracionada: Para separar misturas nas
quais todos os componentes encontram-se na fase
gasosa. Ex: mistura de gás amônia e gás oxigênio.
ADSORÇÃO
Algumas substâncias têm a característica especial
de reter outras substâncias em sua superfície.
Esse processo recebe o nome de adsorção e
ocorre com misturas gasosas. Um exemplo da
adsorção ocorre nas máscaras contra gases
tóxicos. As substâncias, presentes nas máscaras,
absorvem os gases tóxicos e permitem a entrada
de outros gases, como por exemplo, o oxigênio

Adsorção microbiológica